83 views 2 mins

“Resistirei até o último dia”, reafirma Dilma

em Manchete
sexta-feira, 06 de maio de 2016

José Cruz/ABr

Presidente Dilma fala na cerimônia de contratação de 25 mil unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida.

A presidente Dilma Rousseff disse na sexta-feira (6) que vai resistir ao processo de impeachment que tramita contra ela no Senado. “Resistirei até o último dia”, afirmou durante cerimônia de assinatura de contratos para construção de 25 mil unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida com entidades rurais e urbanas, no Palácio do Planalto. “A história deixará bem claro quem é quem nesse processo. Primeiro, porque sou a presidenta eleita; segundo, porque eu não cometi nenhum crime; terceiro, porque se eu renuncio, eu deixo e enterro a prova viva de um golpe absolutamente sem base legal e que tem por objetivo ferir conquistas adquiridas ao longo dos últimos 13 anos”, acrescentou.
Ela voltou a atacar o presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha, e o vice-presidente Michel Temer a quem acusou de serem cúmplices no seu processo de afastamento.
Dilma voltou a afirmar que Cunha aceitou o processo de impedimento porque o governo não deu os votos necessários para evitar a abertura da investigação contra o peemedebista no Conselho de Ética da Câmara. “Quando ele entra com processo de impeachment, ele ameaça o governo da seguinte forma: se vocês não derem três votos para impedir que a Comissão de Ética da Câmara me condene, eu aceito o pedido de impeachment”. A assessoria do vice-presidente informou que Temer não comentará o que chamou de “agressões” (ABr).