Pronatec Jovem Aprendiz vai priorizar áreas violentas

A presidenta Dilma Rousseff e o ministro Guilherme Afif Domingos, no encontro sobre o Pronatec Jovem Aprendiz.
  • Save

A presidenta Dilma Rousseff disse ontem (28) que a abertura de vagas do Pronatec Jovem Aprendiz vai priorizar áreas com índices altos de violência, para conter o aliciamento de jovens para a criminalidade.
“Temos de combater o uso de jovens pelo crime organizado, daí por que temos um critério para começar esse programa, o critério é justamente áreas onde há maior grau de violência e portanto maior vulnerabilidade”, adiantou.
Segundo Dilma, onde não há presença do Estado, parcerias e organização empresarial, “a tendência é que as ações criminosas se desenvolvam e substituam as ações do Estado e da sociedade nos sentido de incluir os jovens”. Sem marcar data para abertura de vagas do programa, Dilma pediu apoio de micro e pequenos empresários e de instituições que compõem o Sistema S para colocar em prática a proposta, que foi uma de suas promessas de campanha.
A presidenta destacou que as micro e pequenas empresas estão presentes em cada bairro, distrito ou comunidade do país e poderão auxiliar entrada dos jovens no mercado de trabalho. “As empresas também vão ter benefícios, elas terão no seu quadro funcional jovens, com incrível capacidade de aprender, imensa curiosidade, e bem motivados” (ABr).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap