Acolher refugiados é ação compartilhada

Beto Barata/PR
  • Save

Michel Temer na sessão de abertura da Reunião de Alto Nível sobre Refugiados e Migrantes, na ONU.

O presidente Michel Temer defendeu ontem (19) a solução negociada de crises políticas para prevenir o deslocamento forçado. Temer deu a declaração durante sessão plenária da Reunião de Alto Nível sobre Refugiados e Migrantes, na sede da ONU, em Nova York. “Somente a solução negociada de crises políticas e um desenvolvimento que seja para todos prevenirão o deslocamento forçado. Sejamos claros: fluxos de refugiados são resultado de guerras, de repressão, do extremismo violento. Não são a sua origem”, disse o chefe do governo brasileiro.
Temer destacou que o Brasil é um país constituído por imigrantes de todos os continentes.
O presidente informou que o Congresso brasileiro está analisando uma nova lei para facilitar a imigração. Ainda segundo Temer, o Brasil recebeu, nos últimos anos, mais de 95 mil refugiados de 79 nacionalidades. Ao final da reunião, foi aprovada uma decisão política que dará início a um processo de negociação sobre refugiados que pode se estender até 2018, quando dois pactos globais serão adotados: “Sobre o compartilhamento de responsabilidades relativas aos refugiados” e “Migrações seguras, regulares e ordenadas” (ABr).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap