67 views 6 mins

A tecnologia de pagamento por reconhecimento facial no varejo

em Manchete Principal
quinta-feira, 08 de fevereiro de 2024

Na era da experiência de compra mais fluida, o rosto virou a nova senha. A validação de pagamentos por reconhecimento facial é mais uma solução que a RPE passa a oferecer ao varejo nacional.

Por meio de sua mais recente parceria, firmada com a empresa brasileira Payface, a novidade chega para fortalecer o ecossistema em meios de pagamento da RPE com foco em alavancar o uso da biometria nos processos de aquisição, identificação e compra com cartões de redes varejistas (private label).

O objetivo é tornar as transações dos consumidores nos pontos de venda físicos cada vez mais digitais e frictionless. As soluções biométricas vêm ganhando evidência em linha com a agilidade, praticidade e segurança que os consumidores finais buscam em suas jornadas de compra.

De acordo com levantamentos como o estudo realizado pela Juniper Research, a adoção desse tipo de tecnologia só cresce, e em ritmo acelerado. A projeção é que o total de pagamentos efetuados por meio da biometria facial atingirá 1,5 bilhão de transações em todo o mundo até 2025.

“No mercado de varejo brasileiro, a tecnologia é um caminho indispensável para impulsionar o crescimento e a eficiência das operações. A Payface nasceu com o propósito de transformar os processos de identificação e pagamento em algo tão prazeroso quanto a própria experiência de consumir”, afirma Eládio Isoppo, CEO da Payface.

Imagem: Wengen_Ling_CANVA

Essa tendência que conecta a biometria ao futuro do varejo traduz o referencial que também move a RPE em proporcionar às empresas do setor soluções que combinam tecnologia, inteligência e inovação em produtos que se agregam para unir duas pontas: varejistas e consumidores.

“Nos processos de captura de pagamento com cartões private label, os principais desafios dos varejistas estão relacionados à alta fricção na primeira compra, ao esquecimento e recuperação de senha, além de fraudes e contestações de compras realizadas por terceiros.

Nesse sentido, contar com a Payface como nossa parceira em pagamento por reconhecimento facial vem agregar ao ecossistema da RPE uma solução que assegura integração nativa entre meio de pagamento e crédito, além da experiência mais fluida desde a ativação de novos portadores e da segurança viabilizada pela precisão da identificação”, comenta Vitor Solano, diretor de Parcerias da RPE.

Com o uso da biometria facial nas jornadas de compras, o consumidor final diz adeus não apenas à necessidade de ter em mãos cartões, dinheiro ou celular para pagar por produtos ou serviços adquiridos – como também não precisará digitar senhas ou informar em voz alta seu CPF.

“Não há identificação mais confiável que as características faciais do rosto de cada pessoa, capturadas por câmera para assegurar uma validação rápida e protegida – seja no caixa ou no terminal de autoatendimento, com transações protegidas pela LGPD e em conformidade com certificações internacionais”, destaca Vitor Solano, da RPE.

Imagem: RyanKing999_CANVA

A partir da finalização da venda, a API desenvolvida pela Payface realiza todas as interfaces com o PDV, com o consumidor e com a RPE: identificação do consumidor via captura de imagem; aprovação da compra; envio das credenciais do emissor para o processamento da transação; e aprovação da compra com a emissão do cupom fiscal.

Enquanto esse fluxo digital acontece nos bastidores da operação, toda a interação do cliente final se resume à captura da foto e confirmação da compra na tela do dispositivo instalado no caixa do PDV. Para o varejo físico, a fluidez da tecnologia de pagamento por reconhecimento facial se revela um fator com alto potencial de fidelização, ao fundamentar uma experiência de compra mais segura, fluida e eficiente para varejistas e seus consumidores.

“Cada vez mais, a diferenciação se consolidará como atributo do varejo para conquistar consumidores a partir da evolução da experiência proporcionada a eles. E as tecnologias terão, cada vez mais, um papel-chave nesse processo. Com o pagamento por reconhecimento facial integrado ao ecossistema de soluções financeiras da RPE, proporcionaremos ao varejo oportunidades de identificar o público que frequenta suas lojas, e conhecer seus hábitos de consumo de forma 100% assertiva (e sem fricção).

Isso permitirá às empresas uma gestão de seus CRMs mais estratégica e inteligente, conectando seus negócios ao futuro do setor”, finaliza Vitor Solano, da RPE – Fontes e outrras informações: (www.rpe.tech/) e (https://payface.com.br).