Startup apoia pequenas e médias empresas nas vendas on-line

Entre as datas mais importantes do varejo, neste ano a Páscoa será comemorada em 4 de abril, uma oportunidade para impulsionar os resultados de pequenos e médios empreendedores que decidirem vender on-line. De acordo com a Kantar, no período de janeiro a setembro de 2020, o chocolate esteve presente em 90,1% dos lares brasileiros. A pesquisa aponta, ainda, que a média mensal de brasileiros que compram chocolate é de 55,4%.

Com o objetivo de apoiar os empreendedores a operar suas vendas no e-commerce, a Unbox, startup brasileira de solução de vendas on-line, oferece às PMEs uma plataforma completa, que integra meios de pagamentos, logística e redes sociais. De forma simples, eficiente e rápida, permite a qualquer um começar a vender pela internet em menos de cinco minutos, otimizando os resultados da Páscoa.

Para o fundador e CEO da Unbox, Bruno Pereira, ao adotar um sistema para operar no comércio eletrônico, os varejistas podem, além de aumentar a receita, promover uma melhor experiência na jornada de compra do consumidor. “A ausência de uma solução on-line aderente às necessidades do empreendedor brasileiro era uma barreira, por isso desenvolvemos uma ferramenta que democratiza o acesso ao e-commerce”, explica.

A plataforma também oferece gestão automatizada com controle de estoque via painel e integração entre fluxos de vendas, meios de pagamento e métodos de transporte. Traz, ainda, recursos educacionais (Checklist Venda Mais) que auxiliam os empreendedores na utilização das melhores ferramentas de marketing digital e redes sociais.

Segundo o Guia de Tendências pós-Covid-19 da Social Miner em parceria com a Opinion Box, 64% dos consumidores pretendem manter as compras na internet e nas lojas físicas; e 31% desejam comprar no e-commerce e retirar na loja. Essa continuidade de um cenário positivo permitiu à Chock, empresa especializada em chocolates saudáveis, um aumento de dez vezes no volume de vendas ao migrar para a plataforma da Unbox.

“A nossa loja virtual permitiu que nos tornássemos uma das primeiras empresas de chocolate que vendem e entregam em todo o Brasil, pois com a implementação da nova plataforma, conseguimos resolver questões logísticas e ampliar os negócios”, destaca Allan Riffert, fundador e CEO da Chock. Com pouco menos de dois meses para Páscoa, a empresa aposta no seu e-commerce integrado às redes sociais como principal canal de crescimento das vendas. – Fonte e outras informações: (www.unbox.com.br).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap