Lazer e Cultura 17/06/2016

Amizade

Cena do espetáculo “Um Príncipe Chamado Exupéry”.
  • Save

Antoine de Saint-Exupéry (1900-1944) ou “Zéperri” para os mais chegados. Esse é o nome do escritor, ilustrador e piloto francês, criador de “O Pequeno Príncipe”, literatura clássica escrita em 1943

Agora, em julho de 2016, são 72 anos de sua morte, ocorrida em um acidente aéreo em Marselha, na França. As homenagens e reconhecimento pela obra avançaram enormemente pelo mundo todo, inclusive esse feito pela Cia Mútua que criou o espetáculo “Um Príncipe Chamado Exupéry”, que estreia temporada em São Paulo em 18. Antoine de Saint-Exupéry visitou inúmeras vezes a Ilha do Campeche, localizada em Florianópolis, SC, onde havia uma filial da Aéropostale, empresa em que trabalhava. Lá se tornou amigo de um pescador, o senhor Deca, amizade retratada no espetáculo. Desse encontro afetivo entre a companhia de teatro, o autor e sua relação com a terra natal do grupo nasceu a peça “Um Príncipe Chamado Exupéry”. Com Mônica Longo e Guilherme Peixoto.

Serviço: Espaço Sobrevento, R. Coronel Albino Bairão, 42, Belenzinho, tel. 9 7018-3677. Sábados e domingos às 16h e às 19h. Entrada franca. Até 26/06.

REFLEXÃO

DIFICULDADES. Recebe cada provação sem revolta nem desânimo. Procura enxergar o outro lado da dificuldade, a traduzir mensagens para o espírito. Doença no corpo – pausa para meditação. Problemas na família – oportunidade de reajuste. Obstáculos naturais – exercício para a alma. Toda dor tem seu lado positivo. Não te deixes levar pelo desânimo e segue para frente. O objetivo de toda dificuldade é renovar a alma, a fim de elevar o ser às esferas maiores. Amanhã, quando esta dor passar, estarás mais forte e mais sensível, compreendendo melhor o amor e a sabedoria.  Livro “A Mensagem do Dia” – de Scheilla por Clayton Levy.

Contestação

Cantores Lula Barbosa, Kleber Albuquerque e Carlos Careqa
  • Save

O espetáculo “A Arte da Sutileza” reúne e mescla o repertório dos dois artistas contestadores, Geraldo Vandré e Taiguara, compositores e cantores da época mais aguda da ditadura militar, mostrando as variadas facetas de suas obras, do engajamento total até as sutilezas de quem precisava driblar a violenta censura da época para continuar fazendo sua arte. No repertório, “Disparada”, “Prá Não Dizer Que Não Falei das Flores” (Caminhando), “Requiém Para Matraga” (Vim Aqui Só Prá Dizer…), “Porta Estandarte” – músicas de Vandré; e “Hoje”, “Que As Crianças Cantem Livres”, “Mudou”, “Teu Sonho Não Acabou”, composições de Taiguara. Com os cantores Lula Barbosa, Kleber Albuquerque, Carlos Careqa e banda.

Serviço: Sesc Campo Limpo, R. Nossa Senhora do Bom Conselho, 120, tel. 5510-2700. Sábado (25) às 20h. Entrada franca.

Drama

A peça “Rosas Negras” se passa na residência de um psicopata vítima de abuso sexual na infância e na adolescência. Depois de abusar por seis anos de uma garota que mora na favela, ele resolve por fim a esse abuso de maneira inusitada. Em um surto, convida algumas pessoas para assistir a ultima noite de “Amor com sua paixão”. Mas antes relata tudo que aconteceu em sua vida, suas conquistas, até o momento em que estupra e mata uma garota de apenas 15 anos de idade, tudo fruto de sua imaginação. Com Bricio Leão.

Serviço: Teatro Bibi Ferreira, Av.Brigadeiro Luis Antônio, 931, Bela Vista, tel. 3105-3129. Sábados às 19h. Ingresso: R$ 40. Até 25/06.

Vampiresco

Na peça “Transilvânia”, Nico é um brasileiro medroso que, acompanhando sua esposa, vai parar no Castelo do Drácula, na Romênia. Os dois se veem obrigados a passar a noite lá por conta de uma nevasca. A situação piora ainda mais quando é anunciado no rádio que um assassino está a solta na região: o tal do “vampiro caolho”. O mistério só não é maior do que as risadas do público, que embalam essa comédia cheia de sustos, trovões e piadas, tudo regado à balalaica, a dança russa, e claro, a vodca também! Com a Cia London.

Serviço: Teatro Commune, R. da Consolação, 1218, Consolação, tel. 3476-0792. Sextas às 21h. Ingresso: R4 60. Até 29/07.

Contação

Cris Miguel
  • Save

No dia 18 de junho acontece a contação de histórias Habiba, com a premiada atriz, cantora e compositora Cris Miguel, do grupo Baú de Histórias. Três personagens de contos árabes compõem o espetáculo. O primeiro apresenta a personagem Habiba, uma contadora de histórias que narra seus contos por meio de tapetes persas. O segundo é o Príncipe Ádil, que vem falar sobre como enfrentar e vencer os medos e por fim o Fantasma da Tia Khalil, que gosta de fazer kibe, dar sustos e cantar. Apresentando a cultura árabe por meio de histórias, dança, música tradicional, bonecos e brincadeiras, a contação falar sobre a luta pelos sonhos, de valores e de coragem.

Serviço: Livraria NoveSete, R. França Pinto, 97, Vila Mariana, tel. tel. 5573-7889. Sábado (18) às 16h. Entrada franca.

Infantil

No espetáculo “A Última Notícia”, um menino de jornal foge da realidade para viver as mais incríveis aventuras. Assim, é engolido por uma baleia em alto mar, perde-se no mundo dos dinossauros, voa com seu balão para o espaço sideral, até por fim salvar uma indefesa princesa de um terrível dragão. Estão abertas as portas da imaginação: Está no ar a última notícia. O espetáculo utiliza da linguagem lúdica para tratar da relação da criança com o universo da fantasia e de como os pais podem contribuir para a saúde anímica dos pequenos.Com Helder Parra, Aguinaldo Rodrigues, Priscila Castro, Angélica Prioste e Driely Palácio.

Serviço: Sesc Campo Limpo, R. Nossa Senhora do Bom Conselho, 120, tel. 5510-2700. Sábado (25) e domingo (26) às 17h. Entrada franca.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap