96 views 6 mins

Lazer e Cultura 05/05/2016

em Lazer e Cultura
quarta-feira, 04 de maio de 2016

Extremistas

Cena da peça “Getsêmani”.

Escrita em 2000, a peça “Getsêmeni” narra os planos de um grupo de extremistas culturais que decidem sequestrar um conceituado editor de livros de autoajuda

Eles querem obriga-lo a publicar títulos que julgam ser mais relevantes. Como a vítima resiste à proposta, o grupo toma medidas drásticas. O texto ganhou uma versão cinematográfica produzida pela própria trupe, com filmagens na Casa das Caldeiras, no bairro da Água Branca. Além de Borges e Bortolotto, o elenco da montagem teatral conta com a participação de Carcarah, Walter Figueiredo, Gabriel Pinheiro e Marcos Amaral.

Serviço: Teatro Cemitério de Automóveis, R.Frei Caneca, 384, Consolação, tel. 2371-5743. Sábados às 21h e domingos às 20h. Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (meia). Até 15/05.

REFLEXÃO

COMPARAÇÃO Quando tiveres de arrancar algum espinho que o contato da terra te haverá imposto à epiderme da alma, reflete nas colheitas incessantes das flores de alegria que a vida te oferta. Quando tiveres de arredar alguma pedra da estrada a percorrer, detém-te a contar os quilômetros de caminho seguro em que transitas. Quando tiveres de sanar algum momento de tristeza, medita nas horas de contentamento e esperança que te alimentam os dias. Quando tiveres de perguntar porque teria Deus criado as sombras da noite, pensa nos milhões de estrelas que as trevas te descortinam. Quando tiveres de atravessar alguma dificuldade no mundo, somam as bênçãos que já possuis e sentirás o coração mergulhado no oceano sem fim da bondade de Deus. (De “Amizade”, de Francisco Cândido Xavier, pelo Espírito Meimei)

Família

Bárbara Paz

O Grupo TAPA convida a atriz Bárbara Paz para atuar em seu mais novo trabalho, “Gata em Telhado de Zinco Quente”, inspirado em uma peça curta do dramaturgo norte-americano Tennessee Williams (1911-1983). O espetáculo se passa durante o aniversário de 65 anos de Harvey, mais conhecido como “big daddy”, o patriarca de uma família do sul dos Estados Unidos, que está morrendo de câncer. O filho caçula, Brick, um ex-famoso jogador de futebol, agora alcoólatra, não quer saber de seu pai e culpa sua mulher Maggie pelo incidente que o tirou dos campos.Com André Garolli, Augusto Zacchi, Bárbara Paz, Fernanda Viacava, Noemi Marinho e Zécarlos Machado.

Serviço: CCBB SP – Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo,R.Álvares Penteado, 112, Centro, tel. 3113-3651. De quarta a sábado às 20h e domingos às 19h. Ingressos: R4 20 e R$ 10 (meia). Até 26/06.

Festa cultural

Bunka Matsuri, A Festa da Cultura Japonesa!.

A Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social, Bunkyo sedia a 10ª edição do tradicional Bunka Matsuri. A Festa da Cultura Japonesa! A programação é super variada e tem como proposta envolver os visitantes de todas as faixas etárias. O público pode participar de atividades relacionadas à tradição japonesa como culinária, exposição anual das Escolas de Ikebana do Brasil com cerca de 60 arranjos florais, a cerimônia do chá, a música e dança folclórica e o taiko, além de englobar ações de cosplay, yosakoi e origami.

Serviço: Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa, R. São Joaquim, 381, Liberdade. Sábado (21) das 10h às 19h e domingo (22) das 9h às 17h. Entrada franca.

Cinema mudo

Dois clássicos do cinema mudo ganham trilha sonora ao vivo. As sessões serão acompanhadas pelos músicos Marcio Barreto, Daniel Nakamura e Fabio Tagliaferri. O primeiro clássico a ser exibido é “Frankenstein” (dia 6), o primeiro sucesso do ator Boris Karloff, que interpretou o monstro criado por Mary Shelley. O filme atingiu a maior bilheteria do ano de 1931 nos EUA e rendeu duas continuações, também estreladas por Karloff: “A Noiva de Frankenstein” (1935) e “O Filho de Frankenstein” (1939).O segundo filme da experiência é “A Carruagem Fantasma” (dia 14).Considerado por Ingmar Bergman o “filme dos filmes”, o longa sueco de 1921, é do diretor e também personagem principal Victor Sjöström, que interpreta um homem condenado por uma maldição: segundo uma lenda urbana, a última pessoa a morrer na noite de ano novo, se for uma pecadora, terá que passar todo o ano seguinte dirigindo uma carruagem fantasma que pega as almas dos mortos.

Serviço: Biblioteca Mário Schenberg, R. Catão, 611, Vila Romana, tel. 3675-1681. Sexta (6) às 14h, e Biblioteca Pública Viriato Corrêa, R.Sena Madureira, 298, Vila Clementino, tel. 5573-4017. Sábado (14) às 15h.