ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Bloqueio do WhatsApp: Como sua empresa expôs seus dados hoje

A partir da meia noite de hoje, em menos de 10 minutos, diversas empresas no Brasil abriram as portas de seus dados para desconhecidos, sem conhecimento. Bastou a decisão da Justiça de que o WhatsApp pararia de funcionar por 48 horas. Sabe de que forma?

whatsapp 30 temproareio

Abílio Pettenazzi (*)

Assim que o funcionamento do aplicativo foi interrompido em todo o Brasil, as principais redes sociais começaram a ser bombardeadas de postagens indicando nomes de similares que poderiam fazer a ferramenta voltar a funcionar. Para isso, o usuário deveria fazer o download de um app que abriria uma VPN (Rede Virtual Privada), burlando os bloqueios por região ao mascarar os dados de identificação, os chamados IPs (Internet Protocol).

Se o celular corporativo da sua empresa não tinha nenhum controle de instalação de aplicativos, ou qualquer outro software de gestão de mobile, os dados da sua empresa passaram a ficar expostos.

Quando se cria uma VPN, abre-se um caminho de duas mãos, ou seja, o WhatsApp passa a funcionar por ali e, ao mesmo tempo, o domínio detentor da VPN passa a ter acesso a todos os dados do aparelho. A situação piora com as plataformas de celulares mais abertas.

Onde estão e quais são os dados importantes para uma empresa dentro de um celular corporativo ou no modelo BYOD/Consumerização?

Nunca é demais relembrar que seus principais recursos são e-mail; contatos (clientes, fornecedores, senhas); fotos (imagens de contratos, plantas de escritórios, planilha de preços, matriz competitiva de produtos, mapa de servidores e outras imagens); aplicativos de comunicação que trafegam dados, como o próprio WhatsApp; aplicativos de edição de documentos, como Excel, PowerPoint e Word (planilha de preço, fornecedores, clientes, contratos empresarias assim como apresentações); além de aplicativos de negócio (senhas de acesso a sistemas, anotações de reuniões, pauta de matérias e muitas outras informações).

O que não falta é informação exposta em celulares e tablets. Não fazer gestão e controle dos dispositivos e aplicação dos celulares corporativos da empresa, é como deixar a frota de caminhões e veículos de uma companhia circular com as mercadorias produzidas sem controle nenhum.

Se você não quer que seus dados sejam expostos de maneira tão simples como essa, é preciso fazer a prevenção de duas formas: usar tecnologia para melhorar a gestão dos dispositivos mobile e utilizar a comunicação interna para alertar sobre os riscos de segurança com celulares e tablets.

A melhor prevenção é a união entre informação e orientação aos usuários da empresa, adotando a tecnologia mais adequada para a sua companhia.

(*) É gerente de Produtos da Brasoftware - Especialista em Segurança, Virtualização e Disponibilidade.


 

 

Foco em escolas e pequenas e médias empresas

Segurança nas escolas e produtividade nas empresas. São com estas premissas que a Rawstream inicia sua operação no Brasil para lançar em território nacional a solução Rawstream Latim America, tecnologia global desenvolvida para monitorar e filtrar o acesso de empresas e, escolas a sites considerados inapropriados, que são potencialmente perigosos, e que ao mesmo tempo sobrecarregam a rede de dados, diminuindo a produtividade.
Com apenas um ano e seis meses de operação na Inglaterra, a startup chega ao Brasil com a expectativa de fortalecer sua marca no País e atingir em 2016 aproximadamente 125 mil licenças vendidas. Para isso, a Rawstream atuará neste primeiro momento nos segmentos de pequenas e médias empresas (PMEs), educacional, além de companhias que queiram assegurar a boa utilização da internet.
A estratégia de fomentar a solução nos pequenos e médios empreendedores é educar e criar uma visão mais madura em relação ao acesso à internet, visto que os colaboradores de empresas que não restringem o uso da web acabam utilizando indevidamente a rede corporativa para acessos pessoais, como por exemplo, redes sociais ou mesmo para baixar filmes. Neste caso, além de sobrecarregar a rede e diminuir sua performance, gerando lentidão no acesso, o que prejudica outros funcionários na execução de suas tarefas de rotina, o tempo despendido com essas atividades paralelas diminui a produtividade (www.rawstream.com.br).

Quer um crowdfunding de sucesso? Siga esses passos!

Vinicius Maximiliano (*)

As pessoas têm se familiarizado cada vez mais com o financiamento coletivo

Todos os dias vemos matérias e reportagens falando sobre algum projeto bem sucedido, campanhas inovadoras. As inúmeras transformações que esse formato coletivo está promovendo no mercado de doações, produtos, serviços, investimento, setor imobiliário e bancário vem ganhando destaque e provocando uma revolução na forma como as coisas tradicionalmente acontecem no Brasil.
Porém, uma dúvida sempre é recorrente, principalmente nas pessoas que pretendem iniciar uma campanha de crowdfunding, que é o “como e o que fazer” para que um projeto tenha mais probabilidades de ser bem sucedido. Para ajudar inicialmente nesse tópico, criamos a obra “Dinheiro da Multidão: oportunidades x burocracia no crowdfunding nacional” com o intuito de ajudar todos os envolvidos a compreender algumas nuances dos projetos e alguns cuidados a serem tomados.
Separei algumas dicas práticas, um checklist, para que você possa se preparar e atingir os objetivos de seu projeto tão desejado.

Estruture uma pré-campanha
A essência do financiamento coletivo está justamente na capacidade que nossas redes sociais têm de disseminar, angariar, engajar e contribuir para o nosso projeto. E via de regra, nem todas as pessoas que estão “adicionadas” em nosso rol de amigos, efetivamente estão engajadas com nossas iniciativas. Assim, é muito importante você angariar e conscientizar as pessoas previamente, sobre um potencial projeto, iniciativa ou produto. Um hot site, uma página nas redes sociais falando sobre um assunto, entregando algum conteúdo útil e gratuito, será um grande estimulo.

Atenção as leis e impostos envolvidos
Sim, os valores que circulam em projetos de financiamento coletivo estão sujeito a tributação, especialmente se forem para pré-venda de produtos, serviços ou investimento em empresas. Por isso, lembre-se de ter um bom contabilista especializado em empresas digitais para evitar surpresas desagradáveis e um bom advogado focado em direito eletrônico e contratos para ajudar na formatação dos termos da campanha, forma e envio de recompensas e coisas do gênero. Considere a possibilidade de abrir um CNPJ para sua campanha e uma conta bancária exclusivamente para movimentar os fundos dela. Assim evita misturar tudo com seu CPF e seu Imposto de Renda.

Mídias Sociais
No Brasil, ainda temos poucos sites especializados em “potencializar” seus seguidores (alias, é um ótimo nicho de mercado que precisava ser explorado), porém, nunca é demais lembrar que é muito importante aumentar organicamente a quantidade de seguidores em seus perfis sociais. Quanto mais identidade eles tiverem com sua campanha, maiores as chances de dar certo. Aconselha-se um trabalho de incremento em seguidores perto de 60 dias antes da campanha inicial.

Pesquise a escolha a plataforma correta
Esse ponto, a meu ver, é o mais crucial! Dependendo do tipo do seu projeto, estar em um site de nicho pode fazer toda a diferença. Por exemplo, se for na área esportiva, para débito estudantil ou lançamento de livros, muitas vezes não adianta estar nas grandes plataformas que diluem demais a audiência e os cookies quase não vão deixar seu projeto aparecer. Plataformas melhores e mais direcionadas muitas vezes atendem mais os objetivos e dão um suporte diferenciado ao dono do projeto, desde a criação até o fim da campanha.

Tenha clareza nos valores pleiteados
Pode parecer básico, mas um grande número de campanhas, mesmo quando bem sucedidas, acabam falhando na conclusão do projeto em razão das projeções financeiras serem furadas. Para isso, peça ajuda a um contabilista para estruturar corretamente os custos. Tenha em mente que, no mínimo, você precisa conseguir:
pagar todas as recompensas e enviá-las corretamente;
recolher todos os impostos devidos;
despesas de marketing;
despesas com sua equipe (vídeo, advogado, contador);
taxa de sucesso das plataformas (entre 10% a 15%);
margem de segurança de 30% para gastos imprevistos na aplicação do projeto.

Lembrando ainda que apenas 1% das campanhas no Brasil arrecadam mais de 100 mil reais. Portanto, ser conservador e realista quanto ao valor que se ira pedir é bem melhor do que se decepcionar com um projeto de altíssimo valor de investimento, o que pode assustar financiadores e doadores.

Escolha muito bem as recompensas
O tipo e o custo da recompensa são cruciais para o sucesso da campanha. Afinal, as pessoas querem algo que as faça lembrar do que fizeram. Isso não significa recompensas caras, mas sim recompensas originais. Não esqueça de calcular o frete de envio, afinal, você pode ter doadores de qualquer lugar do país e até do exterior. Além disso, nunca atrase o envio das campanhas. Isso gera descredito e acaba com futuras possibilidade de doação.

Elabore com cuidado a sua história
Tudo começa com sua história, portanto, cuide muito bem dela. Ela não pode ser tão curta que não gere interesse, nem tão longa que desanime a leitura. No máximo 500 palavras dizem tudo o que é necessário. Diga o porquê do projeto, como vai usar os fundos, o que vai entregar de volta e os dados mais importantes que te levaram a se envolver nisso. Seja objetivo, claro, e sincero. Histórias que parecem contos de fadas dão a sensação de algo pode não ser tão real assim. Esse será seu portfólio para que as pessoas confiem em você e no seu potencial em tornar o projeto realidade.

Faça um vídeo
Uma imagem vale mais do que mil palavras! Leve esse ditado ao pé da letra e seu vídeo será perfeito! Não faça nada maior do que quatro minutos. As pessoas não têm muito tempo e querem entender rapidamente do que se trata. Um vídeo deve ser simples, porém não deve ser amador! Não precisa ter uma equipe de filmagem profissional, mas ter pelo menos um bom som e uma iluminação adequada, faz toda a diferença. E mostra respeito pelo tempo do seu público. Pessoas autenticas e envolvidas do projeto são muito bem vindas na versão final. 75% dos projetos bem sucedidos tinham vídeos na campanha!

Garanta os 30% iniciais
Análises de diversas campanhas comprovam que 30% dos fundos arrecadados vem da sua família, parentes e amigos, portanto, garanta que esse apoio ocorra, especialmente nos dias iniciais do projeto! Afinal, essa alavancagem, além de lhe motivar ainda mais, vai tornar seu projeto viral e rastreável pelos motores de promoção da plataforma, e mostrar que você tem potencial arrecadatório. E essa é uma fase corpo-a-corpo! Consiga que cada membro próximo redistribua para suas redes sociais sua campanha, aumentando as chances de sucesso.

Prepare mídia e press-release
Crowdfunding trata-se de divulgação, ou seja, quem não é visto não é lembrado! Portanto, dedique algum tempo em escrever um Press Release para divulgar a jornalistas e formadores de opinião, especialmente em seu mercado alvo. Se não souber como fazer, peça ajuda aos universitários de Publicidade e Propaganda. Além de conseguir vários voluntários, você já poderá testar off-line o conteúdo que pretende divulgar na campanha. Não esqueça de manter contato constante com a mídia antes, durante e depois da campanha, principalmente se ela for bem sucedida após seguir todos esses passos! Sem dúvida, sua história será inspiradora para outras pessoas!

(*) O autor é advogado corporativo, gestor contábil e financista. Possui MBA em Direito Empresarial pela FGV.

Mais artigos...

  1. Tecnologia 30/12/2015
  2. Tecnologia 29/12/2015
  3. Tecnologia 24 a 28/12/2015
  4. Tecnologia 23/12/2015
  5. Tecnologia 22/12/2015
  6. Tecnologia 19 a 21/12/2015_a
  7. Tecnologia 19 a 21/12/2015
  8. Tecnologia 18/12/2015
  9. Tecnologia 17/12/2015
  10. Tecnologia 16/12/2015
  11. Tecnologia 15/12/2015
  12. Tecnologia 12 a 14/12/2015
  13. Tecnologia 11/12/2015
  14. Tecnologia 10/12/2015
  15. Tecnologia 09/12/2015
  16. Tecnologia 08/12/2015
  17. Tecnologia 05 a 07/12/2015
  18. Tecnologia 04/12/2015
  19. Tecnologia 03/12/2015
  20. Tecnologia 02/12/2015
  21. Tecnologia 01/12/2015
  22. Tecnologia 28 a 30/11/2015
  23. Tecnologia 27/11/2015
  24. Tecnologia 26/11/2015
  25. Tecnologia 25/11/2015
  26. Tecnologia 24/11/2015
  27. Tecnologia 20 a 23/11/2015
  28. Tecnologia 19/11/2015
  29. Tecnologia 18/11/2015
  30. Tecnologia 17/11/2015
  31. Tecnologia 14 a 16/11/2015
  32. Tecnologia 13/11/2015
  33. Tecnologia 12/11/2015
  34. Tecnologia 11/11/2015
  35. Tecnologia 10/11/2015
  36. Tecnologia 07 a 09/11/2015
  37. Tecnologia 06/11/2015
  38. Tecnologia 05/11/2015
  39. Tecnologia 04/11/2015
  40. Tecnologia 30/10 a 03/11/2015
  41. Tecnologia 29/10/2015
  42. Tecnologia 28/10/2015
  43. Tecnologia 27/10/2015
  44. Tecnologia 24 a 26/10/2015
  45. Tecnologia 23/10/2015
  46. Tecnologia 22/10/2015
  47. Tecnologia 21/10/2015
  48. Tecnologia 20/10/2015
  49. Tecnologia 17 a 19/10/2015
  50. Tecnologia 16/10/2015
  51. Tecnologia 15/10/2015
  52. Tecnologia 14/10/2015
  53. Tecnologia 10 a 13/10/2015
  54. Tecnologia 09/10/2015
  55. Tecnologia 08/10/2015
  56. Tecnologia 07/10/2015
  57. Tecnologia 06/10/2015
  58. Tecnologia 03 a 05/10/2015
  59. A sua casa ainda será seu escritório
  60. A sua casa ainda será seu escritório (2)
  61. Tecnologia 01/10/2015
  62. Tecnologia 30/09/2015
  63. Tecnologia 29/09/2015
  64. Tecnologia 26 a 28/09/2015
  65. Tecnologia 25/09/2015
  66. Tecnologia 24/09/2015
  67. Tecnologia 23/09/2015
  68. Tecnologia 22/09/2015
  69. Tecnologia 19 a 21/09/2015
  70. Tecnologia 18/09/2015
  71. Tecnologia 17/09/2015
  72. Tecnologia 16/09/2015
  73. Tecnologia 15/09/2015
  74. Tecnologia 12 a 14/09/2015
  75. Tecnologia 11/09/2015
  76. Tecnologia 10/09/2015
  77. Tecnologia 09/09/2015
  78. Tecnologia 05 a 08/09/2015
  79. Tecnologia 04/09/2015
  80. Tecnologia 03/09/2015
  81. Tecnologia 02/09/2015
  82. Tecnologia 01/09/2015
  83. Tecnologia 29 a 31/08/2015
  84. Tecnologia 28/08/2015
  85. Tecnologia 27/08/2015
  86. Tecnologia 26/08/2015
  87. Tecnologia 25/08/2015
  88. Tecnologia 22 a 24/08/2015
  89. Tecnologia 21/08/2015
  90. Tecnologia 20/08/2015
  91. Tecnologia 19/08/2015
  92. Tecnologia 18/08/2015
  93. Tecnologia 15 a 17/08/2015
  94. Tecnologia 14/08/2015
  95. Tecnologia 13/08/2015
  96. Tecnologia 12/08/2015
  97. Tecnologia 11/08/2015
  98. Tecnologia 08 a 10/08/2015
  99. Tecnologia 07/08/2015
  100. Tecnologia 06/08/2015
Outras Matérias sobre Tecnologia

 

Mais Lidas

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/storage/0/5e/4e/jornalempresasenegoc/public_html/modules/mod_sp_facebook/mod_sp_facebook.php on line 84

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171