291 views 6 mins

Cinco tendências de IA para a gestão de pessoas em 2024

em Espaço empresarial
sexta-feira, 20 de outubro de 2023

Camila Paiva (*)

Falar sobre a Inteligência Artificial (IA) nas empresas não é um tema novo. No entanto, muito ainda pode ser explorado positivamente desta ferramenta na gestão de pessoas. Até porque, mais do que trazer uma maior eficiência aos processos internos, o bom uso dessa ferramenta expande o rol de vantagens a serem conquistadas, capaz de possibilitar uma maior assertividade na tomada de decisões, retenção dos talentos e, ainda, projeções estratégicas a favor da construção de times mais felizes, produtivos e engajados.

Considerada como uma das tecnologias mais inovadoras e impactantes atualmente, a capacidade de aprendizado contínuo destas máquinas permite a realização de diversas funções complexas de maneira mais autônoma e eficiente em diversas áreas. Contudo, em dados divulgados pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.Br), apenas 22% das pequenas empresas e 37% das grandes já a adotam no dia a dia do RH.

Em meio a um imenso potencial de uso, há ainda muito o que ser investido na IA para uma melhor gestão de pessoas, não apenas na parte operacional, como ocorria no início desta tecnologia, como também para ações mais estratégias para o crescimento da empresa. Por isso, confira cinco tendências essenciais de aplicação dessa tecnologia a serem seguidas pelas companhias:

1 Análise de dados: além de automatizar a rotina deste departamento, muitas ferramentas de IA permitem que os responsáveis por essa área insiram todos os dados dos profissionais e, com isso, consigam ter uma análise mais precisa sobre diversos aspectos referentes a seus times. Obter acesso a informações confiáveis em tempo real é fundamental para que tenham insights mais estratégicos frente a ações de engajamento, satisfação e retenção dos times.

2 Turnover: complementando o anterior, o acesso a estes dados também pode fornecer previsões de quais profissionais têm mais chance de pedirem demissão com base em informações sobre seu histórico, tempo na empresa, feedbacks de felicidade e outros fatores correlacionados. Com isso, o time de gestão consegue adotar medidas mais assertivas de retenção àquele funcionário, reduzindo índices de turnover e todas as estratégias que impeçam que o negócio perca aquele talento.

3 Criação de conteúdo: muito já utilizado por outros departamentos como o marketing, existem diversas ferramentas de criação de conteúdo com a IA que também podem ser aproveitadas na gestão de pessoas, principalmente, na organização de treinamentos para as equipes. Ao inserir as palavras chaves do tema desejado, os responsáveis receberão ideias e rascunhos a serem aproveitados, o que já otimiza o tempo para que apenas realizem os ajustes necessários no texto e para que consigam se dedicar a outras tarefas igualmente importantes.

4 Recrutamento: um recrutamento mais assertivo é um pilar importante para assegurar uma boa gestão de pessoas. Com a IA, este departamento consegue realizar uma triagem mais estratégica dos currículos recebidos, uma vez que existem ferramentas robustas capazes não apenas de analisar uma maior quantidade destes documentos de forma mais veloz, como também selecionar aqueles mais aderentes ao perfil desejado através de palavras-chaves pré-estabelecidas. Assim, as entrevistas se tornam mais precisas com aqueles que terão mais chances de corresponder às expectativas buscadas.

5 Gestão de ponto: problemas com absenteísmo são comuns em toda empresa e, com a IA, se torna possível utilizar ferramentas completas que fornecem relatórios mais rápidos e precisos sobre esses dados – de forma que os responsáveis por essa área saibam quais funcionários apresentam maior taxa de faltas e consigam, com isso, estabelecer medidas de auxílio e controle sobre essa ausência.

Por mais que de início esses pontos pareçam apenas importantes para o RH, uma análise mais profunda sobre suas aplicações permite visualizar os benefícios que essas aplicações da IA trazem para a liderança de pessoas como um todo. Afinal, ter dados inteligentes em tempo real favorece a tomada de decisões de todos os departamentos, permitindo um acompanhamento de perto das responsabilidades de todas as equipes e ações que assegurem seu bom desempenho e satisfação.

Existem muitas ferramentas robustas acessíveis aos profissionais dessa área, o que torna essencial um estudo aprofundado sobre as vantagens e possíveis aplicações de cada uma para que, com isso, a empresa consiga desfrutar do melhor que essa tecnologia tem a oferecer para a sua gestão de pessoas.

(*) Diretora de gente e gestão da Pontaltech, empresa especializada em soluções integradas de voz, SMS, e-mail, chatbots e RCS.