Petrobras reduz prejuízo líquido no 2º trimestre, mesmo com crise

  • Save
A Petrobras apresentou resultados em função de decisões ágeis tomadas logo no início da crise. Foto: brasilagro.com/reprodução

A Petrobras registrou prejuízo líquido de R$ 2,7 bilhões no segundo trimestre. Apesar do resultado negativo, em plena crise econômica global devida à pandemia e da queda no preço do petróleo, a companhia conseguiu reduzir o prejuízo registrado no trimestre anterior, que foi de R$ 48,5 bilhões. A Petrobras se pronunciou sobre os resultados em nota, salientando outros indicadores financeiros positivos, apesar dos efeitos da crise econômica.

“Mesmo em um cenário desafiador como o segundo trimestre de 2020, a Petrobras conseguiu apresentar sólidos resultados em função de decisões ágeis tomadas logo no início da crise. A companhia fechou o trimestre com Ebitda recorrente de US$ 3,4 bilhões e fluxo de caixa livre de US$ 3 bilhões. Números que mostram que, mesmo com redução de 42% no preço do barril de petróleo (Brent) e queda na demanda interna por derivados no período, a companhia seguiu firme em sua operação e com caixa para garantir sua liquidez.”

De acordo com a estatal, ambos indicadores são acompanhados atentamente pelo mercado como bons indicativos da saúde financeira: “O Ebitda é importante porque retira o efeito dos juros, impostos, depreciação e amortização do lucro líquido, facilitando a comparação de resultado entre companhias. Já o fluxo de caixa livre é o saldo de caixa – resultante da diferença entre geração operacional e os investimentos do período – usado para fazer frente às obrigações financeiras e potenciais dividendos”.

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, destacou os efeitos negativos trazidos ao mercado de petróleo e gás mundial, notadamente com o achatamento no valor do barril. Também citou várias medidas de redução de custos como a diminuição da força de trabalho, através do (PDV). “Mais de 10 mil empregados se registraram no programa de demissão voluntária, cerca de 22% da nossa força de trabalho. Isso implicará em reduções de custo de quase US$ 800 milhões por ano”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap