215 views 5 mins

Tecnologia consegue reduzir turnover em 85%

em Destaques
quinta-feira, 31 de agosto de 2023

As soluções automatizam processos e permitem que profissionais foquem em atividades estratégicas e que gerem satisfação do colaborador

As mudanças comportamentais dos últimos anos fizeram com que as pessoas buscassem o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional e se colocassem como centro da própria vida. Isso, aliado com a taxa de escassez de talentos no Brasil, fez com que a atração e retenção de talentos se tornassem pontos centrais de trabalho para os RH das empresas. Neste sentido, a tecnologia entra como uma forte aliada e pode atuar diretamente para reduzir o turnover em até 85%.

A rotatividade de pessoas em uma organização impacta diretamente na produtividade e clima organizacional, além de gerar prejuízos com custos de rescisões, recrutamento e novas contratações. “As empresas podem usufruir da Inteligência Artificial para identificar as competências corretas e dinâmicas de recrutamento e desenvolvimentos. Algumas soluções são tão completas que permitem identificar os desejos profissionais, desafios e até oferecer uma previsibilidade a quem está em risco de pedir demissão”, explica Vinícius David, CEO da VDX AI, empresa de Inteligência Artificial.

As alternativas contribuem para que as empresas atuem de maneira preventiva e entendam as necessidade individuais e coletivas dentro da corporação. Em conjunto com isso, é possível acompanhar o absenteísmo, indicador usado para medir a soma de ausências dos colaboradores durante o expediente, e entender a razão.

“O Brasil é o segundo país com maior número de pessoas afetadas pela Síndrome de Burnout, de acordo com a International Stress Management Association (ISMA – BR). Estando em uma posição tão alta, os dados obtidos por meio dessas ferramentas se mostram importantíssimos. Além disso, saindo da questão da saúde mental, conseguimos entender os impactos climáticos no dia a dia, como em casos de alagamentos ou deslizamentos. Enfim, é possível incorporar todas as variáveis que podem fazer alguém não ir ao trabalho, algo impossível”, explica o especialista.

A tecnologia vem para somar
Conforme Vinícius Gallafrio, CEO da MadeinWeb, provedora de TI e transformação digital, em meio a debates sobre as máquinas substituírem humanos, algo fica evidente: as soluções chegam para exponencializar o potencial humano e crescer o negócio.

Neste sentido, o Machine Learning, método que permite que computadores tomem decisões seguindo o mesmo raciocínio de uma pessoa, é um aliado do RH, já que contribui para automatização de tarefas e aumenta a eficiência da contratação, economizando tempo e direcionando o foco na gestão de pessoas.
“Automatizando alguns processos, os profissionais de RH podem se concentrar diretamente em atividades mais estratégicas. Além de Inteligência Artificial, podemos utilizar a computação em nuvem de maneira efetiva para o controle de ponto, em software de gestão de competências e folha de pagamento, e também em treinamentos internos”, pontua o executivo.

Na prática
O Infojobs, entendendo a importância da tecnologia para a área de recursos humanos, incorporou recentemente algumas alternativas modernas e completas no Pandapé, seu software de RH que atende a área de recrutamento e gestão de pessoas.

O ChatGPT, por exemplo, foi integrado e está disponível para que a base de clientes construa uma vaga de maneira eficiente em menos de dois minutos, além do recurso de Inteligência Artificial que auxilia na busca pelo candidato com mais aderência à vaga.

Outra grande novidade é o módulo de HCM (Human Capital Management), uma solução inovadora que permite facilitar e impulsionar as diversas ações e estratégias relacionadas à gestão de talentos. A ferramenta integra os processos de recursos humanos, como: benefícios, desempenho, desenvolvimento e análise de força de trabalho.

“Assim, facilitamos e impulsionamos as diversas ações e estratégias relacionadas à gestão de talentos, tornando-as mais eficientes, ágeis e assertivas, de maneira totalmente personalizável e se adaptando às necessidades de cada cliente. O HCM chegou para completar a boa experiência já oferecida aos candidatos com nossa plataforma de recrutamento e seleção, mas dessa vez com foco nos colaboradores das empresas”, explica Ana Paula Prado.