89 views 42 secs

Poupança reverte tendência e registra mais depósitos

em Destaques
terça-feira, 06 de junho de 2017

Pela primeira vez em cinco meses, os brasileiros depositaram mais do que sacaram na poupança. Em maio, a captação líquida (depósitos menos retiradas) somou R$ 292,6 milhões, informou o Banco Central (BC).

Desde dezembro do ano passado, a aplicação não registrava entrada líquida de recursos. Para meses de maio, foi a primeira vez desde 2014 que o BC registrou mais ingressos que retiradas de recursos.
Em maio daquele ano, a captação líquida tinha somado R$ 2,27 bilhões. Com o início da crise econômica, a caderneta registrou retirada líquida de R$ 3,2 bilhões em maio de 2015 e de R$ 6,59 bilhões em maio do ano passado. Apesar do desempenho positivo em maio, as retiradas continuam maiores que os depósitos no acumulado do ano.
Nos cinco primeiros meses de 2017, a caderneta de poupança registrou retiradas líquidas de R$ 18,38 bilhões, perda de recursos menor que os R$ 38,89 bilhões registrados no mesmo período do ano passado. Desde o início da recessão econômica, em 2015, os investidores têm retirado dinheiro da caderneta para cobrir dívidas, em um cenário de queda da renda e de aumento de desemprego (ABr).