56 views 2 mins

Mercado de trabalho pode voltar a criar vagas antes do previsto

em Destaques
segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Uma das surpresas neste começo de ano sobre a recuperação da atividade econômica brasileira pode vir do mercado de trabalho.

O Itaú acredita que o Brasil pode voltar a criar postos de emprego antes do que inicialmente se esperava. O banco prevê que o Caged com ajuste sazonal deve mostrar estabilidade em janeiro, revertendo uma tendência de meses de destruição de vagas.
“O que está me surpreendendo neste começo do ano? Estávamos esperando uma retomada muito lenta de criação de vagas no Caged, mas isso parece que pode começar a acontecer um pouco mais cedo”, disse ontem (20), o economista-chefe do Itaú Unibanco, Mario Mesquita. A previsão do Itaú de estabilidade para a pesquisa do mercado de trabalho em janeiro era esperada somente para meados do ano.
Os dados oficiais do Caged devem ser divulgados nos próximos dias pelo Ministério do Trabalho. “Alguma melhora de perspectiva os empresários devem estar tendo para passar a contratar um pouco mais”, disse ele, destacando que ainda há dúvida sobre se esse número previsto do Caged será um ponto atípico ou uma tendência. O sinal seguinte, que é a criação positiva de emprego formal, está próximo, acredita o banco.
O cenário do Itaú é que em algum momento de 2017 a economia brasileira volte a ter criação positiva de emprego formal. A determinação de um momento mais preciso, porém, é difícil. A expectativa do banco era de que isso fosse ocorrer mais para a segunda metade do ano, mas crescem as chances da geração de emprego ocorrer na primeira metade do ano (AE).