139 views 5 mins

Mercado de trabalho faz Dubai se tornar alternativa para brasileiros no exterior

em Destaques
domingo, 07 de janeiro de 2024

Wagner Pontes (*)

Só no último ano, quase 200 mil novos brasileiros optaram por morar no exterior, totalizando 4,59 milhões em 2022, segundo dados do Ministério das Relações Exteriores. É o maior número desde 2009, quando a comunidade do Brasil era representada por 3,18 milhões de cidadãos residentes em países estrangeiros. Entre EUA, Japão e alguns países da Europa, outra região chama a atenção: Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Existe atualmente uma comunidade brasileira de cerca de 60 mil cidadãos que vivem em países que fazem parte do Oriente Médio, sendo quase 10 mil em Dubai, cidade mais populosa dos Emirados Árabes Unidos. Esse número representa um aumento de 60,5% em comparação com 2021, que registrou 6 mil brasileiros.

O crescimento da procura por brasileiros em mercados para investir fora do País acontece, principalmente, por fatores como incentivos fiscais e impostos menores. Dubai tem atraído cada vez mais a atenção desse público muito por conta do sistema tributário mais favorável, sendo muito atrativo para investimentos em negócios locais. Aspectos como cultura de investimento, acesso ao capital para o crescimento e desenvolvimento dos negócios e outras condições básicas como educação e segurança, também chamam a atenção para a região.

Além disso, quando falamos de carreira e possibilidades para estrangeiros, Dubai é a cidade do Emirados Árabes Unidos que mais oferece oportunidades de trabalho. Cerca de 85% da população é de estrangeiros e, mesmo sendo uma região árabe, o inglês é o principal idioma da cidade. Esse é um pré-requisito fundamental para conseguir ingressar no mercado de trabalho.

A região oferece opções de vistos definitivos para investidores, empreendedores e profissionais, principalmente para cargos essenciais e com experiência comprovada, nas áreas de saúde, tecnologia, advogados, executivos de multinacionais, entre outros. Cargos como engenheiros possuem salários mensais que variam de AED 16.000 (aproximadamente US$ 4.360), segundo Gulf Talent, por exemplo.

Ainda de acordo com a agência de empregos, uma gerente de recursos humanos
US$ AED 32.000 (US$7.500). No campo da medicina, os profissionais de saúde têm excelentes perspectivas de carreira. Um enfermeiro, por exemplo, ganha cerca de AED 15.000 (US$ 4.090). Se comparar esses salários com os do Brasil, chega a ser, em média, cinco vezes mais. Esse patamar atingido é um trabalho de longo prazo.

O Presidente dos Emirados Árabes Unidos, Sheikh Mohammed Bin Rashid Al Maktoum, questionado em 2007 por um repórter americano sobre o que pretendia realizar na região, ele afirmou que iria elevar o país para o top 1 no mundo, e que estavam trabalhando para a nação se igualar aos países de primeiro mundo na Europa e oferecer para a população local qualidade de vida, habitação, emprego, saúde e educação. “Quero dar ao meu povo a maneira mais elevada de se viver”, afirmou Maktoum.

Atualmente, a economia dos Emirados Árabes espera um crescimento de 3% neste ano, projetando uma expansão de 4% em 2024. O crescimento se deve muito por conta de empresas de tecnologia, iniciativas governamentais e do turismo. Esse último setor citado, inclusive, tem uma meta de atrair cerca de 40 milhões de visitantes até 2030. Já no ramo imobiliário, por exemplo, no primeiro semestre de 2023 Dubai registrou um crescimento de 17,2%, em média, na valorização de imóveis. Para efeito de comparação, no mesmo período, a região de Miami, nos EUA, registrou alta de 10,9%.

Os brasileiros estão buscando acesso à cultura, qualidade de vida e desenvolvimento pessoal. Países fora do eixo do turismo como EUA e Europa estão criando incentivos e postos de trabalho para atrair estrangeiros. Morar fora no Brasil é um processo de mudança de mindset e, cada vez mais, isso está sendo visto como uma oportunidade para crescimento e busca por um futuro melhor.

(*) – É fundador da D4U Immigration e especialista em assessoria imigratória (https://d4uimmigration.com/br/).