Lula: “Se alguém roubou a Petrobras, que pague”

O ex-presidente Lula defendeu, na última  sexta-feira (3), que os responsáveis pelos escândalos da Petrobras sejam punidos, mas que os trabalhadores sejam preservados.

“Se alguém sacaneou ou roubou a Petrobras, que pague pelo roubo, e que os trabalhadores não sejam punidos. Que não sejam punidos aqueles que efetivamente são responsáveis pela construção dessa extraordinária empresa, motivo de orgulho para o nosso País”, disse o petista na 5ª Plenária Nacional da Federação Única dos Petroleiros.
Lula disse que aceitou participar do encontro dos petroleiros porque é preciso contar e recontar sua participação nas lutas e feitos deste país. “Tenho orgulho de ter sido o metalúrgico que levou o Jair Meneguelli a ser cassado por fazer a primeira greve, em solidariedade aos petroleiros em 1983”. E disse que também sente muito orgulho de ter sido o presidente que “capitalizou a estatal e ajudou a recuperar a indústria naval brasileira”. Lula citou que ao assumir a Presidência da República, a estatal representava apenas 2% do PIB e hoje representa 13%.
Lula disse que também sente muito orgulho de ter sido o presidente sem diploma universitário que mais criou universidades neste País, e repetiu o mesmo discurso usado durante a campanha pela reeleição de Dilma Rousseff (AE).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap