76 views 2 mins

Governo não teme vaias durante abertura dos Jogos

em Destaques
quinta-feira, 04 de agosto de 2016

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou ontem (4) que o presidente interino, Michel Temer, não teme hostilidades por parte dos brasileiros que estarão presentes hoje (5), no Estádio do Maracanã, por ocasião da solenidade de abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Ao participar da abertura oficial da Casa Brasil, localizada no Píer da Praça Mauá, no centro da cidade, Padilha disse que o evento de abertura é um acontecimento do Brasil e de todos os brasileiros e que o direito de manifestação é livre. Para ele, no entanto, quem fizer qualquer tipo de manifestação contrária ao evento estará jogando contra o Brasil e contra os brasileiros.
Padilha lembrou que o escritor e cronista Nélson Rodrigues dizia que no Maracanã vaia-se até minuto de silêncio. “Então nós estamos preparados para, se for o caso, ouvir as manifestações democráticas, livres e abertas dos brasileiros”. Não há, portanto, nenhuma temeridade e nenhuma contrariedade à livre manifestação. “Nós temos que conviver com a sociedade brasileira como ela é”.
O ministro foi categórico ao afirmar que o PSDB é sim um partido de apoio ao governo, apesar de divergências em relação a administração Temer, principalmente no que diz respeito ao ajuste fiscal. “O PSDB é governo, tem ministério importantíssimo e que mexe com a vida das cidades brasileiras. Tem ainda a liderança do governo no Senado, que é uma das posições mais privilegiadas do ponto de vista político, portanto o PSDB é governo”, enfatizou (ABr).