Fraudes na venda de peixes

Os fiscais federais agropecuários já estão nas ruas para garantir a qualidade dos peixes, tradicionalmente mais consumidos no período da quaresma e também na Semana Santa.

Com o aumento do consumo, também aumentam as fraudes, como adição excessiva de água e até a substituição de espécies.
O bacalhau e o linguado são os principais alvos. O produto é trocado por peixes de menor valor, como o panga, o alabote e a polaca do Alasca. Mas a merluza, o congro, a pescada, a garoupa e até a carne de siri também são substituídos. “Essa é uma prática criminosa e fere o direito do consumidor, que acaba comprando gato por lebre”, destaca o presidente do Sindicato Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários, Maurício Porto (Anffa Sindical).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap