122 views 4 mins

Desequilíbrio entre vida pessoal e profissional: como tirar proveito

em Destaques
domingo, 28 de agosto de 2022

O famoso equilíbrio entre vida profissional e pessoal é possível?

Após participar de mais de quatrocentas mentorias individuais com empresários, gestores, CEOs de grandes empresas e ter estudado vários livros, feito vários cursos de desenvolvimento humano, graduação em administração, pós-graduação em psicologia, o especialista em alta performance, Flávio Sanches, afirmou que não, não é possível ter um equilíbrio real.

“A balança da vida pessoal e profissional está sempre em desequilíbrio”, ponderou.
“Não existe equilíbrio pleno e consistente. Um dos dois lados está sempre maior, com maior atenção e maior foco. Nós crescemos, nascemos, estudamos, nos profissionalizamos, em busca de ter um conforto, de ter uma vida profissional de ser reconhecido monetariamente pelo aquilo que a gente faz.

Para pagar as nossas contas, comprar os nossos carros, os nossos casas, dar segurança à nossa família”, afirmou. De acordo com o profissional, o grande problema é quando nós não percebemos qual o preço que estamos pagando dentro desse desequilíbrio.

“O nível entre vida pessoal e profissional, o que está em maior atenção desgasta mais do outro lado. Em vários momentos da nossa vida, principalmente, no início da nossa carreira profissional, nós trabalhamos muito. Acabamos saindo de casa às cinco horas e voltando meia-noite, todos os dias. Isso é um preço. Nós nos abandonamos um pouco, deixamos de lado a nossa vida pessoal e está tudo bem, porque nós precisamos passar por momentos de desequilíbrio”.

O profissional explicou que o desequilíbrio é normal e inevitável. “Em alguns momentos, numa fase um pouco maior, mais distante, nós começamos a perceber que a vida não é só a profissão. Mas, é nesse momento da vida que muitas abandonam a direção do desequilíbrio novamente, de colocar a sua atenção pra sua vida pessoal. Nós casamos, temos um alto nível de atenção. Dentro de determinado tempo voltamos pra nossa vida profissional.

As contas aumentam. Os valores aumentam, as taxas sobem, a inflação aumenta, todos os custos aumentam e a gente cada vez mais profissional, balança da vida profissional, tendo maior peso neste momento. E o que acontece? Em algum momento quando a gente percebe que nós estamos com a vida pessoal muito de lado, talvez já tenha passado o momento do ajuste”.

Conforme Flavio, é por causa disso que hoje em dia existem tantos níveis de divórcio, tantos filhos que não se conectam com os pais, tantos os irmãos que não conversam mais entre si. “Porque depois de perceber essa dissonância talvez não dê mais tempo de aquilo que já foi passado.

Quantas vezes nós ouvimos da noite para o dia um casamento de dez anos foi acabado. Só que não foi da noite para o dia, mas sim durante dez anos. Esse casamento se encerrou”, exemplificou. Por fim, o profissional pontuou que a balança da vida procura novamente o desequilíbrio e deixou uma dica valiosa:

“Ou você toma consciência e responsabilidade da sua própria vida buscando esse desequilíbrio consciente por determinado período, ou a vida vai escolher isso pra você. E talvez você não goste dos resultados que a vida no seu dia a dia. Seja você o autor da sua própria história”, finalizou. – Fonte e mais informações: (https://www.instagram.com/flaviosanchesbr/?igshid=YmMyMTA2M2Y%3D).