63 views 5 mins

Agências de conteúdo e a nova rota das estratégias de marketing

em Destaques
quinta-feira, 21 de outubro de 2021

Juliana Garcia (*)

“Propaganda é a alma do negócio.” Embora esse clássico jargão do mercado – e verso de uma popular canção dos anos 90 – não tenha perdido a validade, talvez ele precise ser atualizado para o contexto de um ambiente de negócios guiado pelo marketing digital e pela necessidade de um posicionamento eficiente nos canais de comunicação online – dos veículos tradicionais que também readequam suas iniciativas para o universo virtual às próprias redes sociais.

Nesse novo cenário, não é exagero afirmar que o conteúdo é a alma do negócio. E esse paradigma ganha ainda mais tônus quando falamos de um conteúdo de qualidade que, atrelado aos valores das marcas, é capaz de transmitir a mensagem de uma empresa e conectá-lo com suas ações de relevância pública, com valor noticioso, incluindo desde cases de sucesso até números factuais de crescimento que atraiam os canais especializados de imprensa.

Em tal ambiente, ganham protagonismo as agências de conteúdo que, a partir de um trabalho multidisciplinar de diferentes profissionais, são capazes de adotar uma abordagem holística para a comunicação de uma companhia e definir diferentes estratégias que, em conjunto, resultam em um posicionamento fortalecido na web e, consequentemente, em mais resultados para as organizações.

Nesse sentido, temos, por exemplo, o trabalho de redatores e copywriters capazes de desenvolver conteúdos inteligentes para os canais corporativos e de marketing digital das empresas (blogs, materiais ricos, e-mails para nutrição de leads); de analistas de SEO que adaptam esses conteúdos para ganharem relevância nos mecanismos de busca;

Também, de assessores de imprensa que divulgam conteúdos customizados e artigos de opinião de porta-vozes das empresas com relevância jornalística para os grandes veículos; de gestores de mídias sociais, que compartilham todos os frutos desse trabalho nas diferentes redes em que uma empresa está presente, sem falar na mídia paga, que impulsiona tudo o que você quiser.

Quando bem executado, todo esse esforço – que deve ser encarado pelos clientes como um processo contínuo, de longo prazo e contar com a colaboração das empresas para o compartilhamento de informações relevantes para o mercado – traz como benefícios desde questões mais técnicas do marketing digital (como o reforço do link building de uma empresa, uma vez que ela será mencionada, de modo espontâneo, em diferentes canais, incluindo veículos de imprensa reconhecidos e respeitados no meio da comunicação) até uma maior transparência organizacional capaz de atrair investidores, clientes e parceiros.

Não por acaso, dados da pesquisa Content Trends de 2019 apontaram que mais de 67% das empresas entrevistadas já adotam ações de marketing de conteúdo e que 65% de todas essas companhias aumentaram o volume de conteúdo gerado entre 2018 e 2019. O levantamento também ressalta que os negócios que investem em marketing de conteúdo têm um volume 1,4 vezes superior de leads e 1,3 vezes mais visitas em seus sites.

Ademais, como citado acima, a mensagem de uma marca, seus valores, princípios e diferenciais serão transmitidos com muito mais clareza e eficácia para potenciais clientes, stakeholders e, em última instância, para todo o mercado e segmento no qual a companhia está inserida a partir de uma estratégia de criação de conteúdos inteligentes e integrados.

Vale frisar ainda que, dentro de um contexto digital em que somos circundados por informações de todos os lados, o valor de um bom conteúdo é determinante para que uma empresa desperte interesse e se destaque em meio ao mar de notícias, blogs e conteúdo publicitário com o qual nos deparamos a todo minuto.

Em outras palavras: se a propaganda e, mais especificamente, a mídia paga, continua sendo um instrumento importante de posicionamento, é no conteúdo estratégico, orgânico e espontâneo que a relevância é construída, dia após dia, dentro do novo, complexo e fascinante mercado digital.

(*) – É comunicóloga, jornalista por formação e atua como Public Relations à frente da Ideiacomm, agência de conteúdo, social media e assessoria de imprensa (www.ideiacomm.com.br).