108 views 7 mins

6 benefícios do 5G para o e-commerce

em Destaques
terça-feira, 06 de dezembro de 2022

JB Queiroz Filho (*)

A tecnologia 5G chegou ao Brasil em 2022 e promete revolucionar diversos segmentos. Com o avanço da digitalização e o crescimento das lojas virtuais, o e-commerce é uma área que já vem sendo influenciada pela próxima geração da conectividade móvel.
Confira seis benefícios do 5G para a área de e-commerce.

  1. – Maior alcance de público – Segundo o cronograma de implementação do 5G no Brasil, estabelecido pela Anatel, a expectativa é de que até 2030 a rede tenha ampla cobertura nacional e regional. Dessa maneira, mais pessoas terão acesso aos recursos disponíveis na internet, entre eles as compras online.

Isso contribui para a inclusão de pessoas no ambiente digital, aumentando a quantidade de usuários na rede. Assim, o e-commerce pode atingir um público que se interessa por seus produtos ou serviços, mas não estava inserido na internet, e transformá-los em clientes do seu negócio.

  1. – Melhora na usabilidade – Com um sinal mais forte e estável, as equipes de UX (User Experience) e de UI (User Interface) – responsável pela usabilidade de um site – poderão adicionar mais elementos para melhorar a experiência do usuário com o e-commerce. Itens como fotos, vídeos e arquivos de áudio podem ser colocados com melhor qualidade para incrementar o design e a usabilidade.

Além disso, o 5G diminui o tempo de carregamento das páginas, de modo que a introdução de mais elementos não prejudica a performance do site. Nesse sentido, o usuário tem uma experiência de navegação sem atritos e ágil, encontrando o que procura de forma rápida.

  1. – Introdução de novos recursos – O fato de a rede 5G apresentar estabilidade é um dos principais fatores para a implementação de novas tecnologias no e-commerce. Entre elas, podemos destacar a realidade aumentada e o metaverso, que ganharam força nos últimos anos e tendem a serem mais exploradas pelo comércio eletrônico em breve.

Por exemplo, uma loja de materiais de construção pode disponibilizar ao usuário a possibilidade de visualizar uma ferramenta ou peça em 3D, melhorando sua experiência de compra. Desse modo, a empresa oferece uma experiência imersiva ao público, que pode ser um diferencial para influenciar a tomada de decisão.

  1. – Otimização da gestão – A velocidade do sinal e a possibilidade de integrar vários dispositivos sem comprometer a performance facilitam a gestão interna de um e-commerce. Ferramentas de CRM, ERP e bancos de dados poderão ser utilizados de maneira integrada e com um melhor desempenho, especialmente para o gerenciamento de estoques e trabalho de logística.

As empresas também poderão adotar softwares mais robustos e sistemas de pagamento inovadores, como o Pix, para atender ao fluxo de usuários e aos interesses do público. Essa é uma alternativa que pode ser bem trabalhada quando o mercado estiver aquecido, como na época do Natal e da Black Friday.

  1. – Live commerce – Uma das estratégias de marketing e vendas que mais ganharam relevância durante a pandemia de Covid-19 foi o live commerce. Ela consiste em um evento online, geralmente com a presença de influenciadores, em que o apresentador mostra os produtos e anuncia promoções exclusivas para quem está assistindo à live.

Nesse formato, o usuário pode efetuar a compra de um produto e tirar dúvidas a qualquer momento da transmissão, estabelecendo um contato mais próximo entre ele e a empresa. Para que o live commerce tenha um bom desempenho, é necessária uma conexão estável tanto da empresa que está transmitindo a live quanto da pessoa que está assistindo.

A estabilidade é uma das principais características do 5G. Portanto, a rede facilitará a transmissão de um live commerce e ampliará o número de usuários conectados simultaneamente.

  1. – Atendimento ao cliente – Com a introdução de novas tecnologias, é possível melhorar o atendimento ao cliente por meio de diversas estratégias. O serviço de atendimento é um segmento crucial para atrair um usuário e estabelecer um relacionamento com o cliente, pois os consumidores esperam que seus problemas sejam resolvidos da melhor maneira possível durante a jornada de compra.

O 5G pode otimizar a estratégia de conversational commerce, baseada na troca de mensagens entre empresa e usuário por meio de atendentes humanos ou chatbots. A velocidade da rede permite uma comunicação mais fluida e direta, além de possibilitar a programação de chatbots mais inteligentes (facilitando o autoatendimento).

Assim como em outras áreas, a chegada do 5G promete causar uma grande revolução no comércio digital, integrando tecnologias e promovendo uma experiência de compra personalizada para cada vez mais pessoas. Além disso, espera-se um aprimoramento das atuais funcionalidades do e-commerce, que teve um alto crescimento durante a pandemia e agora está se consolidando no mercado para atender aos interesses do novo consumidor.

(*) – Formado em TI e Administração de Empresas, com especialização em Estratégias Digitais, é Diretor Executivo da JBQ.Global e Board Member do portal Canal do Ensino (https://jbq.global/).