6 atividades para implementar na empresa pós pandemia

Com as discussões acerca da flexibilização na quarentena devido a pandemia do novo coronavírus, as empresas do mundo todo precisam se reinventar e traçar estratégias para a retomada das atividades com segurança. O primeiro passo para enfrentar mais este desafio é avaliar as principais mudanças no mercado e no seu negócio, além de observar aspectos como produtividade, bem-estar e saúde dos colaboradores.

Para Celson Hupfer, CEO da Connekt, plataforma inteligente de recrutamento digital e doutor em psicologia social, a pandemia, embora tenha sido um fator novo que conduziu uma crise tanto na economia, quanto na saúde e no comportamento da sociedade, também traz ensinamentos para o universo corporativo.

“As empresas tomam um lugar importante se tornando peças chaves de liderança. Neste momento, são elas as responsáveis em oferecer suporte para que o colaborador continue sempre engajado. Para isso acontecer, é importante implementar, cada vez mais, atividades que trabalhem aspectos físicos e psicológicos dos colaboradores. Desta forma, eles podem se sentir mais seguros para manter o fluxo de trabalho”, avalia.

Para ajudar nisso, o especialista separou 6 atividades que podem ser realizadas nas empresas, principalmente, após a retomada das atividades:

  1. – Repensar modelos e formatos de trabalho – Uma das lições que aprendemos em meio a pandemia foi a necessidade da flexibilização nos formatos de trabalho. O home office, que para alguns parecia um formato distante, ganhou espaço e, portanto, cabe cada empresa avaliar se não é uma oportunidade de tornar permanente ou mais frequente o modelo em seu negócio.
  2. – Automatizar processos – Uma outra lição foi sobre o poder não só da ciência, mas da tecnologia. Portanto, é importante cada vez mais que as empresas busquem automatizar processos e tragam a transformação digital para seus negócios, tanto em ferramentas, como no desenvolvimento ou alocação de softwares e mudanças em processos considerados antiquados, como o de recrutamento e seleção. Afinal, hoje é possível abrir vagas, avaliar, saber sobre skills de candidatos e contratar novos colaboradores de maneira 100% online.
  3. – Programas para o bem-estar – Tanto o RH como os empreendedores devem pensar em programas ou até mesmo surpresas que visam o bem-estar dos funcionários, alguns exemplos são comemorações, reuniões descontraídas ou um retorno com festa no escritório, embora ainda seja necessário manter as recomendações da OMS. Algumas ações simples que podem ser realizadas a distância são importantes para mostrar ao colaborador o valor dele para a empresa.
  4. – Atividade física – Já foi comprovado que as atividades físicas colaboram para o bem estar psicossocial, com isso, busque oferecer programas e possibilidades para a equipe participar, como atividades de meditação, exercícios, dança ou mesmo ginástica laboral.
  5. – Cuidado com a mente – É importante pensar também na saúde psicológica da equipe. Hoje, muitas empresas já têm adotado esse tipo de atividade, elas podem ser feitas por meio de avaliações de psicólogos, terapeutas ou massoterapeutas que estarão disponíveis para cuidar tanto da equipe como dos próprios líderes.

“Entre os benefícios de implantar esses tipos de atividade na empresa estão o sentimento de bem-estar e de pertencimento do colaborador. Essas atividades melhoram a comunicação, os aspectos cognitivos, a segurança na tomada de decisões e até na produtividade e dia a dia em equipe”, finaliza o especialista.

  1. – Continuar com atividades – Se sua empresa desenvolveu atividades durante a pandemia, permaneça com elas, isso vai ser fundamental para que o colaborador se sinta cuidado e engajado, terá certeza de que não foi apenas uma ação passageira.

Fonte e mais informações: (www.connekt.com.br).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap