131 views 3 mins

A solução digital nem sempre precisa ser um aplicativo

em Artigos
quarta-feira, 14 de setembro de 2022

Com o avanço da tecnologia, a digitalização de processos passou a ser parte de muitas empresas. Segundo a Pesquisa Anual sobre o Mercado Brasileiro de TI e Uso nas Empresas, referente a 2021 e divulgada em maio, pelo Centro de TI Aplicada, o uso e gastos relacionados a esta área nas organizações representam cerca de 8,7% de uma receita que continua crescendo.

Em 2021 e início de 2022, esse aumento ficou ainda mais evidente ao levar em consideração aspectos como valores, maturidade e a importância da inovação para viabilizar a criação de novos modelos de negócios, bem como atualizar os já existentes.

Com o objetivo de otimizar processos internos, melhorar o desempenho geral de um negócio e, por vezes, até garantir a melhor experiência para o consumidor final, muitas organizações investem em soluções digitais que nem sempre são ideais para as demandas que atendem.

A criação de aplicativos, por exemplo, nem sempre se faz necessária, principalmente se houver outros projetos prioritários, que atualizados e integrados de maneira correta podem atender as necessidades e solucionar as eventuais dores encontradas. Para Murilo Gomes, CEO da Magit, empresa de transformação digital, o uso ou a criação de apps pode até ser um diferencial, mas não é o único recurso disponível.

“Vivemos em uma era com diferentes métodos de inovação, que garantem tanto a competitividade quanto a desburocratização de muitos processos. Embora muitas empresas já tenham evoluído no que se refere a tecnologia, elas ainda precisam explorar outras ferramentas de transformação, que aprimorem seus recursos e que ofereçam vantagens e usos para ações específicas”, afirma o executivo.

Ferramentas como plataformas multicanais, desenvolvimento de softwares como RPA, sigla do inglês Robotic Process Automation, que significa automação robótica de processos, e inteligência artificial preparada para realizar tarefas personalizadas são alguns exemplos de recursos que também são protagonistas da transformação digital.

“A tecnologia está em constante evolução e o mercado cada vez mais competitivo, logo, isso significa que os gestores devem recorrer a soluções cada vez mais rápidas, eficientes e que melhor se adequem ao sucesso que esperam alcançar dentro e fora de suas organizações”, finaliza o CEO. – Fonte e mais informações: (https://www.mag-it.com.br/).