A recuperação de lucros na geração de caixa das empresas varejistas

Henrique Sampaio (*)

O processo de pagamento de contas de qualquer companhia, em teoria, deveria ser algo simples.

A empresa paga o valor estabelecido pelo serviço ou produto que contratou e ambos ficam quites. No entanto, no setor varejista, existem diversos fatores que envolvem complexidade de contratos comerciais com fornecedores, controles internos e um grande fluxo de informações que pode tornar essa etapa que deveria ser simples em algo que gera perda financeira.

E o pior, isso acontece com quase todas as empresas do setor de varejo. Isso porque, todas as implicações que envolvem esse processo de compra e acerto de contas são passíveis de erros, justamente pela alta demanda e quantidade de dados a serem considerados.

Muitas das vezes, ocorrem falhas, o que faz que a empresa varejista tenha um gasto excedente, de forma desnecessária. O que poucos sabem é que tem como recuperar esse dinheiro. Através de um levantamento e da análise de procedimentos e controles, é possível avaliar as informações contidas nos arquivos eletrônicos da empresa e fazer essa revisão de todos os processos.

Nessa fase de entendimento, são conhecidas as regras de negócios que direcionarão todas as análises, migração dos dados eletrônicos para que um software de rastreamento e análise de registros eletrônicos, utilizando-se de tecnologia de Inteligência Artificial para maior acurácia e precisão.

Esse processo é feito por uma empresa de auditoria que leva em consideração o fluxo financeiro, as verbas comerciais, taxas de cartão de crédito, bem como pagamentos dos fornecedores que foram cobrados ou pagos de forma equivocada.

A partir disso, um exame documental identifica as inconsistências e reúnem as perdas através de valores pagos indevidamente, que por fim, são cobrados dos respectivos fornecedores. Além da recuperação, a auditoria interna aponta as falhas de processo e sugere melhorias que farão com que as empresas não voltem a perder dinheiro sem ter ciência como no passado.

Em tempos como os atuais, onde observamos tantos fechamentos de lojas e retrocesso de marcas, é ainda mais essencial ter um controle financeiro. Negligenciar esse aspecto do negócio, gera, como consequência, dívidas e futuramente o fechamento antecipado do empreendimento.

É importante investir neste momento em uma gestão financeira feita com qualidade, que pode proporcionar redução de custos e falhas, aumento da produtividade, auxílio na tomada de decisões, redução de fraudes e desvios, entre muitas outras coisas.

(*) – É CEO do Grupo DHS, empresa referência em recuperação de lucros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap