ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Exportações de carne bovina com destaque para Hong Kong

Os números confirmam as expectativas do setor com a retomada das exportações em 2016.

A indústria de carne bovina brasileira fechou o mês de abril com um faturamento de US$ 434 milhões nas exportações e mais de 112 mil toneladas embarcadas

Comparado com o mesmo período do ano passado, os números registram retração em 5% em faturamento e um incremento positivo de 2% em volume. Entre os países que se destacam, Hong Kong continua na liderança com um aumento de 3% em faturamento (US$ 91 milhões), e de 11% no volume exportado (26 mil toneladas), se comparado com abril de 2015.
Outro destaque é a China que ocupa a segunda posição com mais de 15 mil toneladas e um faturamento de US$ 64 milhões. Já os embarques para o Egito aumentaram em 77% em faturamento (US$ 44 milhões), e 85% no valor exportado de 14 mil toneladas, em relação ao mesmo mês do ano passado. No acumulado do ano (janeiro-abril), o Brasil exportou mais de 479 mil toneladas de carne bovina, o que representa o aumento de 12% em comparação com o mesmo período do ano passado.
O faturamento nos quatro primeiros meses de 2016 soma US$ 1,8 bilhão – equivalente ao mesmo período de 2015. De acordo com o presidente da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne, Antônio Jorge Camardelli, os números confirmam as expectativas do setor com a retomada das exportações em 2016, principalmente devido à abertura de mercados. “Um exemplo é a Arábia Saudita, que já ocupa um lugar entre os dez maiores mercados de exportação da carne brasileira”, afirma (Abiec).

Mudança no governo deve elevar a confiança de empresários

desenho-topo temporario

A FecomercioSP, por meio da análise dos seus indicadores econômicos, há muito tempo alerta para o que é, provavelmente, a maior crise econômica dos últimos cem anos. Para a Entidade, este cenário desolador pode começar a mudar a partir de agora, com um novo governo que trará equilíbrio, previsibilidade e segurança para empresários, consumidores e investidores.
Segundo a Federação, o comportamento de indicadores financeiros e a evolução recente dos índices de confiança são fortes indícios que a segurança retornará. O anúncio de uma série de medidas - e da sinalização de que elas poderão ser aprovadas no Congresso -, a Entidade acredita, teria um efeito positivo na confiança dos agentes e viabilizaria, assim, a retomada de investimentos. A consequente valorização do real, por sua vez, abriria espaço para a queda dos juros - uma vez que a inflação já dá sinais de desaceleração -, o que, juntamente com a volta do crescimento, ajudaria a mudar a dinâmica da dívida pública, retroalimentando o otimismo dos agentes.
Apesar de otimista, a Federação pondera que o novo governo precisará abrir mão de objetivos políticos de curto prazo para adotar uma agenda de modernização oposta ao populismo que direcionou as políticas públicas tantas vezes ao longo da história. Em vez de expandir o crédito e os gastos - o que somente agravaria a situação - é preciso colocar a casa em ordem para incentivar os investimentos e, assim, dar início a um novo círculo virtuoso da economia brasileira.

 

Mais artigos...

  1. Economia 12/05/2016
  2. Economia 11/05/2016
  3. Economia 10/05/2016
  4. Economia 07 a 09/05/2016
  5. Economia 06/05/2016
  6. Economia 05/05/2016
  7. Economia 04/05/2016
  8. Economia 03/05/2016
  9. Economia 30/04 a 02/05/2016
  10. Economia 29/04/2016
  11. Economia 27/04/2016
  12. Economia 26/04/2016
  13. Economia 16/04/2016
  14. Economia 21 a 25/04/2016
  15. Economia 20/04/2016
  16. Economia 19/04/2016
  17. Economia 16 a 18/04/2016
  18. Economia 15/04/2016
  19. Economia 14/04/2016
  20. Economia 13/04/2016
  21. Economia 12/04/2016
  22. Economia 09 a 11/04/2016
  23. Economia 08/04/2016
  24. Economia 07/04/2016
  25. Economia 06/04/2016
  26. Economia 05/04/2016
  27. Economia 02 a 04/04/2016
  28. Economia 01/04/2016
  29. Economia 31/03/2016
  30. Economia 30/03/2016
  31. Economia 29/03/2016
  32. Economia 25 a 28/03/2016
  33. Economia 24/03/2016
  34. Economia 23/03/2016
  35. Economia 22/03/2016
  36. Economia 19 a 21/03/2016
  37. Economia 18/03/2016
  38. Economia 17/03/2016
  39. Economia 16/03/2016
  40. Economia 15/03/2016
  41. Economia 12 a 14/03/2016
  42. Economia 11/03/2016
  43. Economia 10/03/2016
  44. Economia 09/03/2016
  45. Economia 08/03/2016
  46. Economia 05 a 07/03/2016
  47. Economia 04/03/2016
  48. Economia 03/03/2016
  49. Economia 02/03/2016
  50. Economia 01/03/2016
  51. Economia 27 a 29/02/2016
  52. Economia 26/02/2016
  53. Economia 25/02/2016
  54. Economia 24/02/2016
  55. Economia 23/02/2016
  56. Economia 20 a 22/02/2016
  57. Economia 19/02/2016
  58. Economia 18/02/2016
  59. Economia 17/02/2016
  60. Economia 16/02/2016
  61. Economia 13 a 15/02/2016
  62. Economia 12/02/2016
  63. Economia 06 a 10/02/2016
  64. Economia 05/02/2016
  65. Economia 11/02/2016
  66. Economia 03/02/2016
  67. Economia 02/02/2016
  68. Economia 30/01 a 01/02/2016
  69. Economia 29/01/2016
  70. Economia 28/01/2016
  71. Economia 27/01/2016
  72. Economia 23 a 26/01/2016
  73. Economia 22/01/2016
  74. Economia 21/01/2016
  75. Economia 20/01/2016
  76. Economia 19/01/2016
  77. Economia 16 a 18/01/2016
  78. Economia 15/01/2016
  79. Economia 14/01/2016
  80. Economia 13/01/2016
  81. Economia 12/01/2016
  82. Economia 09 a 11/01/2016
  83. Economia 08/01/2016
  84. Economia 07/01/2016
  85. Economia 06/01/2016
  86. Economia 05/01/2016
  87. Economia 31/12/2015 a 04/01/2016
  88. Economia 30/12/2015
  89. Economia 29/12/2015
  90. Economia 24 a 28/12/2015
  91. Economia 23/12/2015
  92. Economia 22/12/2015
  93. Economia 19 a 21/12/2015
  94. Economia 18/12/2015
  95. Economia 17/12/2015
  96. Economia 16/12/2015
  97. Economia 115/12/2015
  98. Economia 12 a 14/12/2015
  99. Economia 11/12/2015
  100. Economia 10/12/2015
Mais Lidas

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/storage/0/5e/4e/jornalempresasenegoc/public_html/modules/mod_sp_facebook/mod_sp_facebook.php on line 84

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171