ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Rede social: vilã ou aliada da produtividade?

Uma empresa especializada em recrutamento e seleção realizou recentemente um levantamento com cerca de 200 profissionais, para analisar até que ponto as redes sociais podem afetar no desempenho. Ela concluiu que 46% dos profissionais checam as redes sociais durante o horário de trabalho e 42% desse mesmo público, passa ao menos uma hora por dia ligado nas redes de relacionamento durante o expediente, comprometendo de forma direta os resultados

social-media-buttons-blog-post temproario

Sidney Cohen (*)

A rede social, como toda solução, se usada de forma correta, proporcionará benefícios, principalmente relacionados à produtividade. Seguem algumas recomendações para o seu uso adequado:

Horário: Se a rede social não é a ferramenta de apoio ao seu trabalho, utilize fora do horário do expediente. Caso contrário, use focado ao que ela se propõe, sem desviar a sua atenção.

E-mails de notificações: Configure sua rede para não receber e-mails. Porém, há casos de grupos interessantes, que promovem debates de grande importância para o perfil profissional. Neste caso, limite o recebimento para esses grupos. O mesmo procedimento deve ser adotado para demais soluções tecnológicas como, por exemplo, o uso de smartphones que notificam recebimentos de e-mails.

Tempo de resposta: Você não é obrigado a responder a todas as mensagens em tempo real. Lembre-se de que a prontidão na resposta de assuntos de baixa prioridade torna-se um hábito perigoso e você ficará refém e tomará seu tempo de forma desnecessária.

Perfil de convidados e redes sociais: Fique atento com o perfil das pessoas que você convida e com o perfil da rede social que você frequenta. Se a rede social tiver um perfil estritamente profissional, evite convidar um público fora dessa faixa etária, como, por exemplo, crianças e aposentados. Promova assuntos relacionados ao trabalho.
Para uma rede mais abrangente, priorize o convite às pessoas de seu relacionamento.

Imagem é tudo: Utilize uma foto pessoal no seu perfil, de acordo com a sua característica profissional. Quanto à imagem da empresa, muita atenção. Não fale mal de colegas, empresas, mesmo de concorrentes. Não exponha informações confidenciais. Lembre-se de que as redes sociais vêm sendo usadas como ferramentas de recrutamento e seleção pelos departamentos de RH.

Seguindo essas dicas, você poderá render mais e aprender a usar a rede social a seu favor. Bom trabalho!

(*) É palestrante, diretor da Bit Partner Consultoria Empresarial - www.bitpartner.com.br e diretor do PME NEWS – Informativo eletrônico para Pequenas e Médias Empresas.


MicroStrategy 10 Secure Enterprise™

A MicroStrategy® Incorporated (Nasdaq: MSTR), líder mundial no fornecimento de plataformas de software empresarial, anuncia a disponibilidade de sua nova solução MicroStrategy 10 Secure Enterprise™. Pela primeira vez, a plataforma analítica da MicroStrategy combina as funcionalidades tradicionais do business intelligence com data discovery, mobilidade analítica e segurança corporativa robusta. A nova MicroStrategy 10 Secure Enterprise foi desenvolvida a partir das comprovadas funcionalidades corporativas da plataforma para o fornecimento de análises sofisticadas e de alto desempenho, de forma acessível, veloz e com facilidade. Para apresentar a MicroStrategy 10 Secure Enterprise™, a companhia está realizando o MicroStrategy 2015 Symposium Series. O ciclo de eventos, que teve início em Washington D.C, no dia 04 de junho, chega ao Brasil na primeira quinzena de agosto, ocasião em que clientes e parceiros terão a oportunidade de conhecer em primeira mão as poderosas funcionalidades da nova versão.
“A MicroStrategy 10 Secure Enterprise é uma solução inovadora que combina recursos analíticos, mobilidade e segurança em uma única e integrada plataforma”, diz Michael Saylor, CEO da MicroStrategy. “A plataforma integra marcantes funcionalidades corporativas por meio de uma interface intuitiva e com grande facilidade de utilização, que são poderosas o suficiente para atender as organizações mais exigentes e diferentes tipos de usuários. Estamos confiantes de que os líderes de negócios e de TI ficarão impressionados com a MicroStrategy 10TM e com sua capacidade de criar deslumbrantes novas aplicações, capazes de agregar grande valor para os negócios das empresas” (www.microstrategy.com).


Rede social permite melhor convívio e controle de doenças crônicas e raras

redes doentes3 temproario

Eu Paciente (eupaciente.com.br), rede social gratuita que permite aos portadores de doenças crônicas e raras a oportunidade de conviverem melhor com suas enfermidades, através de suas ferramentas oferece aos seus integrantes a oportunidade de compartilhar conhecimento e sentimentos com quem vive situações semelhantes, além de um acompanhamento clínico que possibilita um maior controle de suas patologias. Agora, passa a contar com mais benefício, os medidores.
A nova ferramenta disponibilizada pela rede social, dá a oportunidade aos seus membros de acompanhar a medida que os usuários necessitarem critérios como: peso, pressão e glicose.”Notamos que alguns critérios poderiam oferecer um acompanhamento de maior relevância para os pacientes”, diz um dos fundadores da Eu Paciente, Carlos Paludo.
Segundo Paludo, o paciente é o protagonista, portanto ele alimenta os dados de seu perfil na frequência necessária. “Esse controle, aliado ao acompanhamento médico, pode oferecer uma melhor qualidade de vida aos nossos usuários”, observa.
Eu paciente é a primeira rede social do país focada no paciente. Mais de 8,5 mil pessoas trocam experiências sobre suas doenças, por intermédio das ferramentas de relacionamento disponibilizadas.
As doenças crônicas fazem parte da vida de uma boa parte da população e, no Brasil, cerca de 7% da população é portadora de doenças raras. Conviver com uma doença não é fácil, gera sentimentos e angústias. “O EuPaciente acredita que o paciente deva agir de forma protagonista ao tratar de sua saúde e procuramos proporcionar um ambiente adequado, seguro e com o devido respeito que a área da saúde merece ao se relacionar com um Paciente. O apoio que vemos na rede nos faz crer que estamos num bom caminho”, diz Paludo.
Além da troca de informações, é possível o agrupamento de exames, documentos e receitas médicas num único ambiente, facilitando ao paciente e a equipe médica avaliar o quadro clínico e a evolução histórica do caso. “Nosso objetivo é fornecer um recurso adicional para o acompanhamento das manifestações de cada enfermidade, jamais substituir os profissionais da saúde, mas sim agir de forma complementar”, finaliza Paludo.

Inovando no meio digital: como criar uma comunidade engajada de consumidores

Rita Cunha Martins (*)

A revolução digital tem criado um arsenal de oportunidades para os profissionais de marketing, ao mesmo tempo em que coloca diante deles desafios cada vez maiores

As mídias digitais e redes sociais permitem contato diferenciado com consumidores e acesso a contextos que anteriormente não estavam ao alcance das empresas. Ao mesmo tempo, exigem um olhar apurado frente às informações já que maior interação nem sempre sinaliza um conteúdo mais relevante.
Nesse contexto, a TNS, uma das maiores empresas de pesquisa de mercado do mundo, desenvolveu o ThinkThank - ferramenta que permite criar uma comunidade customizada online e mobile. Ela é formada por consumidores inteligentes e atentos às novidades, que se tornam verdadeiros consultores dos clientes, discutindo questões relevantes por um longo período de tempo.
Com o ThinkTank, é possível observar tendências, conseguir feedback em campanhas de publicidade consideradas de alto risco ou simplesmente acessar corretamente os consumidores. Sendo assim, é possível encontrar soluções assertivas aos desafios da marca a partir do olhar de quem a vivencia profundamente: os brandlovers.
Os resultados dessa ferramenta da TNS não demoram a aparecer. Os clientes que a experimentaram, tiveram acesso rápido ao feedback dos “ThinkTankers” e, principalmente, obtiveram respostas para as suas questões de negócios. Por outro lado, os participantes receberam informações dos profissionais qualificados da TNS de maneira concisa, direta e focada unicamente nos pontos mais importantes.
Foi o que aconteceu, por exemplo, com um fabricante global de cigarros que precisava ter rápido feedback dos consumidores sobre conceitos e novas ideias de produtos. Com o ThinkTank, a empresa pode identificar as oportunidades relevantes para expansão de seu negocio e investir de forma mais objetiva. O estudo durou três meses e ofereceu à empresa uma oportunidade de interagir com consumidores cuidadosamente selecionados, inteligentes e voltados para o futuro.
Como resultado desse trabalho, o ThinkTank forneceu ao cliente vinhetas imaginativas, que espalharam novas ideias e abriram um processo de inovação nos negócios da empresa.
Para chegar a resultados como esse, o ThinkTank requer conhecimento acurado dos moderadores da TNS. É preciso ter habilidades para criar confiança, gerenciar energia e dinâmica de grupo, além de escutar com toda atenção e ter sensibilidade comprovada. Moderar uma comunidade online é muito mais do que organizar uma série de tarefas – os experientes moderadores da TNS combinam atenção e empatia com um cuidadoso gerenciamento do ritmo, energia e atividades, para que os participantes se sintam engajados e valorizados.
Os clientes podem ter acesso em tempo real a todas as sessões, o que permite reações imediatas às opiniões dos “ThinkTankers”, além de permitir que se façam perguntas ao moderador sobre pontos específicos das discussões.
O conhecimento da TNS em relação a especificidades culturais de diversos países também garante às empresas maior eficiência - já que permite otimizar ações de MKT assertivas inclusive globalmente. O ThinkTank, portanto, oferece às empresas informações importantes sobre negócios e setores que atuam, com o olhar de quem mais interessa: seus consumidores.

(*) É Account Manager da TNS Brasil. Graduada em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) com especialização em Administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas (CEAG- FGV/SP), com ênfase em posicionamento de marcas e estratégia. Trabalha há 14 anos com pesquisa de mercado
(O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.).

Outras Matérias sobre Tecnologia

 

Mais Lidas

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171