ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Potencial da imagem na conversão de vendas do e-commerce

O comércio eletrônico brasileiro tem apresentado constante crescimento e as lojas online estão cada vez mais profissionais graças ao fácil acesso à tecnologia. Porém, ainda há uma área que parece ser problemática para muitos varejistas online, a qualidade da imagem dos seus produtos

content-ecommerce temproario

Martin Ciriani (*)

O relatório de comércio eletrônico Webshoppers, realizado pelo E-bit e Buscapé Company aponta que no primeiro semestre de 2015, o e-commerce brasileiro apresentou um crescimento de 16% em relação ao mesmo período do ano anterior, contabilizando um faturamento de R$ 18,6 bilhões.

Imagine que ao entrar em uma loja virtual, o consumidor encontre o produto que tanto almeja, mas ele não pode vê-lo adequadamente pois as imagens são pequenas, um pouco embaçadas e há apenas uma foto de cada produto. Será que esse e-commerce irá inspirá-lo a comprar? Provavelmente não e há duas razões para isso: o consumidor não consegue ter tanta certeza de como o produto realmente é ou ele duvida da confiabilidade da loja por apresentar imagens pouco profissionais.

De acordo com um teste A/B realizado pela Visual Website Optimizer (software flexível de testes variados), imagens maiores aumentam as vendas em até 9%.

Veja alguns requisitos essenciais para as imagens do seu e-commerce:

Tamanho: é importante que as suas fotos tenham um tamanho adequado para alcançar alta qualidade. Praticamente todas as câmeras digitais lançadas nos últimos cinco anos e até mesmo os smartphones podem reproduzir imagens de alta resolução. As fotos dos produtos online devem ter pelo menos 2000 pixels, pois você poderá utilizam zoom nas imagens e estas também serão aceitas em todos os principais mercados online.

Função zoom: para mostrar os detalhes do produto é muito importante que o consumidor possa ampliar a imagem para ver os detalhes que possam lhes interessar. Para adicionar o zoom ao e-commerce basta instalar um plugin no site, mas mesmo assim é interessante disponibilizar imagens múltiplas e ampliadas dos detalhes mais importantes do produto.

Alinhamento e margens: determinar um padrão de alinhamento e margem branca nas imagens de produto e criar páginas de categoria de produtos visualmente consistentes resulta em uma melhor experiência de compra ao usuário. O mais importante é que páginas de categoria de itens com aspecto profissional constroem uma relação de confiança com os seus clientes e retratam a sua loja on-line como um negócio respeitável.

Sombras: As sombras podem favorecer ou arruinar uma imagem de produto. Uma foto feita com má iluminação pode lançar sombras desagradáveis sobre o produto, no entanto, se bem iluminada, a sombra sutil pode adicionar profundidade e dimensão a fotografia. Há diferentes tipos de sombra que podem ser usadas. Sombras projetadas criadas durante a sessão de fotos ou na pós-produção, as naturais são criadas a partir da utilização de uma fonte de luz natural, tal como uma janela, já as refletoras são produzidas com o auxílio de refletor durante a sessão de fotos ou na pós produção e por fim, as sombras amplas podem ser produzidas de diversas maneiras em um estúdio de fotografia.

Fundo: Um fundo liso e limpo é um fator relevante ao criar as suas imagens de produto on-line. Para a maioria dos produtos um fundo branco liso é o mais adequado. Ao mesmo tempo, este fundo branco também permitirá que você use as mesmas fotos de produtos em muitos mercados on-line. O ideal é utilizar o mesmo fundo para todos os produtos, pois isso dará consistência e profissionalismo ao e-commerce.

Ângulos: Mostrar vários ângulos do seu produto é crucial. Isso também ajudará o seu cliente a entender o tamanho do item, visualizar melhor os detalhes do produto, como: bolsos extras, forro, costura especial, etc. Para cobrir bem um produto, fotografe a frente, a parte de trás, na diagonal, o fundo, o topo, o interior e os detalhes do produto. Quanto mais imagens você fornecer, melhor!

Cor: a cor é outro fator importante para a experiência de compra online. As cores da imagem devem corresponder as do produto, para mostrar aos clientes o que eles vão receber e reduzir as devoluções. É importante saber que as telas de computador, bem como navegadores web, tem um perfil de cores diferente, o que significa que cada tela e navegador interpreta as cores um pouco diferente. Para corrigir esse problema e ter a certeza de que as suas imagens de produto são as mais fiéis possíveis, recomendamos que você mude os seus arquivos .jpeg para o perfil de cor SRGB.

Suportes: o uso de suportes pode ser útil para a sua imagem, especialmente se você precisa mostrar as funções de um produto ou o tamanho dele. No entanto, o suporte não deve desviar a atenção do produto e só considere usá-lo em uma imagem da série. No caso de um acessório, ter o produto mostrado por uma modelo pode ajudar o cliente a compreender o tamanho real dele.

O tempo gasto na produção da imagem é vantajoso uma vez que está diretamente ligado a conversão de vendas da loja virtual. Lembre-se que o pós-produção (edição e retoque de imagens) também é um passo fundamental para criar imagens comerciais de produtos.

(*) É diretor geral da Pixelz no Brasil, empresa especializada na edição e retoque de imagens (br.pixelz.com).

A gestão da qualidade dos serviços digitais é fundamental para a construção de uma Cidade Inteligente

Anunciada como tendência há poucos anos, não há dúvidas de que as cidades inteligentes já são uma realidade e chegaram para ficar. De acordo com estudo da Frost&Sullivan, o mercado global de smart cities movimentará cerca de US$ 1,565 trilhão em 2020, especialmente na Europa e América do Norte, regiões nas quais estarão 50% das cidades que demandarão por serviços inteligentes em meados de 2025. No Brasil, esse conceito de smart cities vem ganhando força.
Em comum, os administradores públicos em todo mundo encontrarão o desafio de prover serviços básicos a uma população que em 2025 será gigantesca. Cerca de 4,6 bilhões de pessoas estarão vivendo em áreas urbanas, ou seja, cerca de 50% da população mundial compartilhando espaço e serviços públicos básicos.
A resposta para isso é, como sempre, a tecnologia. Um recente estudo da IDC revelou que ela é a chave para a melhoria dos aspectos socioeconômicos de uma cidade, especialmente as que possibilitam conectividade. Afinal, consistem na base para a criação de serviços digitais em beneficio da comunidade e apoiando iniciativas relacionadas às áreas de educação, saúde, turismo, segurança e espaços públicos, além de prover banda larga de alta velocidade.
É claro que construir uma arquitetura de rede e modernizar a infraestrutura de telecomunicações das cidades é primordial e ponto de partida para qualquer projeto. Mas, isso só será realmente efetivo se, além de um desenho de redes apropriado, integradores e provedores de serviços de rede, produtos inteligentes e serviços de gestão fizerem parte do ecossistema da criação de uma smart city. Essas empresas devem integrar suas tecnologias, serviços e plataformas para oferecer uma experiência única, com benefícios diretos e indiretos à população, como melhor atendimento do serviço público, maior segurança para os moradores e turistas, incentivo a novos negócios e fortalecimento da economia local. Entretanto, a gestão da qualidade desses serviços é uma importante questão para que a cidade inteligente esteja pronta para auxiliar completamente a infraestrutura e a operação do município.
Por tratar-se de diversos serviços e tecnologias integradas, é fundamental que exista um gerenciamento da qualidade dessas aplicações digitais, como por exemplo, a mensuração de usabilidade, avaliando o nível de uso dos equipamentos e da gestão proativa de problemas em tempo real, e também da conectividade por meio do monitoramento da qualidade de rede e do sinal Wi-Fi.
Esse tipo de gerenciamento é responsável pelo suporte técnico remoto, gestão e resolução de problemas que acontecem no dia a dia, reduzindo os custos operacionais de manutenção e aumentando o tempo de vida da infraestrutura da cidade.
Além de melhorar o monitoramento e a gestão do município, com base na análise das informações e seu comportamento, a informação gerada por este tipo de tecnologia possibilita que gestores e cidadãos utilizem os recursos públicos de forma mais consciente.
A real inteligência das cidades começa por uma gestão de qualidade, capaz de direcionar corretamente os recursos, aumentando a eficiência dos serviços, a qualidade de vida e a satisfação da população. Uma verdadeira cidade inteligente está totalmente focada na geração de valor para o cidadão.

(Fonte: Helder Ferrão é Diretor Comercial & de Desenvolvimento de Negócios da ISPM, fornecedor líder na América Latina em software de gerenciamento e monitoração de serviços de Telecomunicações e Tecnologia).

Enterprise Mobility: O que é e por quê ficar de olho nesta tendência

Alexsandro Labbate (*)

Poucas palavras no mundo são tão relevantes hoje em dia como “mobilidade”

Desde o lançamento dos smartphones, da popularização da banda larga de internet e mesmo dos servidores na nuvem e de data clouding, acessar e processar informações de forma remota vem se tornando uma constante na vida de cada um de nós.
É importante ter em mente que essa verdadeira revolução da mobilidade também vem modificando e melhorando profundamente o modo como as empresas atuam nas mais diversas esferas. Um dos maiores impactos desse fato é a possibilidade de profissionais conseguirem realizar todas as suas funções mesmo estando em campo. Soluções de Enterprise Mobility, ou mobilidade empresarial, já são uma realidade em muitas empresas, particularmente em organizações prestadoras de serviços em campo.

O que é Mobilidade Empresarial?
Quando falamos no mundo dos negócios é quase impossível nos desprendermos da imagem de um ambiente onde muitas pessoas se reúnem para trabalhar: o escritório. Por muitos anos, esse local foi o principal quartel general de operação das empresas, onde as ações eram planejadas e realizadas e onde os grandes negócios eram fechados. No entanto, ir para o mundo além das divisórias da empresa sempre foi uma necessidade de profissionais de vários setores em todo o mundo, principalmente para aqueles que trabalham em empresas prestadoras de serviços em campo e executam serviços de instalação, manutenção ou reparo. Felizmente, o avanço da tecnologia móvel nos últimos anos permitiu que os trabalhos realizados em campo ganhassem muito mais consistência, agilidade e integridade. O principal fator que contribui para isso foi o avanço em soluções de mobilidade corporativa.
O conceito de Enterprise Mobility inclui uma série de soluções tecnológicas que visam aumentar a eficiência dos profissionais que precisam trabalhar em campo, e que possibilitem aos trabalhadores em campo contar com ferramentas e plataformas móveis que agilizam a execução de tarefas e melhoram o atendimento ao cliente. Essa nova capacidade de operar eficientemente remotamente, em campo, acarreta uma série de vantagens para empresas, profissionais e clientes.

Redução de custos
Contar com profissionais que não precisam dispor de uma grande e dispendiosa infraestrutura fixa significa, basicamente, que sua empresa está cortando custos. Afinal, não é segredo que a manutenção de um grande escritório demanda investimentos e gastos que vão desde a conta de luz e aluguéis, passando pela compra e manutenção de computadores, servidores e outros equipamentos diversos. Quando os profissionais estão aptos a atuarem munidos apenas de um tablet, celular ou mesmo um notebook, estamos falando em investimentos e custos de manutenção bem menores que os tradicionais. Além disso, as soluções de enterprise mobility viabilizam a execução de um maior número de tarefas por funcionário ou equipe por dia, reduzindo a necessidade de horas extras e de novas contratações.

Melhor comunicação
Pare um pouco e pense na sua rotina diária: como você faz para entrar em contato com o mundo, receber notícias ou mesmo conversar com amigos e parentes? Com certeza, você deve ter pensando em acessar a internet, usar redes sociais, visitar sites e chats. Nas empresas a mesma coisa acontece: com uma conexão com a internet é possível trocar muito mais que dados, é possível manter conversas, contatos e mesmo realizar reuniões e treinamentos por meio de texto, voz e vídeo. Além disso, informações coletadas em campo e compartilhadas com o resto da empresa, em tempo real, antecipam a resolução de tarefas em caso de dúvidas ou erros de execução. Da mesma forma, informações sobre o cliente, geralmente armazenadas no back-office, podem ser facilmente acessadas por funcionários em campo, possibilitando um atendimento mais personalizado e eficiente.

Otimize o tempo
Muitos gestores têm um velho temor de que, quando os funcionários não estão diante dos seus olhos, batendo ponto na entrada e na saída do expediente e entregando relatórios de atividades, eles perdem o foco no trabalho e comprometem sua produtividade. Mas a verdade é que, utilizando-se de soluções de mobilidade corporativa, é sim possível ter um amplo controle da jornada de trabalho e do avanço das tarefas realizadas por cada funcionário. É possível, por exemplo, criar uma agenda compartilhada ou um cronograma de atividades que podem ser aprimorados em tempo real e partilhados com todos os membros de uma equipe. Além disso, é possível monitorar o andamento das tarefas executadas por cada funcionário ou equipe de campo durante o expediente, visualizando assim o progresso, em tempo real, das operações diárias.

Monitore resultados
Entender como funciona a rotina da sua empresa e o dia a dia dos seus funcionários é importante. Mas é possível ir além e monitorar os resultados que estão sendo gerados pela sua empresa, minuto a minuto: tarefas executadas com sucesso, escassez de peças, visitas canceladas de última hora, metas de novas instalações estabelecidas e atingidas, tudo processado e compartilhado em tempo real, seja com o gestor que ficou na empresa ou com aquele funcionário que teve que executar uma manutenção emergencial no outro lado da cidade. Todas estes dados resultam em um histórico de informações sobre as tarefas, o expediente de trabalho de cada funcionário e equipe em campo e a operação de serviços como um todo, criando relatórios, planilhas e gráficos que contribuem para que sua empresa seja capaz de realizar um verdadeiro raio X em suas operações, detectando pontos fortes e fracos do seu negócio.
A adoção de soluções de entreprise mobility por empresas brasileiras está só começando, mas já é possível prever que dentro de pouco tempo será impossível imaginar como uma empresa prestadora de serviços em campo operava antes da difusão da mobilidade empresarial.

(*) É Gerente Sênior de Marketing da ClickSoftware para as Américas, líder no fornecimento de soluções para a gestão automatizada e otimização da força de trabalho e serviços em campo.

 
 
 
 
 
 

Mais artigos...

  1. Tecnologia 16/02/2016
  2. Tecnologia 13 a 15/02/2016
  3. Tecnologia 12/02/2016
  4. Tecnologia 11/02/2016
  5. Tecnologia 06 a 10/08/2015
  6. Tecnologia 05/02/2016
  7. Tecnologia 04/02/2016
  8. Tecnologia 03/02/2016
  9. Tecnologia 02/02/2016
  10. Tecnologia 30/01 a 01/02/2016
  11. Tecnologia 29/01/2016
  12. Tecnologia 28/01/2016
  13. Tecnologia 23 a 26/01/2016
  14. Tecnologia 19/01/2016
  15. Tecnologia 15/01/2016
  16. Tecnologia 13/01/2016
  17. Tecnologia 12/01/2016
  18. Tecnologia 09 a 11/01/2016
  19. Tecnologia 08/01/2016
  20. Tecnologia 07/01/2016
  21. Tecnologia 06/01/2016
  22. Tecnologia 05/01/2016
  23. Tecnologia 31/12/2015 a 04/01/2016
  24. Tecnologia 30/12/2015
  25. Tecnologia 29/12/2015
  26. Tecnologia 24 a 28/12/2015
  27. Tecnologia 23/12/2015
  28. Tecnologia 22/12/2015
  29. Tecnologia 19 a 21/12/2015_a
  30. Tecnologia 19 a 21/12/2015
  31. Tecnologia 18/12/2015
  32. Tecnologia 17/12/2015
  33. Tecnologia 16/12/2015
  34. Tecnologia 15/12/2015
  35. Tecnologia 12 a 14/12/2015
  36. Tecnologia 11/12/2015
  37. Tecnologia 10/12/2015
  38. Tecnologia 09/12/2015
  39. Tecnologia 08/12/2015
  40. Tecnologia 05 a 07/12/2015
  41. Tecnologia 04/12/2015
  42. Tecnologia 03/12/2015
  43. Tecnologia 02/12/2015
  44. Tecnologia 01/12/2015
  45. Tecnologia 28 a 30/11/2015
  46. Tecnologia 27/11/2015
  47. Tecnologia 26/11/2015
  48. Tecnologia 25/11/2015
  49. Tecnologia 24/11/2015
  50. Tecnologia 20 a 23/11/2015
  51. Tecnologia 19/11/2015
  52. Tecnologia 18/11/2015
  53. Tecnologia 17/11/2015
  54. Tecnologia 14 a 16/11/2015
  55. Tecnologia 13/11/2015
  56. Tecnologia 12/11/2015
  57. Tecnologia 11/11/2015
  58. Tecnologia 10/11/2015
  59. Tecnologia 07 a 09/11/2015
  60. Tecnologia 06/11/2015
  61. Tecnologia 05/11/2015
  62. Tecnologia 04/11/2015
  63. Tecnologia 30/10 a 03/11/2015
  64. Tecnologia 29/10/2015
  65. Tecnologia 28/10/2015
  66. Tecnologia 27/10/2015
  67. Tecnologia 24 a 26/10/2015
  68. Tecnologia 23/10/2015
  69. Tecnologia 22/10/2015
  70. Tecnologia 21/10/2015
  71. Tecnologia 20/10/2015
  72. Tecnologia 17 a 19/10/2015
  73. Tecnologia 16/10/2015
  74. Tecnologia 15/10/2015
  75. Tecnologia 14/10/2015
  76. Tecnologia 10 a 13/10/2015
  77. Tecnologia 09/10/2015
  78. Tecnologia 08/10/2015
  79. Tecnologia 07/10/2015
  80. Tecnologia 06/10/2015
  81. Tecnologia 03 a 05/10/2015
  82. A sua casa ainda será seu escritório
  83. A sua casa ainda será seu escritório (2)
  84. Tecnologia 01/10/2015
  85. Tecnologia 30/09/2015
  86. Tecnologia 29/09/2015
  87. Tecnologia 26 a 28/09/2015
  88. Tecnologia 25/09/2015
  89. Tecnologia 24/09/2015
  90. Tecnologia 23/09/2015
  91. Tecnologia 22/09/2015
  92. Tecnologia 19 a 21/09/2015
  93. Tecnologia 18/09/2015
  94. Tecnologia 17/09/2015
  95. Tecnologia 16/09/2015
  96. Tecnologia 15/09/2015
  97. Tecnologia 12 a 14/09/2015
  98. Tecnologia 11/09/2015
  99. Tecnologia 10/09/2015
  100. Tecnologia 09/09/2015
Outras Matérias sobre Tecnologia

 

Mais Lidas

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171