ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

A publicidade obsoleta no Brasil

Sim, o título é uma provocação para você ler esse artigo. Como deveriam ser todos os títulos de artigos de opinião. Mas não, não acho que a publicidade, em sua essência, tornou-se algo obsoleto nestas terras tupiniquins. Temos cada vez mais brasileiros, campanhas e agências brasileiras premiadas e respeitadas mundo afora, somos referência em algumas áreas e nosso segmento tornou-se relevante para o mercado como um todo

adnews abre

Celso Vergeiro (*)

Entretanto, apesar de criativos, mídias, planejamentos e atendimentos gastarem todo o seu talento pensando em melhores práticas para os clientes, eles ainda não têm conhecimento de ferramentas que podem transformar o próprio dia a dia, que mudam radicalmente o modus operandi de um mercado que deve encabeçar inovação em todos os aspectos.

Por exemplo: quantas agências de publicidade apostam em tecnologias que podem reduzir os custos de seus clientes com cópias de fitas beta? Ok, é o meu mercado de atuação e fica impossível não reforçar que a utilização da tecnologia de streaming de vídeo para distribuição de filmes publicitários às emissoras reduz em 80% os gastos de anunciantes.

Mas esse é só um caso. Existem outros, como por exemplo a utilização de programas como o Trello para dividir com o cliente o andamento das demandas. É gratuito e absolutamente inovador. Ou seja: as agências são empresas tanto quanto seus clientes e pensar em utilização de ferramentas que facilitem o dia a dia das duas pontas é também uma forma de criar algo novo, que impacte e mude as tomadas de decisão.

Vejo agências sempre buscando maneiras de oferecer algo além do tradicional trabalho de publicidade. Vejo os publicitários querendo se reinventar, propondo novos modelos de atuação, sugerindo diferentes práticas que melhorem o ROI dos anunciantes e apostando em diversas formas de remuneração. Tudo isso é essencial para que mostremos o real valor da prestação do serviço, mas insisto que nossa missão, nos tempos atuais, é resguardar a saúde financeira dos clientes.

Trata-se de uma análise que cada agência precisa fazer internamente. Por que não mostrar para seu cliente que você o ajudou a reduzir brutalmente as despesas utilizando uma nova tecnologia presente no mercado? Ganha-se a confiança de quem paga a conta, garante-se a lisura do processo, contribui-se para um mercado mais transparente, correto e evoluído.

Inovação nem sempre é criar uma campanha matadora, ganhadora de Leões. Inovação é também mostrar ao cliente que a agência se preocupa com cada real que ele gasta, seja para obter o melhor retorno de campanhas, seja para economizar no que se gasta com as jurássicas fitas beta.

Aqui defendo uma completa integração entre todas as áreas. É um chamamento para que os financeiros e jurídicos das agências se reúnam com os departamentos de compras dos clientes. Garanto: você vai reduzir as contas do anunciante e ele vai sorrir de orelha a orelha. Quer apostar?

(*) É CEO da AdStream, maior plataforma de armazenamentoe distribuição de conteúdo publicitário do mundo.


SAIBA COMO PROTEGER SEUS CONTRATOS DE CLOUD COMPUTING

Para proteger os contratos desde o início da contratação dos serviços o diretor da Master IT Fernando Henriques deixa cinco dicas fundamentais para evitar arrependimentos futuros.
1) Cuidado com custos adicionais
Certifique-se de que poderá mudar as classificações de usuário quando necessário. É comum que os provedores de SaaS tentem impor limites aos usuários estabelecendo o uso de apenas um tipo de serviço, ou seja, tudo o que o usuário necessitar a mais do que o esperado será pago a parte. A flexibilidade de alterações é crucial.
2) Garantia de descontos
Geralmente descontos progressivos são disponibilizados conforme o aumento no número de usuários. Entretanto na maioria dos casos os usuários beneficiados são apenas aqueles de um grade específico. Discrimine no contrato que ao alcançar o patamar necessário, todos os usuários sejam beneficiados com o desconto.
3) Contagem de usuários 
Verifique as condições em casos de sistemas separados para necessidades não produtivas como treinamentos e testes. Nesses casos confirme se a contagem de usuários e os custos adicionais não serão impactados com a ativação desses sistemas, considerados não produtivos.
4) Cláusula para novas aquisições
Não deixe de dedicar uma cláusula específica para proteger sua empresa em caso de mudanças funcionais e operacionais. Geralmente os fornecedores de SaaS vendem as licenças tendo como base o número de empregados da empresa. Se a companhia adquirir uma nova empresa, por exemplo, o número de empregados muda e, com ele, o preço da licença.
5) Auditoria regular
Para evitar a cobrança de usuários inativos implante um processo de auditoria que faça a limpeza de usuários desnecessários ou imprecisos. Dessa forma você conseguirá reduzir os custos no momento da renovação da licença. O cliente deve ter o direito de apurar os dados cadastrados, averiguar a necessidade da exclusão de usuários e regularizar a situação na renovação anual da licença.

 

NVIDIA lança GeForce GTX 980 Ti

A NVIDIA apresentará durante a Computex 2015, que acontece em Taiwain de 02 a 06 de junho, a mais recente integrante da família GTX: a NVIDIA GeForce GTX 980 Ti.
Com 6 GB de memória, núcleos CUDA suficientes para processar games em 4K, além de suporte à próxima geração DirectX 12 da Microsoft, a GTX 980 Ti em breve estará disponível no mercado brasileiro com preço a partir de R$ 3.900,00.
A NVIDIA também anunciará notebooks G-Sync e uma série de novos monitores com essa tecnologia. Novidades que os brasileiros logo terão acesso por meio dos parceiros Asus, Avell e MSI (www.nvidia.com.br).

 

GeneXus é convidado a desenvolver um app para o Apple Watch

Depois do sucesso com o app oficial de futebol no mercado mexicano e de receber destaque na seção “Featured Apps”, da Apple Store, a GeneXus International – empresa criadora de GeneXus, ferramenta de desenvolvimento de sistemas que permite criar aplicativos para as linguagens e plataformas mais populares do mercado, sem necessidade de programar – foi convidada a participar com um seleto grupo de desenvolvedores do laboratório de Apple com o objetivo de adaptar o aplicativo aos Apple Watch. Fabián Inthamoussu, especialista de GeneXus em iOS e membro da equipe de P + D de GeneXus, viajou de Montevidéu (Uruguai) a Londres (UK) e nos conta sua experiência.
Para Fabián, que há mais de 10 anos trabalha em GeneXus e, desde 2008, é responsável por tudo o que se relaciona ao gerador iOS, este convite junto com a oportunidade de trabalhar para o Apple Watch foi recebido com muito entusiasmo e curiosidade para saber como eram as instalações da Apple e a metodologia de trabalho.


Apps para curtir o Dia dos Namorados

img phone temporio

O Dia dos Namorados é associado a São Valentim, mártir cristão que viveu durante o século III. Nesse período, o imperador romano Claudio II proibiu os casamentos por acreditar que os homens solteiros e sem responsabilidades familiares eram melhores soldados. Valentim se opôs à decisão, concedendo as bênçãos matrimoniais a jovens noivos de forma clandestina.
No Brasil, a data passou a ser comemorada em 1949 como forma de homenagear os jovens casais. O dia 12 de junho foi escolhido por ser véspera de Santo Antônio, o santo casamenteiro.
Em pleno século XXI, a tecnologia também contribui com os casais apaixonados. Conheça alguns aplicativos que vão tornar o Dia dos Namorados muito mais especial.
Nesta data é comum os restaurantes estarem lotados. O Experiences não apenas possibilita fazer reservas em restaurantes TOPs, como também personalizar o que seria um simples almoço ou jantar. Com ele é possível escolher o local do restaurante onde você quer ficar, colocar sua foto e, com isso, a equipe do restaurante o receberá pelo nome como se fosse cliente há anos mesmo sendo sua primeira visita ao restaurante. Você também faz o pré-cadastro dos cartões de crédito e débito e o valor da conta será creditado ou debitado automaticamente, sem a necessidade do garçon levar a maquininha na mesa, aprimorando o atendimento e dando mais glamour à experiência! O app opera em iOS.
Prepare uma surpresa inesquecível para o amor da sua vida. Para que ele conheça um ponto turístico, volte a um local especial ou simplesmente vá ao restaurante que mais gosta, programe uma mensagem de carinho através do WiMMApp (Where Is MyMessage?). Será preciso estar exatamente no lugar onde você escolheu para que a mensagem seja aberta, proporcionando uma experiência única. Esta dica também vale para quem caprichou no presente, mas não quer entregá-lo de mão beijada. Use a criatividade e surpreenda.
Se quiser inspirar outros casais, então compartilhe os momentos gostosos que teve com seu amor no Weview, combinando texto e fotos. O aplicativo, gratuito para iOS, permite aos usuários avaliar locais, eventos, produtos, serviços e compartilhar as experiências com os amigos em uma rede social. Também é possível indicar locais e serviços e até mesmo criticar algo que você não curtiu.
Caso você seja daqueles que não sabe o que fazer ou como presentear, o Peixe Urbano te ajuda. Seja por meio do site ou pelo aplicativo, disponível para Android e iOS, não vão faltar ideias bacanas para agradar sua cara metade, e o que é melhor, a preços acessíveis. A gama de possibilidades é grande! Tem restaurantes, ingressos para shows, teatro, parques de diversão e cinema, viagens, serviços de beleza, aulas de dança, assinatura de revistas e muito mais.
Esperar em filas não é nada romântico. Com o KiiK, o estabelecimento, seja bar ou restaurante, avisa por mensagem quando sua mesa estiver liberada. Enquanto isso você curte sua companhia de maneira mais proveitosa. Além disso, o app também permite fazer o pagamento da conta. Assim, não se preocupe se a empolgação com a comemoração o fez esquecer a carteira em casa. Disponível para Android e iOS.
Nada de pegar trânsito, sofrer para achar uma vaga para o carro ou pagar caro pelo estacionamento, e ainda deixar de brindar com um belo vinho porque tem que dirigir depois. Com o Vá de Táxi é possível solicitar um táxi com agilidade e segurança e você se preocupa apenas com o que é essencial. O app está disponível para Android e iOS.

As 4 bombas de backup prontas para explodir

Ricardo Apud (*)

Backup é um caso único dentro do data center de hoje, porque a TI o usa todos os dias, mas ele raramente é convocado para desempenhar sua função principal: restaurar dados perdidos

Como resultado, CIOs podem negligenciar “bombas” de backup potencialmente desastrosas, porque esses problemas somente se tornam aparentes quando a TI precisa fazer a restauração. Se essas bombas não forem desarmadas, o data center corre sérios riscos.
A primeira delas é a integridade do próprio backup. Na Veeam, pesquisamos esse assunto em profundidade, mais recentemente em nosso Relatório de Disponibilidade de Data Center de 2014. Descobrimos que um em cada sete backups falha na recuperação quando ele é mais necessário. A melhor solução é testar todos os backups e suas recuperações associadas para garantir que, quando dados forem perdidos, o backup não exploda na cara da TI.
Mas não é isso que acontece, pois para muitos é uma “tarefa impossível”. De 20 organizações, 19 não realizam esse procedimento consistentemente. Isso significa que 95% das organizações de TI terão aquela experiência de falha de um em cada sete backups. Quase 15% dos seus backups são bombas apenas esperando para explodir.
A segurança do backup, ou a falta dela, cria outra bomba do data center. Especialistas de segurança de TI fazem um ótimo trabalho garantindo a segurança da superfície do data center quando ele está operando, mas os backups frequentemente são ignorados e o problema se torna muito maior do que simplesmente criptografá-los.
Se não for propriamente segura, a infraestrutura do backup pode servir como backdoor pelo qual um intruso pode passar completamente despercebido, independentemente das rigorosas políticas de segurança que as organizações trabalharam duro para implementar. Por exemplo, é muito comum para um administrador ter acesso completo a backups de e-mail de executivos, porque o software de backup que utilizam exige este privilégio para que possa recuperar itens individuais. Um administrador desonesto poderia causar muitos danos. Certifique-se de que os backups não sejam um backdoor inseguro.
Talvez a bomba mais assustadora seja a área de superfície desprotegida do data center. As empresas não podem recuperar o que não foi copiado. Existem muitas peças em movimento no data center moderno, devido a importantes avanços na virtualização e nos sistemas de armazenamento modernos, e é muito fácil criar um novo servidor ou um novo arquivo de dados. Tão simples, de fato, que é fácil esquecer de avisar aos administradores que esses novos dados existem e que precisam ser protegidos. Sem uma política clara e compreensiva em prática e visibilidade total do data center conforme ele cresce, partes grandes e potencialmente críticas de dados podem ser largadas andando em uma corda bamba sem nenhuma rede embaixo.
A última bomba tem a ver com opções limitadas de recuperação. Por exemplo, digamos que um executivo de vendas sênior precise restaurar um e-mail importante, deletado acidentalmente. Infelizmente, para fazer isso, a TI precisar restaurar um sistema inteiro apenas para recuperar esse pequeno pedaço de informação, o que vai levar horas - tempo que o executivo não tem. Faz sentido mover terabytes de dados para recuperar kilobytes do que realmente é importante? As empresas não têm tempo para isso hoje. Em um data center moderno, a TI deve ser capaz de restaurar itens individuais rapidamente.
As bombas de backup não aparecem imediatamente, por isso são tão traiçoeiras. É apenas uma questão de tempo antes que elas deixem as empresas na mão, e é garantido que elas vão fazer isso justamente em algum momento crítico. Na verdade, esse é o único momento em que elas se tornam aparentes, a não ser que sejam eliminadas metodicamente por meio de um processo consciente.
Perda de receita, da reputação do negócio e de clientes são apenas alguns dos riscos que essas bombas podem causar. E se a gerência de TI pisar em uma dessas “minas terrestres” de backup em um momento crítico, o resultado pode muito bem ser a perda de um emprego.
Essas bombas podem ser evitadas quando as empresas se comprometem em ter mais do que um backup simples, e em vez disso, abraçam o conceito de “disponibilidade” para o data center. Disponibilidade significa suportar o negócio sempre conectado com tecnologias que eliminam essas bombas. Além disso, disponibilidade é o que usuários e clientes de qualquer serviço de TI esperam. É hora de desarmar as bombas e armar o data center com disponibilidade.

(*) É Country Manager da Veeam Software para o Brasil.

Outras Matérias sobre Tecnologia

 

Mais Lidas

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171