ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

 
Abertura de-commerce exige cuidados contábeis

No ano passado, o comércio eletrônico brasileiro movimentou R$ 35,8 bilhões, alcançando 103,4 milhões de encomendas, com um tíquete médio de compra de R$ 347,00.

 

Para 2015, espera-se que o faturamento dê um salto nominal de 20% por cento, atingindo R$ 43 bilhões. Em 2014, o crescimento foi de 24%, e, em 2013, de 28%.
Turbulento para o varejo tradicional, o ano continuará aquecido no e-commerce, sobretudo nas vendas via dispositivos imóveis.Diante do volume de arrecadação em proporções gigantes, vê-se a necessidade da contratação de um profissional de contabilidade que também entenda de comércio eletrônico.
O “pacote básico” não difere muito dos demais, tendo o empreendedor a obrigação de ter CNPJ e optar pela modalidade de pagamento de impostos, seja como Micro Empreendedor Individual (MEI) ou como Simples Nacional. Na primeira opção, o valor da contribuiçãomensal é fixo, enquanto, na segunda, é pagauma pequena porcentagem do faturamento.
Dadas as definições acima, o comerciário deve optar pelo tipo de sociedade a ser estabelecida, como sociedade anônima, limitada ou em nome coletivo, por exemplo. O contrato social da empresa deve ser registrado na Junta Comercial local, e pode ser feito por profissionais da contabilidade.
Por envolver o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) nas ações de compra e venda, é necessário que se faça um registro na Fazenda estadual correspondente e aí, o registro do profissional de contabilidade também deverá ser informado. Ahomologação na prefeitura da cidade em que o comércio será instalado também é necessária.
Por falar em ICMS, devemos lembrar que a Câmara Federal aprovou, no final de abril,uma proposta de emenda à Constituição (PEC) que altera radicalmente sua forma de incidência nas operações de venda de produtos pela internet, por telefone ou em comércio não-presencial.
Atualmente, todo o recolhimento do ICMS do comércio eletrônico fica com os Estados de origem das lojas que fazem tal tipo de venda. A emenda altera progressivamente o recolhimento do imposto para o destino das mercadorias, onde a partir de 2019 todo o tributo ficará.
A medida vem em boa hora, pois acaba com a regra segundo a qual os Estados ricos, onde está sediada a maioria das lojas virtuais, retêm a arrecadação do tributo, promovendo,inevitavelmente,uma guerra fiscal entre entes da federação.

Fonte: Geuma Nascimento é mestra em contabilidade, professora universitária e sócia da TG&C – Trevisan Gestão & Consultoria.

 
Sistemas de gestão pagos versus gratuitos

À primeira vista pode ser tentador optar por uma versão gratuita de um sistema de gestão. Mas ao longo do tempo, aquela velha máxima de que o barato sai caro, pode se confirmar
Tatiana Maria da Rocha (*)

shutterstock 126958433-1
Ao escolher um sistema de gestão grátis, o usuário tem sim à disposição uma série de alternativas e funcionalidades. No entanto, essas versões trazem muitas vezes limitações em relação ao atendimento, não garantem segurança e importantes atualizações.

Atendimento

Um ponto em comum nos principais sistemas gratuitos do mercado é a falta de um atendimento às dúvidas e dificuldades dos usuários. Geralmente esses sistemas não oferecem mais do que um FAQ (Frequently Asked Questions) para enviar mensagens e, sem qualquer garantia de retorno.

Quando analisamos um sistema pago, o atendimento geralmente está no pacote contratado e as regras de atendimento são bem definidas. Analisar as diferenças entre o atendimento de uma solução e outra antes da contratação é muito importante, afinal, sua empresa não pode parar enquanto você aguarda a resposta da equipe de suporte do sistema.

Segurança

Outra questão importante e que deve ficar clara antes de optar por um sistema gratuito é que as informações de sua empresa não ficam necessariamente seguras. Antes de usar a aplicação, em muitos casos, você precisará concordar com um termo que permite que utilizem suas informações. Servidores estáveis e a continuidade do sistema também dificilmente são garantidos e na maioria dos casos as informações ficam instaladas localmente (no comutador de quem instalou o software); sem uma política de segurança bem definida.

Em aplicações contratadas e pagas você não precisa se submeter a assinar termos como este. Além de poder exigir algumas condições que são importantes para sua empresa.

Atualização

Alguns sistemas de gestão, principalmente os que são responsáveis por ações que envolvem leis, como a emissão de uma Nota Fiscal eletrônica, garantem atualização no caso de mudanças nas regras. Além disso estão em constante melhoria para atender novas necessidades dos empreendedores. Essa evolução constante é garantida em sistemas de gestão como o myrp, mas em poucos sistemas gratuitos; considere essa questão ao analisar a contratação de um sistema.

Preço

As soluções gratuitas certamente são muito mais atraentes analisadas do ponto de vista do caixa de sua empresa. Elas trazem a possibilidade de você testar, por tempo indefinido, sem desembolsar nada. Já as soluções pagas vão estar ali, mês a mês no seu Contas a Pagar. Mas além de analisar somente o preço é preciso levar em conta a relação de custo e benefício. Algumas soluções pagas custam menos de um real por dia e o que podem trazer de benefícios para a organização de sua empresa, não tem preço.

(*) É coordenadora de apoio ao cliente do myrp, o sistema de
gestão empresarial utilizado na comparação.

 
Mouse pad com efeitos de luz customizáveis

A Razer, líder mundial em dispositivos conectados e software para gamers, acaba de anunciar o Razer Firefly, mouse pad rígido e com a função de iluminação Razer Chroma, que permite ao usuário personalizar o produto com 16,8 milhões de cores e diversos efeitos de luz, como reativo, em ondas e cíclico.

mouse
Ideal para gamers, o Razer Firefly possui iluminação nas beiradas laterais e inferior e pode ser sincronizado com outros produtos da Razer que possuam a função Chroma.
Projetado com todos os recursos conhecidos pela Razer para alcançar alto desempenho durante os jogos, o Razer Firefly possui acabamento em microtextura que melhora o equilíbrio entre controle e velocidade. Além disso, sua superfície refletiva foi feita para garantir que os movimentos sejam precisos e respondam bem a manejos rápidos do usuário.
“O Razer Firefly inaugura uma nova categoria de produtos na família Chroma”, disse Min-Liang Tan, cofundador e CEO da Razer. “Desenvolvemos o Razer FireFly com os melhores componentes para um mouse pad focado em games e ainda incluímos a possibilidade de customização total de retroiluminação. Ninguém poderá dizer que não é possível vencer com estilo”.
O Razer Firefly se une a outros dispositivos habilitados à função Chroma, como os premiados mouses Razer DeathAdder Chroma e Razer Naga Epic Chroma, o teclado BlackWidow Chroma e o headset Kraken 7.1 Chroma. Todos esses produtos podem ser customizados com 16,8 milhões de opções de cores e uma série de efeitos selecionados via software Razer Synapse, que, entre outras funcionalidades, permite a sincronização dos padrões de luz (www.razerzone.com/).

 
Qual canal de relacionamento proporciona mais resultado?

Paulo Gastão (*)
Todos. A questão importante a ser exercitada é saber em que momento do relacionamento cada canal deve ser utilizado

A interferência da internet e, mais recentemente, dos Smartphones na vida das pessoas se tornou uma realidade sem a qual não conseguimos imaginar o cotidiano - de acordo com pesquisa da eMarketer, somente o Brasil tem 38,8 milhões de smartphones ativos e a projeção é que até 2018esse número seja de 71,9 milhões de aparelhos -, e o volume de dados acumulados em todas as esferas da vida contemporânea é quase esmagador.
A velocidade desses dados é outro aspecto que revolucionou a maneira como marcas e prestadores de serviço se comunicam com as pessoas, afetando completamente o consumo, já que a todo tempo estamos expostos a produtos, serviços, informações e pessoas. A fim de acompanhar essa mudança, as empresas de relacionamento com o cliente precisaram evoluir e pensar em soluções mais voltadas a CRM, utilizando diversos canais para a interação com o cliente e criou-se o conceito de multicanalidade, que é estar presente em todas as plataformas, sem deixar de lado os recursos humanos,permitindo que o cliente escolha o canal (email, carta, URA, sms,chat, contato telefônico) mais adequado para ele.
Com minha experiência de quase 30 anos no segmento de crédito e cobrança e varejo, acompanho diversas ações bem-sucedidas em diferentes áreas como varejo, escolas, concessionárias, planos de saúde e até igrejas. Comecei no mercado de relacionamentos com o doortodoor, contato nas ruascom pesquisas e fui testando novos métodos e utilizando os recursos da tecnologia para a evolução dos canais como o business analytics, que muito contribui para a higienização dos mailings, segmentação e modelagem de dados. O mais importante para que as ações de contato sejam efetivas, é fazer uma avaliação dos canais com o consumidor para identificar qual a opção mais eficaz para determinado produto ou serviço,levando em conta o custo e a taxa de retorno. É necessário conhecer o público-alvo e utilizar essas informaçõespara traçar a melhor estratégia de contato, sem esquecer a garantia de que ele seja tratado da mesma forma por todos os canais e que as informações não sejam difusas, independente da área de atuação.
Hoje em dia é sabido que as pessoas não ficam longe de seus aparelhos de celular, portanto os consumidores estão mais receptivos para esses contatos digitais, principalmente porque não interrompem as atividades diárias, garantem a privacidade e podem ser respondidos em qualquer momento do dia ou da noite, quando a pessoa tem maior tempo e interesse em resolver, inclusive aos finais de semana ou feriados. Por conta disso, oscanais digitais SMS e emailsão atualmente as melhores interatividades digitais do mercado, além de terem menor custo se comparado a um contato por pontos de atendimento com ligação telefônica. Essasmodalidades também permitemum controle detalhado da ação, desde a entrega até a abertura e interação, trazendo uma gestão do resultado em tempo real.A multicanalidade deve estar presente e outro canal interessante, cada vez mais utilizado como meio de comunicação entre as pessoas, é oWhatsappque tem melhor aplicação como canal de receptivo. Porém, para ações ativas de envio, ainda não é recomendado por se tratar de um meio empírico, indicado para pequenos grupos ou de uso individual, já que por ser gratuito conta com vários mecanismos que podem bloquear o uso e interromper o serviço.
Conduzimos todos os dias campanhas dinâmicas nos mais diferentes setores e canais e afirmo que sim, é possível realizar ações ativas e receptivas entendendo e praticando a melhor relação custo benefício. Você já perguntou para seu cliente por quais canais ele prefere se relacionar contigo? Estude seu banco de dados e pesquise junto a ele suas preferências de contato. Use e abuse dos recursos que as tecnologias oferecem a seu favor para afinar o relacionamento da empresa com o cliente.
Em uma realidade em que o contato é cada vez mais virtualizado, as empresas devem usar isso em benefício próprio para coletar dados e transformá-los em informações e conhecimentos que apoiarão no sucesso de seu negócio.

(*) É CEO e fundador da PG Mais Resultado, empresa de tecnologia que desenvolve produtos e soluções em canais de comunicação como carta, telefone, email, SMS, URA e o inédito business analytics, e tem mais de 20 anos de experiência no mercado de crédito e cobrança
(www.maisresultado.com.br).

Outras Matérias sobre Tecnologia

 

Mais Lidas

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/storage/0/5e/4e/jornalempresasenegoc/public_html/modules/mod_sp_facebook/mod_sp_facebook.php on line 84

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171