ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Dicas de como a comunicação unificada pode impulsionar a produtividade e a inovação

Nos últimos anos, muito tem se discutido a respeito da comunicação unificada (UC), a tecnologia que está redefinindo a maneira como os funcionários se comunicam, colaboram e trabalham. E o melhor: é acessível tanto para grandes corporações, quanto para pequenas e médias empresas

Transmissao temporario

Apesar da popularidade, a maioria das empresas ainda não aproveita tudo o que a tecnologia tem a oferecer e, por conta disso, a Jive by LogMeIn separou algumas sugestões sobre como a comunicação unificada pode impulsionar a produtividade e a inovação no local de trabalho.

1. Garante eficiência, mesmo quando trabalhando remotamente
O desejo de trabalhar remotamente está crescendo rapidamente. De fato, de acordo com as pesquisas, o trabalho remoto continuará ganhando força à medida que a tradicional cultura “das 9h às 18h” do local de trabalho muda.
Felizmente, a comunicação unificada permite que as empresas garantam a produtividade, não importa onde os funcionários estejam trabalhando. Se optarem por trabalhar em casa ou fizerem parte de uma equipe global, a UC pode garantir que exista uma plataforma única e confiável que facilite a comunicação e a colaboração entre equipes.

2. Garante maior produtividade
Com a UC, os funcionários e gerentes têm acesso a várias ferramentas de comunicação e colaboração. Os recursos de comunicação unificada, como mensagens instantaneas, ajudam a simplificar a troca de informações do dia a dia, permitindo a conexão informal entre os colegas. Além disso, ter um inventário centralizado para todos os seus documentos elimina a necessidade de rastrear colegas de trabalho e outros recursos.
Essas ferramentas mantém seus usuários no controle de seu tempo no local de trabalho e, além disso, tornam possível acessar colaboradores por meio de um único ramal, independente de onde estejam – no escritório, no trânsito, em casa, em viagem a trabalho –, garantindo que não percam mais nenhuma ligação importante.
Uma pesquisa recente da GoTo by LogMeIn, mostrou que 59% dos entrevistados disseram desperdiçar tempo alternando entre diferentes aplicativos de colaboração durante o trabalho e, por conta disso, a consolidação de ferramentas de UC e colaboração pode ser a solução para acabar com as distrações no ambiente de trabalho e aumentar a produtividade dos colaboradores. Elas também facilitam o trabalho remoto, o que faz 93% dos entrevistados de outra pesquisa sobre o assunto se sentirem ainda mais produtivos.

3. Reduz as despesas gerais da empresa
Apenas no último mês, o serviço de telefonia fixa perdeu 506,3 mil assinantes no Brasil, de acordo com as últimas estatísticas divulgadas pela Anatel. Em 2019, até o momento, a retração já totaliza 1,630 milhão de desconexões, enquanto o acumulado dos últimos 12 meses (até maio) mostra a perda de 2,981 milhões de assinaturas.
Ferramentas de colaboração e comunicação unificada utilizam a telefonia em nuvem, serviço que permite ir além e unificar todas as plataformas de comunicação empresariais, garantindo ligações ilimitadas por um valor único mensal. Também é possível migrar todo o PABX de uma empresa para a nuvem, livrando clientes de burocracias e custos extras com a compra e manutenção de PABX e equipamentos, já que o serviço é configurado diretamente na nuvem.
Esses são só alguns dos vários exemplos nos quais a UC ajuda na redução de custos para empresas. A comunicação unificada segue um modelo de SaaS (software como serviço), portanto não há necessidade de se preocupar com o investimento em equipamentos caros para instalar o sistema ou uma equipe para mantê-lo.
A produtividade sempre recebe um grande impulso quando encontra maneiras melhores e mais eficientes de alocar recursos. Quando não é preciso se preocupar com os custos indiretos tradicionais, como contas telefônicas, transporte e impressão de documentos, os fundos podem ser redirecionados para treinamento e marketing, por exemplo.

4. Tempo de resposta do cliente mais rápido
Os clientes são o coração de qualquer empresa e, por isso, encontrar maneiras de lidar de forma eficiente com suas preocupações é essencial. Provedores confiáveis de comunicação unificada oferecem oportunidades de integração de CRM para simplificar o gerenciamento dos clientes.
Com uma plataforma única e abrangente, que potencializa toda a comunicação e colaboração, não há mais alternância entre os aplicativos de mensagens. Não há como debater qual ferramenta de reunião usar para alcançar um cliente ou pesquisar o número de discagem correto de uma teleconferência anterior. Todos são alcançáveis da mesma maneira, do mesmo lugar e sem a sobrecarga cognitiva, garantindo que funcionários, simplesmente, produzam mais e melhor, em menos tempo.
Acabar com o excesso de distrações também torna possível estar sempre ciente das necessidades dos clientes e vice-versa, já que, por meio de uma única ferramenta, todos os dados podem ser acessados facilmente pelo cliente e pelos funcionários durante o monitoramento das atividades.

5. Facilita sintonia entre colegas
A produtividade no local de trabalho geralmente depende do bom relacionamento entre as equipes. Pode ser um desafio atingir esse nível de camaradagem dentro de organizações que empregam equipes dispersas geograficamente ou viajando. No entanto, com uma plataforma de UC instalada, todos os membros podem se comunicar facilmente usando uma única plataforma. Isso não apenas facilita a comunicação clara, mas também permite que os colegas se comuniquem mais naturalmente com ferramentas semelhantes àquelas que usam fora do trabalho, como as de mensagens instantâneas. Isso ajuda a desenvolver um relacionamento fácil entre os membros da equipe, o que cria um ambiente que incentiva o brainstorming, a troca de ideias e a coordenação de prazos.
A comunicação eficiente e colaborativa é necessária para o sucesso de qualquer empresa, mas requer as ferramentas certas. A Jive é parte do portfólio de comunicações unificadas e colaboração da LogMeIn, que possui soluções ideais para resolver esses problemas (https://jive.com/br/).

Compartilhe a cidade

VoomMexico S3A4077web-750x458 temporario

 

Foto: Airway - Uol

As principais metas dos jovens há trinta anos eram ter uma casa própria, um carro e constituir uma família. Atualmente, a maior preocupação é continuar e aprimorar os estudos, viajar, utilizar os seus recursos financeiros de forma mais consciente e investir em experiências com amigos e familiares. O perfil do consumidor foi se adaptando, gerando novos padrões culturais e tendências de consumo. Hoje a sociedade possui relação mais crítica e consciente com as empresas, e isso faz com que as marcas conversem de maneira mais assertiva com o público para atender os requisitos dos seus clientes em gerar uma economia mais compartilhada.
A evolução tecnológica gerou a oportunidade de criar um entendimento maior da diferença entre ter e apenas usufruir de um bem. O consumo compartilhado proporciona economia no valor de determinado serviço ou produto, que será alugado por um período de tempo, ao mesmo tempo que gera uma fonte de renda para quem está oferecendo o serviço, economiza tempo, e ajuda a viver de forma mais sustentável.
O smartphone é o maior responsável pelo crescimento dos serviços de compartilhamento por conta da facilidade em processar dados de pagamentos e de comunicação. Segundo a associação internacional de telefonia GSMA, o número de conexões por meio de smartphones atingiu 417 milhões no final de 2017, representando 62% do total na América Latina e Caribe. A expectativa para 2025 é que esse índice atinja 78%.
Hoje é possível alugar uma bicicleta para ir até o trabalho, compartilhar um carro em uma viagem, se hospedar na casa de moradores de uma outra cidade para passar o fim de semana, dividir o escritório com outras empresas ou reservar um helicóptero compartilhado para ajudá-lo a economizar tempo entre os compromissos.
A cultura de compartilhamento é uma tendência mundial de consumo que tem a expectativa de movimentar US$ 335 bilhões mundialmente em 2025, segundo pesquisa da consultoria PWC. No Brasil, a estimativa é de crescimento – principalmente no Produto Interno Bruto (PIB) do setor de serviços. Só o compartilhamento de casas no País foi responsável por gerar R$ 2,5 bilhões do PIB brasileiro em 2017.
O consumo compartilhado permite que as pessoas usufruam de serviços e bens com muito menos capital. É também uma forma de aprender a empregar o capital com mais eficiência e de como utilizar bem o tempo disponível, melhorando a própria qualidade de vida. Trata-se de um consumo colaborativo e político, tem mais a ver com acesso do que a posse de recursos.
A Voom, líder global em mobilidade urbana aérea, desenvolveu uma tecnologia de reserva de assentos, que permite oferecer o serviço de reserva de helicóptero compartilhado mais acessível de São Paulo. Por meio do site ou do aplicativo, os passageiros podem reservar um voo em até uma hora e chegar em poucos minutos até o destino final. Além disso, a Voom consegue oferecer voos com preços até 80% menores que as operadoras de táxi aéreo tradicionais. Esta nova opção de serviço abriu um novo mercado, demonstrado pelo fato de que 50% dos passageiros da Voom voaram pela primeira vez por meio da plataforma. Como resultado, a Voom está democratizando as viagens de helicóptero nas cidades mais congestionadas do mundo, além de estimular um ecossistema que ajudará a viabilizar as cidades verticais do futuro.

(Fonte: Olivier Capoulade é country manager da Voom no Brasil desde o lançamento das operações da plataforma em São Paulo, em 2017.)

 
 
Outras Matérias sobre Tecnologia

 

Mais Lidas

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/storage/0/5e/4e/jornalempresasenegoc/public_html/modules/mod_sp_facebook/mod_sp_facebook.php on line 84

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171