ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Porque o "ego" das grandes empresas matam tantas iniciativas de inovação

O ego é uma das coisas que mais matam iniciativas de inovação nas grandes empresas. Um dia desses, eu estava jantando com um amigo que trabalha em uma dessas empresas. Nosso objetivo era conversar sobre um produto para inovação

img3 temproario

"Infelizmente a liderança de algumas empresas ainda contém um ego gigante
e quer ser o centro ou o idealizador de qualquer iniciativa." Foto: IT Forum 365

Thiago Lima (*)

No início da conversa, eu expliquei que o processo de inovação depende basicamente de experimentação e de muito aprendizado via feedbacks de usuários, e que por isso, o ideal era utilizar métodos de Design Thinking, MVP, Lean Startup, entre outros.
Durante nosso papo disse para ele que primeiro precisamos entender qual o problema que queremos resolver e validar se isso é um questão real de mercado com o público alvo. Porque, só assim, vamos entender a tração do projeto. Então ele me disse: "Eu já sei o problema que queremos resolver e o que quero no produto". Nesse momento ele abriu o seu caderno e me mostrou uma lista de funcionalidades. Confesso que fiquei impressionado com a tamanha certeza dele sobre o que precisava ser o produto. Fiquei lembrando de muitas iniciativas de grandes empresas que nascem da mesma forma e falham pouco tempo depois.
Depois disso, comecei a fazer alguns questionamentos sobre a visão do produto, por exemplo: "Qual a persona que utilizará ou qual será o público alvo?", e ele me respondia de forma genérica, focando apenas nas funcionalidades. Então eu disse para ele que aquilo não tinha nada de inovação, pois não existiam incertezas e não havia espaço para experimentação.
Após conversarmos mais sobre o assunto conclui que muitas empresas ainda não estão adaptadas aos novos modelos de inovação e ainda não aderiram ou começaram a tomar medidas para uma transformação digital. Infelizmente a liderança de algumas empresas ainda contém um ego gigante e quer ser o centro ou o idealizador de qualquer iniciativa. No final eles não aceitam "desapegar" de suas ideias, e isso é o motivo de muitos projetos de inovação morrerem no meio do caminho.
É muita arrogância achar que sabe tudo sobre seu mercado, pois sempre terá uma informação nova que pode ser essencial para evolução. Talvez exista uma pressão tão grande nesses profissionais que isso provoca a falta de uma cultura de experimentação ou que permita erros e aprendizados.
Uma coisa posso garantir, quando lidamos com inovação NÃO EXISTE:
• Bola de cristal
• Garantia de sucesso
• Atalho
Em resumo, mesmo com tantos discordâncias, consegui comprovar que a mentalidade dele não estava certa e que ele teria que voltar a estaca zero.
O resultado do jantar foi muito positivo, pois ficou claro que o novo produto não se tratava apenas de uma lista de funcionalidades e que o primeiro passo era identificar um problema real de mercado a ser resolvido. Tudo isso utilizando técnica de experimentação, validação de hipóteses e análise de comportamento de usuários. Afinal, para ter sucesso no mundo digital é necessário uma estratégia completa. Acredito que com o tempo, muitos executivos vão mudar seu modo de pensar sobre projeto de inovação e quando isso acontecer, as empresas serão mais abertas para novos conhecimentos e terão melhores resultados!
Se transformar digitalmente é uma questão de sobrevivência para as grandes empresas, e não somente uma estratégia de melhoria.
Se você é líder em uma grande empresa, recomendo uma reflexão para verificar se os seus pensamentos fixos ou o seu ego não estão matando as iniciativas de inovação da sua empresa e se você não está impedindo um avanço para transformação digital. Além disso, indico a leitura do livro "A estratégia do Oceano Azul", de W. Chan Kim.

(*) É CEO da LinkApi.

Apps que ajudam o pequeno varejista na gestão do negócio

O mobile já faz parte do dia a dia do brasileiro, seja para se comunicar, postar fotos ou acompanhar a dieta. Na gestão dos negócios, os apps e plataformas também estão cada vez mais presentes e ajudam pequenos e médios varejistas. A utilização de tecnologia traz diversos benefícios para a empresa, principalmente o aumento das vendas (59%), melhorias no atendimento ao cliente (45%) e maior satisfação do cliente (42%), é o que demonstra um levantamento realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).
E, agora, com o mobile ganhando mais espaço, é possível fazer tudo pelo celular. Existem no mercado aplicativos - alguns gratuitos - que podem ajudar o varejista com os processos administrativos e com a rotina diária da loja. Confira:

Contabilizei
O app propõe a automatização da contabilidade, com emissão de notas simplificada, gerenciamento de notas fiscais de entrada, folhas de pagamento e pró-labore, além do controle da movimentação bancária e disponibilização dos impostos. Com mensalidades a partir de R$ 89,00.
https://www.contabilizei.com.br
Disponível para Android e iOS.
Millennium Classic
Este aplicativo é exclusivo para o segmento de confecção e moda e oferece aos pequenos e médios varejistas o controle dos processos produtivo, de distribuição, financeiro e fiscal, por meio de ferramentas como planejamento de necessidade de compras, pedido de compra automático, planejamento de produção e distribuição de estoque.
http://www.millennium.com.br/
Disponível para Android e iOS.

Solução Casting
O app oferece uma solução para a gestão de funcionários do varejo, com ferramentas para agilizar e melhorar a contratação e o treinamento dos funcionários.
https://www.solucaocasting.com.br/
Disponível para Android e iOS.

SouLojista
Este app facilita o dia a dia corrido dos varejistas, tornando a compra de produtos mais fácil e rápida, pois todo processo é feito online - são mais de 10 mil itens, sendo 7.000 de vestuário com as últimas tendências da moda, preço de fábrica, entrega imediata e pagamento facilitado. O SouLojista ainda oferece benefícios exclusivos como: “Troca fácil” - o lojista pode trocar os produtos - caso eles não tenham saída na loja - em até 60 dias (o comércio eletrônico trabalha com prazo de 7 dias); “Liberdade de escolha” - o pedido mínimo é R$ 500,00 sem restrições à quantidade e modelo das peças com a comodidade de comprar de vários fornecedores em um único pedido; “Pagamento facilitado + crediário próprio” - forma de pagamento: cartão de crédito com parcelamento em até 5x (para parcelas de R$200,00), transferência bancária, boleto à vista ou à prazo - com opção de crediário próprio e negociação personalizada.
https://www.soulojista.com.br/
Disponível para Android.

Web Automação
O Web Automação é um software de gestão que engloba controle de mesa e de estoque, além de adequações fiscais e PDV móvel. Por meio dele, é possível acompanhar as vendas, o fechamento do caixa, o estoque e o controle financeiro da loja, em tempo real.
https://webautomacao.com.br/
Disponível para Android.

Com dez franquias diferentes, plataforma transforma conhecimento em prática com 30 dias grátis

A Perennials, plataforma online de mentoria em negócios, estreou no início de maio, com conteúdos relevantes para profissionais, estudantes e empresários se manterem atualizados a respeito de tudo no mundo dos negócios. Os vídeos postados diariamente trazem cases consagrados, como da Coca-Cola, Itaú e Starbucks.
A plataforma oferece informações atualizadas e análises sobre business que servem como bússola para orientar assinantes. Ao todo, 10 franquias transformam conhecimento em prática e ajudam a dar novas perspectivas sobre o que acontece de mais relevante na atualidade.
Entre elas, estão franquias Capital Humano, On The Road, 50 Mandamentos do Marketing, Diário de um Consultor e Lighthouse Business, na qual Francisco Madia, mentor da Perennials, produz vídeos diários. A Perennials contará com outros mentores fixos e convidados, além de Madia.
Para começar a se conectar, a plataforma oferece 30 dias grátis, permitindo aos assinantes terem acesso exclusivo aos conteúdos disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana, e podem ser assistidos pelo usuário quando e onde quiser. Após o período de gratuidade, será cobrada a mensalidade de R$58,00 pela assinatura individual (https://www.perennials.com.br/).

 
 
 
 
 
 
 
Outras Matérias sobre Tecnologia

 

Mais Lidas

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171