ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Resolva o seu passado

Eliana Dutra (*)

Que é primordial focar nas metas profissionais e em um novo estilo de liderança para se adaptar ao cenário de trabalho em constante transformação, todo mundo sabe.

Contudo, muitos não se dão conta que há um fator importante nessa equação: o passado. Muitos preferem escondê-lo, outros buscam esquecê-lo e alguns acham que levantarmos esse tema é coisa de cartomante: o que você quer? Passado, presente ou futuro. Nada
disso! O que hoje quero mostrar para vocês é que o passado às vezes é algo tão presente nas nossas vidas que acaba influenciando em nossas decisões profissionais para melhor ou pior.

Imaginemos, então, a vida como uma estrada e nela você caminha carregando uma mochila. Ao encher a sua mochila de coisas do
passado não resolvidas e que você lembra a todo o momento, isso ocupa um espaço considerável na sua vida, não permitindo que as boas coisas entrem e que lembranças positivas sejam criadas. Ou seja, a mochila fica pesada demais e, consequentemente, a
caminhada mais difícil.

Logo, para você ter espaço nessa sua “mochila da vida”, torná-la
mais leve e, consequentemente, para crescer em um novo emprego e/ou carreira, é preciso se desapegar do emprego ou carreira anterior. Ou seja, não só abandonar velhos hábitos como também adotar comportamentos diferentes diante de situações e obstáculos que provavelmente irão surgir. A empresa de onde você saiu tinha uma
cultura diferente? Você precisa se adaptar, não adianta ficar saudoso.

Mas, para fazer esse movimento é preciso primeiro que você resolva o seu passado. E, claro, você não é obrigado a solucionar todas as questões, mas deve resolver principalmente aquelas as quais sente que são realmente um peso e que de certa forma influenciam suas ações e comportamentos atualmente. Nesse momento você deve estar se perguntando: como fazer isso? Como saber quais pontos do meu passado eu preciso resolver?

A primeira coisa a fazer é listar todas as situações do seu passado que te incomodam, como por exemplo, aquele comentário que uma pessoa fez um dia na festa do trabalho, você riu, mas te magoou; ou aquele feedback que recebeu do chefe, que você ouviu, mas não entendeu direito. Mas, ele era seu superior, então engoliu.

Uma vez a lista concluída, eleja aqueles pontos que realmente farão diferenças se você resolver. Por fim, busque de fato solucionar essas questões, como dizendo ao chefe como você se sentiu quando recebeu aquele feedback. É claro que você encontrará pessoas que não irão querer conversar, mas você fez a sua parte e isso, acredite, esvazia a sua mochila e você perceberá que a caminhada para aquele futuro profissional tão almejado se tornará bem mais fácil.

(*) - É CEO da ProFitCoach, Master Coach Certified pela International Coach Federation (ICF) e Sócia-fundadora do Grupo Nikaia.

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171