ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Humor

Cena da comédia Engolindo Sapo pra um dia comer Perereca.

Entrando em seu sexto ano consecutivo em cartaz, o espetáculo solo de humor “Engolindo Sapo pra um dia comer Perereca” intercala momentos de “cara limpa” com personagens inusitadas

Renato Scarpin retrata, de forma hilária, situações cotidianas do mundo moderno. Escancara a tragicomédia de pagar impostos no Brasil e usar serviços eletrônicos, além das diversidades e idiossincrasias das relações entre casais, amigos, família, chefes ou funcionários, enfim, a intrigante relação humana. A novidade para 2015 é mais um personagem: agora, além dos três personagens que já existiam, Mohamed (terrorista árabe que só se dá mal no Brasil), Nicanor (idoso que sofre com as tecnologias atuais) e Marigreides (secretária do lar que só faz confusão e enlouquece os patrões) -, o espetáculo conta com o “Sapo Barbudo da Cantareira”! Isso mesmo, é um sapo que mora na Cantareira e está sofrendo com a falta d´água em São Paulo e com os problemas políticos atuais.

Serviço: Teatro Maria Della Costa, R. Paim, 72, Bela Vista, tel. 3256-9115. Sábados às 21h30 e domingos às 19h30. Ingressos: R$ 50 e R$ 60. Até 26/07.

REFLEXÃO

O poder
Não deplores a função ou tarefa humilde, na qual te encontras edificando o futuro.
Todas as realizações, por mais grandiosas, não dispensam a participação das aparentes e pequenas contribuições que, em última análise, lhes são fundamentais.
A melhor engrenagem pode desarticular-se quando alui modesto parafuso.
A maquinaria mais sofisticada estrutura-se com o mineral transformado, antes sem outra serventia.
Todas as tarefas que promovem a vida são de relevante significado.
Não é a função que dignifica o homem, mas este quem a enobrece.
Realiza, desse modo, o teu dever, com a consciência de que ele é de suma importância no concerto geral da vida.
O fastígio e o poder são compromissos graves para aqueles que os detêm.
O fastígio facilmente leva à queda, sob as circunstâncias em que se apresenta e as facilidades de que se reveste.
O poder, quase sempre, leva à corrupção, face à transitória posição de que se faz cercar, com perigos e gravames.
O verdadeiro poder é o do amor, aquele que vem de Deus, que faz homens fortes em qualquer função, e dignos, íntegros, em todas as atividades.
Faze a tua parte com o poder do amor e segue, feliz, até a tua vitória final.

(De “Episódios Diários”, de Divaldo Pereira Franco, pelo Espírito Joanna de Ângelis).

Memórias

Cena de O Jardim.

Em uma reflexão sobre as memórias perdidas e a doença de Alzheimer, a Cia. Hiato encena a peça “O Jardim”. Com direção e dramaturgia de Leonardo Moreira, a montagem narra três histórias que se sobrepõem, embora passem em diferentes tempos e espaços. Um jardim metafórico une as memórias perdidas, as que não podem ser apagadas e as que foram imaginadas. Com, Cia. Hiato.

Serviço: Tusp (Teatro da Universidade de São Paulo), R. Maria Antônia, 294, Vila Buarque, Centro, tel. 3123-5233. De quinta a sábado às 21h e aos domingos às 19h. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia). Até 26/07.

TRAJETÓRIA

Em homenagem ao bailarino e coreógrafo japonês Kazuo Ohno (1906-2010), acontece a exposição Dispositivo Ohno. A mostra apresenta fotografias e vídeos ligados à sua trajetória artística, além de livros, jornais e documentos diversos sobre o bailarino.

Serviço: Sesc Vila Mariana, R. Pelotas, 141, tel. 5080-3000. De terça a sexta das 10h às 21h30, sábados das 10h às 20h30 e aos domingos das 10h às 18h30. Entrada franca. Até 02/08.

A briga

No infantil Confusão no Jardim o senhor Samambaia precisa da ajuda de todos para descobrir porque o Cravo brigou com a Rosa. Junte-se a nós nesse jardim encantado e faça parte dessa grande confusão!. Com, Alexandre Battel, André Lessa, Érica Carvalho, Felipe Lima, Kaíque Maltezzi, Patrick Cajaíba, Paulo Serrati e Tonny Aquino.

Serviço: Teatro Bibi Ferreira, Av. Brigadeiro Luis Antônio, 931, Bela Vista, tel. 3105-3129. Domingos às 11h. Ingresso: R$ 40. Até 30/8.

Família Pig

Família Pig

No infantil Aventuras Pig, Os porquinhos mais queridos de todos! aparece um porquinho malvado que promete estragar os planos da família feliz Pig? Uma aventura cheia de surpresas e com belas mensagens positivas para todos, onde as crianças e adultos saberão, incluindo o Porquinho Mau, que o bem sempre vence em qualquer situação. Um lindo espetáculo com músicas encantadoras, com belíssimo cenário baseado em uma floresta e o carrinho e a casinha da família Pig, baseado no desenho que tanto faz sucesso com as famílias do mundo todo.

Serviço: Teatro UMC, Av. Imperatriz Leopoldina, 550, Vila Leopoldina, tel. 2574-7749. Domingos às 11h. Ingresso: R$ 50. Até 02/08.

Stand-up

A peça Geraldo Magela, O Melhor do Ceguinho apresenta o melhor do melhor texto de todos os tempos, ao longo de 25 anos, mas também tem surpresas e novidades”, afirma Magela, que fez um apanhado geral de seus shows apresentados no Brasil e no exterior. Com um afiado humor e agilidade de raciocínio, Geraldo Magela apresenta uma divertida análise da cultura brasileira e de situações do cotidiano que geralmente passam despercebidas pelas pessoas. Popularmente conhecido por “Ceguinho”, o humorista também apresenta situações engraçadas vividas por quem é cego.

Serviço: Teatro Bibi Ferreira, Av. Brigadeiro Luis Antônio, 931, Bela Vista, tel. 3105-3129. Sábados às 23h59. Ingresso: R$ 50. Até 25/07.


Dança

A música ao vivo estimula dois intérpretes a revelar sentimentos e sensações numa gestualidade espontânea, imprevisível, expressando momento exclusivo. “Corpo no Baile” também é uma metáfora do cotidiano, que indaga: com qual corpo e de qual baile queremos fazer parte?

Serviço: Sesc Bom Retiro, Alameda Nothmann, 185, tel. 3332-3600. Sextas (17 e 31) às 19h. Entrada franca.

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171