ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Musical “Urinal”

Rodrigo Lombardi

No musical Urinal, uma seca de 20 anos causa uma enorme falta de água que faz com que não existam mais banheiros particulares. Assim, leis severas garantem que o povo pague para fazer xixi. Tudo caminha bem até que o jovem Bonitão inicia uma revolta popular que pode mudar o destino de todos. Com Rodrigo Lombardi.

Serviço: Teatro do Núcleo Experimental, R. Barra Funda, 637, Barra Funda, tel. 3259-0898. Segundas, sextas e sábados às 21h e domingos às 20h. Ingressos: sextas e segundas, R$ 60 e sábados e domingos, R$ 80. Até 14/12.

REFLEXÃO

AGRADEÇAMOS SEMPRE.

“Dando sempre graças a Deus por tudo, em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo...” – Paulo. (Efésios, 5:20.) Muita gente pergunta como se pode render graças a Deus pelas dores que sacodem a vida; entretanto, basta leve reflexão para que venhamos a reconhecer a função renovadora do sofrimento. Atravessaste longo período de enfermidade, da qual te refazes, dificilmente, e, se ouvires a própria consciência, perceberás que a moléstia física foi socorro valioso para que te não arrojasses a tremendas lutas de espírito. Foste surrupiado na vantagem financeira que te colocava em destaque no trabalho que te assegura à subsistência, e, se meditas severamente no assunto, observarás que a suposta humilhação te livrou de compromissos perigosos e arrasadores. Perdeste recursos materiais que apenas te acrescentariam o reconforto desnecessário, no carro da própria existência, e, se te deres ao exame desapaixonado da própria situação, verificarás que alijaste o peso dourado de enfeites suntuosos que te fariam, provavelmente, a vítima de criminosos assaltos. Amargaste a deserção do amigo em cujo afeto depositavas a maior esperança, e, se estudares a ocorrência, com plena isenção de ânimo, concluirás que o tempo te libertou de um laço impróprio, que se transfiguraria, talvez, de futuro, em pesado grilhão. Não te confies às aparências. Louva o céu azul que te imprime euforia ao pensamento, mas agradece, também, a nuvem que te garante a chuva, mensageira do pão. Mesmo que não entendas, de pronto, os desígnios da Providência Divina, recebe a provação como sendo o melhor que merecemos hoje, em favor do amanhã, e, ainda que lágrimas dolorosas te lavem a alma toda, rende graças a Deus. Livro Palavras de Vida Eterna – F.C. Xavier.

Estreia

Cena “De Dionísio Para Koré”.

No dia 14 de novembro, sábado estreia o espetáculo “De Dionísio para Koré”. Do encontro com a obra Júbilo, Memória, Noviciado da Paixão, de Hilda Hilst, o diretor Marcelo Marcus Fonseca criou 42 poemas sintéticos que contam a trajetória de Koré (Perséfone jovem), seduzida por Dionísio e transformada nele próprio para devolver-lhe a dor. Escrito em três dias, o livro busca o ponto de vista do Deus grego despedaçado e renascido, em diálogo constante com a obra de Hilst.O espetáculo é uma aventura pela dança e pelo ritual, estabelecendo uma relação mística com a plateia em busca da celebração dos mistérios de Elêusis e Delfos. Com Francisco Silva, Elena Vago, Vinicius Árabe, Gabriela Morato, Marcelo Marcus Fonseca, Luciana Fernandes, Matheus Campos, Guilherme Ciccotelli,Valcrez Siqueira, Anna Alvez, Victoria Cavalcante, Thais Telles, Mateus Bruza, João Costal, Silvia Maciel e Felipe Samorano.

Serviço: Teatro do Incêndio, R. Treze de Maio, 53, Bela Vista, tel. 2609-3730. Sábados às 21h e domingos às 20h. Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (meia). Até 13/12.

Musical “O Meu Lado Homem, um Cabaré d’Escárnio”

Baseado na obra “Cartas de um Sedutor”, de Hilda Hilst, o musical “O Meu Lado Homem, um Cabaré d’Escárnio” mostra um anti-herói transgênero, de salto, pornográfico e poético que é apresentador de um cabaré decadente. Com acompanhamento de uma banda ao vivo, a figura relembra fatos de sua vida.

Instituto Cultural Capobianco, R. Álvaro de Carvalho, 97, Centro, tel. 3255-8065. Terças e quartas às 21h. Entrada franca. Até 16/12.

VIDA NOVA

No drama A Ponte, Marcos, jovem empresário, é demitido de seu emprego e, ao chegar mais cedo em casa, descobre que sua namorada, Anita, o está traindo com outro homem. Revoltado, expulsa ela de seu apartamento e, deprimido, resolve pular de uma ponte. Contudo, pouco antes de se matar, um mendigo intervém, oferecendo-lhe uma chance para recomeçar: propõe trocarem de vida. Marcos aceita e, desta forma, um passa a ser o protagonista da vida do outro. Numa reviravolta, o Mendigo revela-se como sendo o antigo amante de Anita; e Marcos, cansado de morar nas ruas e almejando sua vida de volta, entra em conflito com aquele que a assumiu. Em meio a toda essa confusão, Ricardo, jovem embebido de um amor platônico por Anita, surge como pimenta adicionada a este caldo efervescido. O resultado é um emaranhado de intrigas e conflitos, resoluções e novos caminhos, na maior prova de que a vida é, de fato, regida por nossas escolhas.

Serviço: Teatro do Ator, Praça Roosevelt, 172, Consolação, tel.3257-3207. Sábados às 21h30. Ingresso: R$ 40. Até 28/11.

“Cidade Desterrada”

“Cidade Desterrada” com o grupo Pombas Urbanas.

O Grupo Pombas Urbanas estreia o espetáculo teatral “Cidade Desterrada”. A montagem é fruto da vivência no bairro paulistano Cidade Tiradentes, onde o grupo tem sua sede, há 10 anos. O espetáculo tem início com a chegada dos Encantados, seres cósmicos e imaginários que representam a força ancestral da comunidade que ali vai existir. Um grande bairro popular cresce nesse lugar repleto de histórias de vida e de lutas por trabalho, comida, saúde, transporte. Logo chega uma trupe de teatro que interpreta as histórias dessa população desterrada. Juntos, artistas e comunidade descobrem que para criar o futuro é preciso cultivar a memória e celebrar a vida.Com Adriano Mauriz, Cinthia Arruda, Juliana Flory, Marcelo Palmares, Marcos Kaju, Natali Santos, Paulo Carvalho e Ricardo Big, entre outro.

Serviço: Centro Cultural Arte em Construção, Av. dos Metalúrgicos, n° 2100, Cidade Tiradentes, tel. 2285-7758. De terça a sexta às 15h e às 20h e aos sábados às 20h. Entrada franca. Até 04/12.

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171