ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

“Só”

so abre

Trabalhando com a técnica do teatro de objetos, a peça “Só” é fruto de um intercâmbio com os grupos Gare Centrale (Bélgica) e Casa Degli Alfieri (Itália), dois expoentes mundiais desse método, além da colaboração de diversos artistas de diferentes estados brasileiros

Em “Só”, objetos inanimados ganham vida, como é comum da técnica usada. No entanto, o grupo fez no espetáculo algo que já havia feito em seu teatro de bonecos: quebrar o espaço da mesa e, com isso, provocar outra relação do ator com seus materiais e com o público, deixando de ser narrador e passando a ser personagem naquele universo. O roteiro da peça é baseado em Amerika, ou O Desaparecido, romance inacabado de Franz Kafka. O texto trata da estória de um rapaz alemão que, ao engravidar uma empregada, é expulso da casa dos pais e enviado aos Estados Unidos. No espetáculo do grupo Sobrevento, encontramos a atmosfera da obra de Kafka, marcada por fraqueza, vulnerabilidade, insegurança, fragilidade e sonhos de pessoas que estão em busca de algo que não poderão alcançar. Com Daniel Viana, Liana Yuri, Maurício Santana, Sandra Vargas e Sueli Andrade.

Serviço: Espaço Sobrevento, R. Coronel Albino Bairão, 42, Mooca, tel. 3272-9684. Sábados às 20h e domingos às 18h. Entrada franca.

REFLEXÃO

AÇOITANDO O AR.

“Eu por minha parte assim corro, não como na incerteza; de tal modo combato, não como açoitando o ar”. – Paulo. (I Coríntios, 9:26.)
Definindo o trabalho intenso que lhe era peculiar na extensão do Evangelho, disse o apóstolo Paulo com inegável acerto: - “Eu por minha parte assim corro, não como na incerteza; de tal modo combato, não como açoitando o ar”.
Hoje como ontem, milhares de aprendizes da Boa Nova gastam-se inutilmente, através da vida agitada, asseverando-se em atividade do Mestre, quando apenas simbolizam números vazios nos quadros da precipitação.
Possuem planos admiráveis que nunca realizam.
Comentam, apressados, os méritos do amor, guardando lamentável indiferença para com determinados familiares que o Senhor lhes confia.
Exaltam a tolerância, como fator de equilíbrio no sustento da paz, contudo se queixam amargamente do chefe que lhes preside o serviço ou do subordinado que lhes empresta concurso.
Recebem os problemas que o mundo lhes oferece, buscando o escape mental.
Expressam-se, acalorados, em questões de fé, alimentando dúvidas íntimas quanto à imortalidade da alma.
Exigem a regeneração plena dos outros, sem cogitar de reajustamento a si mesmos.
Clama, acusam, projetam, discutem, correm, sonham...
Mas, visitados pela crise que afere em cada Espírito os valores que acumulou em si próprio, diante da vida eterna, vacilam, desencantados, nas sombras da incerteza, e, quando chamados pela morte do corpo à grande renovação, reconhecem, aflitos, que em verdade estiveram na carne combatendo improficuamente, como quem passa na Terra açoitando o ar.

Livro Palavras de Vida Eterna – F.C. Xavier

 MPB

Benito di Paula

Benito di Paula é compositor, cantor e pianista. Um dos mais consagrados nomes da música popular brasileira, gravou mais de 200 canções e cerca de 40 discos, apesar de ter ficado 10 anos afastado dos estúdios. Possui uma legião de fãs, tendo criado um estilo próprio que o aproxima do chamado samba jazz. Suas origens reforçam a forte influência de Dorival Caymmi, Tom Jobim, Cartola, Vinicius, Ataulfo Alves.

Serviço: MIS - Museu da Imagem e do Som, Av. Europa, 158, Jardins, tel. 2117-4777. Quarta (19) às 20h. Entrada franca.

Exposição Antoni Abad

Exposição sobre projeto colaborativo de Antoni Abad dá voz às minorias com uso de celulares e internet. A mostra reúne registros dos primeiros 10 anos desta ação. Abad é pioneiro na exploração de novas tecnologias e no uso da internet como plataforma criativa e de pesquisa.No projeto que antecede a mostra, representantes de diferentes grupos sociais marginalizados, pessoas com mobilidade reduzida, imigrantes ilegais, refugiados políticos, profissionais do sexo, taxistas, motoboys, entre outros, foram convidados a compartilhar suas experiências e opiniões por meio de mensagens de áudio, vídeo, texto e fotos feitas a partir de telefones celulares e publicadas na internet. Estes conteúdos atuaram como em megafones digitais capazes de amplificar a voz dessas pessoas e comunidades comumente ignoradas pelos meios de comunicação de massa.

Serviço: Pinacoteca do Estado, Praça da Luz, 2, Luz, tel. 3324-1000. De terça a domingo das 10h às 17h30. Ingresso: R$ 6.

Comemorando

Caetano e Gil

Se as trajetórias de Caetano Veloso e Gilberto Gil sempre se encontraram tanto na história da música brasileira como na pessoal, não é fruto da coincidência o fato de ambos comemorarem, na mesma época, 50 anos de carreira. Para celebrar este importante acontecimento, a turnê mundial Dois Amigos, Um Século de Música reúne estes dois expoentes da cultura nacional.

Serviço: Citibank Hall São Paulo, Av. das Nações Unidas, 17.955, Santo Amaro, tel. 4003-6464. Quinta (20) às 21h30, sexta (21) às 22h30 e sábado (22) às 22h. Ingressos: De R$ 120 a R$ 450.

Forró

A banda Peixelétrico surgiu em janeiro de 1999 no Guarujá, resultado de encontros informais de amigos músicos e surfistas. Com uma sonoridade diferente, misturando Forró Pé-de-serra com MPB e Reggae, conquistou a simpatia de uma legião de fãs impulsionados pelo movimento chamado Forró Universitário. Apresentam no repertório músicas de seus três CDs e versões de compositores consagrados como Luis Gonzaga, Dominguinhos, Gilberto Gil, Edu Lobo, Bob Marley e Jackson do Pandeiro, além de músicas inéditas que estarão no quarto CD da Banda.

Serviço: Sesc Campo Limpo, R. Nossa Senhora do Bom Conselho, 120, tel. 5510-2700. Domingo (23) às 18h30. Entrada franca.


Mais Lidas

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/storage/0/5e/4e/jornalempresasenegoc/public_html/modules/mod_sp_facebook/mod_sp_facebook.php on line 84

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171