ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Sífilis: a maioria dos infectados não sabe que está com a doença

Teste rápido oferecido na rede básica de saúde, gratuitamente, é uma das formas de diagnosticar a sífilis congênita precocemente.

Falta de informação, relações sexuais sem proteção e com maior número de parceiros têm colaborado para o crescimento dos casos de sífilis no Brasil

A doença, sexualmente transmissível, pode ocasionar desde um simples mal-estar até graves sequelas neurológicas no decorrer da vida, caso não seja tratada adequadamente.
Segundo a Secretária Estadual de Saúde, entre 2007 e 2013, o número de pacientes com sífilis no Estado de São Paulo passou de 2.694 para 18.951 - aumento de 603%. O uso do preservativo é a principal forma de se prevenir da doença, já que a maioria das pessoas não sabe que está infectada.
De acordo com o urologista Fernando Almeida, do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, a sífilis primária se manifesta de duas a três semanas após o contágio, quando feridas indolores aparecem nos genitais infectados e somem naturalmente após algum tempo. Se não for tratada, a bactéria pode permanecer dormente no organismo e se transformar em sífilis secundária, ocasionando dores musculares, febre, dor de garganta, entre outros.
Esses sintomas geralmente também desaparecem sem tratamento e a bactéria volta a ficar inativa no organismo. “Após as duas primeiras fases da doença sem um diagnóstico ou tratamento adequado, ela pode se transformar em sífilis terciária, o estágio mais perigoso, que acomete o sistema nervoso central e pode levar a pessoa a ter dificuldades motoras devido às sequelas neurológicas”, diz o especialista.
A sífilis pode ser detectada por meio do exame de sangue em todos os seus estágios. O médico também pode optar por recolher amostras de uma secreção presente no corpo, geralmente analisada com auxílio de microscópio. O tratamento da doença é realizado com antibióticos e deve se estender aos parceiros sexuais. Uma vez curada, a pessoa pode voltar a ter a doença, portanto, prevenção é a palavra-chave.
“Nos dias atuais, as pessoas estão mais liberais com relação ao sexo e menos preocupadas com a proteção, principalmente os jovens. A falta do uso de preservativos e a multiplicação de parceiros sexuais faz com que a doença se espalhe mais facilmente”, alerta o urologista Fernando Almeida.
Fonte e mais informações: (www.hpev.com.br).

Comer uma pizza por dia ajuda emagrecer, diz chefe italiano

Foi comendo pizza que o italiano, de 1,97 metro, passou de 170 quilos para 124 quilos.

Comer uma pizza margherita por dia pode ajudar a emagrecer. Essa é a ideia de uma dieta criada em Nova York por um napolitano, o chefe Pasquale Cozzolino, de 38 anos, que é dono, junto a Rosario Procino, da pizzaria Ribalta, a poucos passos da movimentada região da Union Square. O italiano, que agora aparece nas primeiras páginas dos jornais dos Estados Unidos, diz que perdeu 50 quilos com uma dieta à base de uma pizza margherita por dia durante cinco meses. Para os norte-americanos, e para tantas outras pessoas que consideram o alimento uma “junk food”, o resultado é no mínimo surpreendente.
Segundo o chefe, a ideia da dieta apareceu quando nenhuma outra deu certo. “O problema das dietas é que elas cansam rapidamente e em pouco tempo todos os quilos perdidos com sacrifício são recuperados. Após diversos fracassos, e um problema de saúde, eu decidi que conseguiria os resultados desejados comendo o que quisesse”, explicou Cozzolino. A pizza é um alimento completo. Ele contém proteínas, carboidratos, vitamina C, minerais e antioxidantes que agem na prevenção dos tumores. E foi com ele que o italiano, de 1,97 metro, passou de 170 quilos para 124 quilos. O seu objetivo ainda é o de chegar a 105 quilos.
“Uma margherita tem entre 540 e 570 calorias e te deixa satisfeito. Já de noite eu costumo comer peixe e verduras. Eu faço a dieta cinco dias por semana. E em um dos dias eu tenho um ‘cheating day” [dia de folga], quando como o que quiser”, conta. A dieta à base de pizza, feita apenas do modo napolitano, ou seja, fermentada de 24 a 36 horas, encontrou também apoio de nutricionistas da cidade de Nova York. “O corpo humano absorve melhor uma comida com um longo período de fermentação e, como um iogurte, ajuda a manter uma boa flora intestinal, que quando em falta causa problemas na hora de perder peso”, comenta a nutricionista Amy Shapiro (ANSA).

Perdidos quase 100 mil postos de trabalho

O Brasil fechou 99.694 postos de trabalho com carteira assinada em janeiro de 2016. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados (26) pelo Ministério do Trabalho, o número representa queda de 0,25 % no total de trabalhadores formais, em comparação com o resultado do mês anterior. O resultado de agora é o pior para meses de janeiro desde 2009.
O setor que mais fechou vagas foi o comércio, com retração de 69.750 posto de trabalho, seguido pelo setor de serviços (17.159) e pela indústria de transformação (16.533). No acumulado dos últimos 12 meses, o recuo foi 1,59 milhão de postos de trabalho. Em dezembro de 2015, o acumulado dos 12 meses anteriores registrava queda de 1,542 milhão. O mês de janeiro deste ano também teve resultado pior que janeiro de 2015, quando foram fechados 81.774 postos de trabalho (ABr).

Locais da Olimpíada do Rio não ficarão ociosos após os Jogos

Parque Olímpico está 95% concluído.

O ministro do Esporte, George Hilton, demonstrou confiança em um legado consistente, tanto para a cidade quanto para o resto do país, das Olimpíadas do Rio de Janeiro, que serão realizadas de 5 a 21 de agosto deste ano. Segundo ele, “não há como ficarem ociosos” os espaços construídos para os jogos, após o evento. O ministro aposta no investimento feito pelo governo federal e no próprio interesse do cidadão para o sucesso do legado dos Jogos Rio 2016.
“Uma Olimpíada gera um legado intangível. Ela mexe com o imaginário dos jovens. À medida que a Olimpíada for ganhando força, você vai ter uma massa de gente querendo iniciar [no esporte]”, disse o ministro, ao exlicar que há um plano de legados sendo trabalhado em conjunto com a prefeitura do Rio. Esse plano visa a aproveitar as instalações do Parque Olímpico da Barra, que compreende várias arenas, com disputa de dezenas de modalidades durante os jogos. A ideia é estimular o uso desses espaços por escolas, clubes amadores e a população em geral.
Já as instalações em Deodoro ficarão sob a responsabilidade das Forças Armadas, uma vez que o local é uma área militar. “E os militares vão utilizar muito aquela estrutura para os seus atletas, já que o desporto militar tem ganhado mais protagonismo a cada dia”.
Além disso, o governo vai financiar a construção das chamadas Vilas do Esporte. Serão áreas de 4 mil m², com academia ao ar livre, campo de futebol society, quadra coberta e pista de caminhada. O governo federal vai empregar R$ 300 milhões para erguer cerca de 200 vilas. E a ideia é que essas vilas sejam instaladas em pequenos municípios, de até 50 mil habitantes.
“Temos mais de 5,5 mil municípios e a realidade é que 90% deles não passam de 50 mil habitantes. As Vilas do Esporte vão para municípios de até 50 mil habitantes, em que o prefeito vai se cadastrar. A ideia é iniciar em cidades onde não tem nada. Porque, às vezes, a cidade já tem a quadra, outras já têm o campo, mas existem cidades que não têm nada”, explicou Hilton. O objetivo é fazer parcerias com prefeituras e associações de bairro para o uso maciço dessas vilas. O repasse da verba às prefeituras será intermediado pela Caixa. O banco vai repassar a verba à medida que verificar o andamento das obras (ABr).

Neymar renova com Barcelona até 2021

Neymar tempsorario

O atacante brasileiro Neymar renovou seu contrato com o Barcelona até 2021, revelou o site “Espn”. Segundo o portal, o novo acordo foi assinado em dezembro do ano passado, mas não foi anunciado pela série de processos judiciais que o craque e seus familiares sofrem.
Com a assinatura, o camisa 11 terá o segundo maior salário do elenco, atrás apenas do argentino Lionel Messi. O atual contrato do jogador, que está sob investigação tanto na Espanha como no Brasil por suposta fraude fiscal e corrupção, é válido até 2018.
Se a notícia for confirmada, ela joga um balde de água fria nas especulações da mídia internacional. Isso porque há dezenas de informações de que Manchester United, Manchester City, Real Madrid e Paris Saint-Germain teriam oferecido contratos de mais de R$ 800 milhões para ter o atacante brasileiro em seus elencos. O próprio pai e empresário do jogador, Neymar Silva, chegou a confirmar que seu filho recebeu uma proposta de 190 milhões de euros (R$ 820,8 milhões) para deixar o Barcelona, mas que o foco do atleta era permanecer na Catalunha (ANSA).

 
 
 
 
 
Mais Lidas

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/storage/0/5e/4e/jornalempresasenegoc/public_html/modules/mod_sp_facebook/mod_sp_facebook.php on line 84

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171