ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Inca alerta para crescimento de câncer relacionado à obesidade

O estilo de vida urbano e sedentário, que contribui para a obesidade, principalmente no Sul e Sudeste, pode ser claramente associado ao câncer de cólon e reto.

A incidência de tipos de câncer relacionados à obesidade tem gerado preocupação ao Inca

Apesar de não poder fazer uma comparação com os anos anteriores, por mudanças na metodologia e na base de dados, o vice-diretor-geral do Inca, Luiz Felipe Ribeiro, informou que há uma tendência de crescimento em casos como o câncer de próstata, que é associado à obesidade.
“Um exemplo é o tumor de corpo de útero, que também é associado à obesidade e não entrava nem entre os dez tumores mais incidentes do Brasil. Na última estimativa, estava em oitavo, e, nessa, apareceu em quinto”, destacou Luiz Felipe. “Nos preocupa o crescimento rápido dos tumores ligados à obesidade”. Quase 14 mil casos de câncer de corpo de útero devem ser registrados no país nos próximos dois anos. Outros tipos de câncer, como o de ovário e o cólon-retal, também estão relacionados ao excesso de peso e têm subido posições entre os mais frequentes no país.
Técnica da Divisão de Informação do Inca, Marceli de Oliveira Santos afirmou que o estilo de vida urbano e sedentário, que contribui para a obesidade, principalmente no Sul e Sudeste, pode ser claramente associado ao câncer de cólon e reto. Se excluído o câncer de pele sem melanoma, a incidência de câncer de cólon e reto no Sudeste é a segunda maior entre homens, com 24,27 casos para cada 100 mil habitantes. No Norte do país, a incidência desse mesmo tipo de câncer é de 5,34 por 100 mil habitantes, e, no Nordeste, de 7,05.
Entre as mulheres, o câncer de cólon e reto é o segundo mais frequente no país, também desconsiderados os de pele não melanoma. Enquanto as regiões Sul e Sudeste têm uma incidência maior que 20 casos por 100 mil habitantes, no Norte são 5,89 casos.
Para o vice-diretor-geral do Inca, é preciso levar o tema para as escolas e impedir que os adolescentes adquiram hábitos alimentares pouco saudáveis e o sedentarismo.
O consumo de carne vermelha e embutidos e os excessos no consumo de álcool são outros fatores que preocupam o instituto. De acordo com a OMS, o Brasil já se enquadra entre os países com consumo de álcool médio, com 8,4 litros de álcool puro por pessoa a cada ano. Junto com o tabagismo, o consumo excessivo de álcool tem um fator multiplicativo em casos de câncer, entre eles o de cavidade oral. Ribeiro acrescentou que o crescimento dos casos de câncer exigirá cada vez mais recursos para os tratamentos, que custam muito mais caro que a prevenção. “Os custos do Ministério da Saúde com oncologia cresceram 45% em quatro anos, chegando a R$ 3,3 bilhões” (ABr).

Cartórios passam a emitir o CPF nas certidões de nascimento

A emissão do CPF diretamente no ato de registro de nascimento atende a uma demanda da população mais carente que necessita deste número para que seus filhos tenham acesso aos benefícios sociais proporcionados pelo Poder Público.

Em uma iniciativa pioneira no País, os Cartórios de Registro Civil do Estado de São Paulo e a Receita Federal lançam nesta terça-feira (1º), o serviço de emissão de CPF para recém nascidos diretamente nas certidões de nascimento. O serviço será gratuito. O lançamento acontec e no Cartório do 30º Subdistrito da Capital, no Ibirapuera, às 9h30.
Através da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado (Arpen-SP), o projeto abrangerá todos os 836 Cartórios de Registro Civil do Estado de São Paulo, presentes em todos os municípios paulistas e também em pequenos Distritos e Subdistritos do Estado, e que realizam em média 60 mil nascimentos mês, sendo cerca de 20 mil diretamente em maternidades. Após São Paulo, o projeto será expandido para os Estados do Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Espírito Santo, Santa Catarina, Acre e Rondônia.
Além da comodidade e gratuidade do serviço, a emissão do CPF diretamente no ato de registro de nascimento atende a uma demanda da população mais carente que necessita deste número para que seus filhos tenham acesso aos benefícios sociais proporcionados pelo Poder Público. De acordo com a Receita Federal, de janeiro a outubro de 2015, foram emitidos quase 100 mil números de CPF para menores de um ano de idade no Estado de São Paulo.
A inscrição do recém nascido também permitirá aos pais incluírem imediatamente seus filhos em planos de saúde, que normalmente exigem o CPF, assim como para acesso aos medicamentos fornecidos pelo Governo, além da possibilidade de abertura de contas bancárias em nome da criança. O sistema também já está adaptado para permitir o cadastro da filiação independentemente do gênero que compõe a família.

Negado pedido de indenização de jornalista contra Barbosa

A Justiça do Distrito Federal negou pedido de indenização por danos morais de um jornalista contra o ministro aposentado do STF, Joaquim Barbosa. Em 2013, após uma reunião do CNJ, Barbosa mandou o jornalista Felipe Recordo, na época do jornal O Estado de São Paulo, “chafurdar no lixo” e ainda o chamou de “palhaço”. Na decisão, o juiz João Luis Zorzo, da 15ª Vara Cível de Brasília, classificou as declarações como “descortesias recíprocas entre as partes” e entendeu que não ficou caracterizado o dano moral na situação.
“No contexto é lícito compreender que a utilização das expressões “me deixe em paz, rapaz”, precedendo o descortês “chafurdar no lixo”, que marcou o episódio, decorreu da inobservância do dever de mitigar caracterizada pela persistência do autor [jornalista], no exercício de seu mister como entrevistador, em período de resguardo hospitalar do réu e momento de acirramento político”, decidiu o juiz (ABr).

Por ter nível superior, André Esteves fica em Bangu

O diretor-executivo do banco BTG Pactual, André Esteves, está, desde a madrugada de sexta-feira (27), no Complexo de Gericinó, em Bangu, no Rio. Ele chegou a ser levado ao Presídio Ary Franco, em Água Santa, por determinação do ministro do STF, Teori Zavascki, mas ficou lá por pouco tempo. Como o banqueiro possui nível superior, foi levado, em seguida, para Bangu.
A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) informou que a Cadeia Pública Pedrolino Werling de Oliveira, em Bangu, tem 138 presos e capacidade para 154. André Esteves está em uma cela individual, conforme o previsto na Lei de Execuções Penais.
Sobre as refeições, a Seap informa que o cardápio de almoço e jantar é composto por: arroz ou macarrão, feijão, farinha, carne (boi, peixe ou frango), legumes, salada, sobremesa e refresco. O café da manhã é composto por pão com manteiga e café com leite e o lanche, guaraná e pão com manteiga ou bolo (ABr).

TURQUIA PROPÕE REUNIÃO COM PUTIN SOBRE CRISE DIPLOMÁTICA

O governo da Turquia propôs uma reunião entre o presidente de seu país, Recepp Tayip Erdogan, e de seu homólogo russo, Vladimir Putin, para tratar sobre a crise diplomática entre as duas nações após a derrubada de um caça russo por Ancara. O encontro ocorreria às margens da COP21, que ocorre em Paris a partir desta segunda-feira (30). A informação sobre o pedido foi confirmada pelo porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.
O representante russo também confirmou que o mandatário turco ligou para Putin “sete ou oito horas” após a derrubada da aeronave, mas que seu líder foi apenas “informado” sobre o fato. Desde a terça-feira (24), quando ocorreu o incidente, Erdogan diz que o líder russo não atende às suas chamadas. Por causa do incidente, as duas nações tomaram diversas medidas na colaboração mútua.
Os russos suspenderam por tempo indefinido a sua participação nos exercícios navais no Mar Negro ao lado da Marinha turca e, por sua vez, Ancara suspendeu temporariamente seus voos militares na Síria para derrotar os terroristas do Estado Islâmico. Segundo o jornal “Hurriyet”, a suspensão da Turquia é para “evitar o risco de novos acidentes”com a aeronáutica da Rússia (ANSA).

COP21: países vulneráveis se aliam para negociações

COP temporario

Cabo Verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe fazem parte dos 43 países do mundo mais vulneráveis às alterações climáticas e unidos em uma aliança de “pressão e negociações”, disse o especialista guineense sobre clima Viriato Cassamá. Os três países lusófonos fazem parte da aliança dos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento, que representam 28% dos países em desenvolvimento, um quinto do total de membros da ONU e 5% da população mundial.
Em comum, eles têm também o fato de serem todos “altamente vulneráveis às alterações do clima”, como toda a África, assinalou Cassamá. O continente sofre devido à “fraca capacidade técnica e financeira para enfrentar os efeitos devastadores das alterações climáticas”, notou o especialista guineense que já está em Paris para participar da conferência COP21 como assessor do secretário de Estado do Ambiente de Guiné, Seco Cassamá.
Os três países de língua portuguesa estarão do mesmo lado nas negociações, que começam nesta segunda-feira (30), com o objetivo de levar os países poluentes a assumirem um compromisso com metas para a redução de emissões de gases de efeito estufa. A COP21, que ocorre entre 30 de novembro e 11 de dezembro, reune em Paris 147 chefes de Estado e de Governo, entre os representantes de 195 países, que tentarão alcançar um acordo vinculativo sobre a redução de emissões de gases com efeito de estufa que permita limitar o aquecimento da temperatura média global da atmosfera a 2 graus centígrados acima dos valores registrados antes da revolução industrial (Ag. Lusa).

 

 
 
 
 
Mais Lidas

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/storage/0/5e/4e/jornalempresasenegoc/public_html/modules/mod_sp_facebook/mod_sp_facebook.php on line 84

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171