ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Governo reafirma intenção de privatizar trecho da BR-163

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, reafirmou ontem (30) a intenção do governo federal de conceder à iniciativa privada o trecho da BR-163 entre Sinop, em Mato Grosso, e Miritituba, no Pará.

Governo temporario

A rodovia é estratégica para o escoamento da safra de grãos produzidos no Centro-Oeste até os portos do Região Norte para a exportação. Foto: Luiz Ornaghi/SO Notícias

A previsão é que o leilão de concessão ocorra no fim deste ano ou no início do próximo. A rodovia é considerada estratégica para o escoamento da safra de grãos produzidos no Centro-Oeste até os portos do Região Norte para a exportação.

Freitas acrescentou que o governo trabalha para realizar 23 leilões de privatização de 23 portos, aeroportos, rodovias e ferrovias nos primeiros 100 dias do governo Jair Bolsonaro. Atualmente, dois trechos da BR-163 ainda não estão asfaltados – o primeiro, de cerca de 51 quilômetros, é o que será concedido. A prioridade do governo é concluir o asfaltamento do trecho antes de realizar o leilão.

“A meta de 2019 é que [o trecho de] Miritituba seja pavimentado até o
final do ano. Temos toda uma preparação de obra para o andamento da operação. Naquele trecho você trabalha cinco meses por ano no máximo, por conta das chuvas. Isso requer uma preparação no período de chuva para produzir material para aplicar tão logo tenha a brecha climática”.

O escoamento da produção de grãos pelos portos do Norte tem crescido nos últimos anos. Em 2007, a projeção era de cerca de 1.400 veículos trafegando pela BR-163 por dia. Em 2015, a projeção era de 3 mil caminhões. A expectativa é que a produção de grãos do país atinja 247,3 milhões de toneladas este ano, 4,5% a mais do que na safra passada. A estimativa é de 118,8 milhões de toneladas de soja e 91,2 milhões de toneladas de milho.

Carlos Ghosn diz ser vítima de 'complô' e 'traição'

Carlos temporario

Executivo brasileiro concedeu sua primeira entrevista na prisão. Foto: EPA

O ex-presidente da Nissan, da Renault e da Mitsubishi, Carlos Ghosn, passou ao contra-ataque e disse que as acusações contra ele no Japão são consequências de um "complô e de uma traição".
Em sua primeira entrevista desde que foi preso, no fim de novembro de 2018, ao jornal econômico Nikkei, o executivo franco-brasileiro afirmou que os dirigentes da Nissan eram contrários a seu plano para reforçar a aliança automotiva com a Renault e a Mitsubishi.

Ghosn disse não ter "nenhuma dúvida" de que as denúncias são fruto de um "complô" e uma "traição" por parte de executivos da Nissan. Ele também rechaçou os relatos que descrevem seus 19 anos no comando da aliança como uma "ditadura". "As pessoas traduziram liderança forte como ditador, deformando a realidade para se livrar de mim", declarou Ghosn, que está preso preventivamente desde 19 de novembro.

Ele é acusado de fraude fiscal e de ter transferido recursos ilegalmente para a Arábia Saudita e foi demitido da presidência da Nissan e da Mitsubishi. Já na Renault, o brasileiro renunciou. A montadora francesa tem atualmente 43% das ações da Nissan, com direito a voto, enquanto a empresa japonesa, que é mais lucrativa, tem 15% da Renault, sem direito a voto. Os executivos japoneses já declararam abertamente que planejam rever os termos da aliança(ANSA).

Roma contrata destaque da 'Copinha'

A Roma contratou ontem (30) o atacante brasileiro Felipe Estrella, de 18 anos, que foi um dos grandes destaques da Ferroviária, de Araraquara, na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Estrella encantou o clube italiano com suas boas atuações na Copinha. O jogador até marcou um dos gols no empate por 2 a 1 diante do campeão São Paulo, na primeira fase da competição.

O jovem atacante já passou pelos exames médicos e deverá treinar com a equipe sub-20 da Roma a partir de hoje (31). "É a realização de um sonho chegar a um clube tão grande, com tanta história e uma torcida fanática. Sei que é apenas o primeiro passo", disse Estrella. No Campeonato Italiano sub-20, a Roma está na terceira colocação, com três pontos atrás do líder Torino. O time da capital possui no elenco o vice-artilheiro da competição, o atacante esloveno Zân Celar, que possui 19 gols (ANSA).

 
 
 
 

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171