ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Pequeno príncipe, grande aviador

Eterno líder nas listas dos livros mais vendidos, com a obra O Pequeno Príncipe, o aviador francês Antoine de Saint-Exupéry tem muito mais histórias para contar. Foi repórter, lutou na Segunda Guerra Mundial e até deu suas voltas no Brasil, olhem só!

 PRINCIPE temporario

 

Freddy Charlson/O Blog da Aviação

“Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.” A frase, bem fofinha, é a mais conhecida do clássico livro O Pequeno Príncipe, eternamente na lista dos mais vendidos, em vários países do mundo – inclusive no Brasil, nesta semana –, desde o seu lançamento, no longínquo 1943. Tá, aí você se pergunta: “E qual a relação disso com o Blog Check In, voltado para notícias relacionadas à aviação?”.

Bem, o autor da obra, o francês Antoine de Saint-Exupéry era um exímio aviador. Pronto. Nascido em Lyon, em 1900, ele estudou em colégios religiosos jesuítas e maristas e logo enveredou pelo caminho da aviação. Passou nos testes quando tinha meros 21 anos, no Regimento de Aviação de Estrasburgo, onde chegou a subtenente da reserva. Também foi repórter, em Paris. Em 1926, passou a piloto de linha, na empresa Aéropostale. E ganhou os ares de vez. Até passou pelo Brasil, entre 1928 e 1930, em alguns pousos em Florianópolis, pilotando aviões do correio francês.
Ao mesmo tempo, Toninho – sim, já estamos íntimos aqui, no terceiro parágrafo – escrevia. Muito. Ele escreveu, por exemplo, para revistas e jornais franceses. Eram artigos, pensamentos… e livros. A maioria dos escritos, ligados à guerra, à aviação. Foram obras como O Aviador (1926), Voo Noturno (1931) e Terra dos Homens (1939), por exemplo. Mas eis que, em 1943, o escritor, ilustrador e aviador deu ao mundo a obra O Pequeno Príncipe, que logo se tornou um clássico da literatura.

e temporarioOra, afinal, quem nunca ouviu frases como “Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos” ou “Num mundo que se faz deserto, temos sede de encontrar um amigo”? Certeza que quase ninguém…

Guerra e paz
Sua principal obra foi escrita durante a Segunda Guerra Mundial, quando Saint-Exupéry servia na Força Aérea dos Estados Unidos. À época, ele fazia voos de reconhecimento para os aliados. Pois bem, o tempo passou e a história tornou-se uma das mais vendidas na história da literatura. Já são mais de 150 milhões de exemplares no mundo todo, com tradução para mais de 200 línguas e dialetos. Há tempos, o livro figura no topo da lista dos mais vendidos no Brasil, por exemplo, na categoria “ficção”.

Pequeno 2 temporarioPor falar nisso, a história é simples, mas cheia de simbolismo, e tem uma mensagem otimista de amor ao próximo e ao planeta. Ela gira em torno do diálogo entre um aviador e um rapaz de cabelos de ouro e cachecol vermelho, o Pequeno Príncipe. Eles se encontram no deserto do Saara após a queda do avião do narrador. Enquanto ele tenta consertar a aeronave, ouve as histórias do menino oriundo do asteroide B 612 e que, cheio de imaginação, logo lhe pede para desenhar um carneiro. As histórias, cheias de simplicidade e bons sentimentos, provocam no piloto a necessidade de dar valor às pequenas coisas da vida. Oh, que fofo.

A trajetória do Pequeno Príncipe está aí, bem-sucedida há 72 anos. Mas a trajetória de seu criador, Antoine de Saint-Exupéry, foi abruptamente interrompida em um acidente de avião – de que outro modo ele poderia morrer? – em uma missão de reconhecimento, no dia 31 de julho de 1944.

Ele partiu de uma base na Córsega e deveria recolher informações sobre os movimentos de tropas alemãs no Vale do Ródano antes da invasão aliada do sul da França. O avião, um P-38 Lightning, porém, caiu e seu corpo nunca foi encontrado. Foi o fim de sua missão secreta para os Aliados, na Segunda Guerra.

Sessenta anos depois, os destroços da aeronave foram achados a alguns quilômetros da costa de Marselha, na França. Fim da história do artista, mas não da obra. No Brasil, o livro já vendeu cerca de 5 milhões de unidades desde sua primeira edição aqui, em 1952, pelo selo Agir. Por enquanto…

Pequeno 4 temporario10 frases de O Pequeno Príncipe

- Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.
- O verdadeiro amor nunca se desgasta. Quanto mais se dá mais se tem.
- Amar não é olhar um para o outro, é olhar juntos na mesma direção.
- Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos.
- O verdadeiro homem mede a sua força quando se defronta com o obstáculo.
- Há vitórias que exaltam, outras que corrompem; derrotas que matam, outras que despertam.
- Num mundo que se faz deserto, temos sede de encontrar um amigo.
- É o mesmo sol que derrete a cera e seca a argila.
- É o espírito que conduz o mundo e não a inteligência.
- Apenas se vê bem com o coração, pois nas horas graves os olhos ficam cegos.


Obras escritas por Antoine de Saint-Exupéry
– L’Aviateur (O aviador) – 1926
– Courrier sud (Correio do Sul) – 1929
– Vol de nuit (Voo Noturno) – 1931
– Terre des hommes (Terra dos Homens) – 1939
– Pilote de guerre (Piloto de Guerra) – 1942
– Le Petit Prince (O Pequeno Príncipe) – 1943
– Lettre à un otage (Carta a um refém) – 1943/1944
– Citadelle (Cidadela) – póstuma, 1948

Mais artigos...

  1. Patrimônio histórico nas mãos das Geociências
  2. Mudança no crime organizado ajudou a reduzir homicídios
  3. Universalização da pré-escola traz desafio gigantesco aos municípios
  4. Falta de assistência no nascimento de bebês incomoda mães
  5. Gastar menos energia é melhor ação contra aquecimento global
  6. Revelando o turista-fotógrafo
  7. Cidades pretendem reduzir quase pela metade emissões de CO2 até 2020
  8. O Estatuto do Desarmamento sob ameaça
  9. Getúlio e Collor também passaram por processo de impeachment
  10. Políticas públicas também tratam a saúde como mercadoria
  11. Estudo indica que Zika vírus está cada vez mais eficiente para infectar humanos
  12. Padronizar tamanho de roupas é possível, mostra estudo
  13. Pesquisador investiga a privatização e a concentração de capital no ensino superior
  14. Desmatamento reduz tamanho de peixes em região amazônica
  15. Mobilização marca vida dos encarcerados nas prisões
  16. Decreto regulamenta publicidade de alimentos infantis
  17. Chá verde e cacau protegem contra complicações causadas por diabete
  18. Lei de drogas vem causando lotação no sistema penitenciário
  19. Paleontólogos descrevem anfíbio gigante de 260 milhões de anos
  20. O padre aviador
  21. Presídio paraibano ilustra realidade do cárcere no Brasil
  22. Às vésperas da Rio 2016, legado da Olimpíada ainda é incógnita
  23. Rota de ônibus é definida com base no conforto do passageiro
  24. Filmes levam discussão sobre cultura indígena para a escola
  25. Entenda o que é a microcefalia e porque há um aumento dos casos em Pernambuco
  26. Pesquisas na Argentina dão vantagem ao candidato da oposição Mauricio Macri
  27. Modelo de governança é adaptado para clubes de futebol
  28. Estudante precisará de carteira padronizada para pagar meia
  29. Filha de Carolina de Jesus diz que não conseguiu ler livro mais famoso da mãe
  30. Envelhecimento da população precisa ser priorizado nas políticas públicas
  31. Entenda as novas regras para aposentadoria
  32. Elefante no Cerrado exerceria papel que já foi de mastodontes
  33. Fórmula auxilia médicos a lidarem com pé diabético
  34. Trotes telefônicos podem custar R$ 1 bilhão por ano ao país
  35. Tecnologia 29/10/2015
  36. Pesquisadores criam métodos estatísticos para prever fraudes em operações financeiras
  37. As particularidades da linguagem humorística brasileira
  38. Pílula da USP usada em tratamento contra o câncer divide opiniões
  39. Como identificar infarto, AVC e angina
  40. Viagens longas propiciam uso de drogas por caminhoneiros
  41. Jogos Mundiais: com máquinas ainda trabalhando, indígenas se instalam em Palmas
  42. Religiosidade traz alívio para idosos em hemodiálise
  43. Pequeno agricultor minimiza efeito do agrotóxico à saúde
  44. Educação financeira e previdenciária deve e pode começar na infância
  45. Uma em cada quatro pessoas morre no mundo por causas relacionadas à trombose
  46. Aviação também é um negócio bizarro!
  47. Material particulado veicular predomina no nível de poluição
  48. Alunos com tendência antissocial buscam segurança na escola
  49. 15 motivos para amar/odiar a palavra “kamikaze”
  50. Brasil perde R$ 156,2 bilhões do PIB com a morosidade do trânsito em São Paulo
  51. Santos pode se tornar mais suscetível a inundações
  52. 01 de Outubro - Dia Mundial do Idoso: Como os idosos veem a saúde
  53. Tecnologia permite fabricação de gelo por meio da luz solar
  54. Sistema prevê a ocorrência de raios com 24 horas de antecedência
  55. 11 (+1) músicas que falam sobre aviões e aeroportos
  56. Dez dúvidas mais frequentes sobre o diabetes
  57. Prática de atividade física pelos pais pode proteger filhos da obesidade
  58. Práticas corporais são eficientes para a saúde coletiva
  59. Amostras de pescado apresentam conservação inadequada
  60. Postura errada pode levar a graves problemas de saúde
  61. Subfertilidade feminina: o que é e como tratar
  62. Deputados votam texto que altera Estatuto do Desarmamento
  63. Os 50 anos do TUCA – Teatro da Universidade Católica
  64. Estudo traça panorama da transição do Brasil para TV Digital
  65. Realidade de times femininos vai de atletas sem chuteiras a clubes bem equipados
  66. Não há limites para quem sonha em pilotar
  67. Mudanças climáticas causam alterações no comportamento de beija-flores
  68. Os sentidos do “jeitinho brasileiro” em nossa cultura
  69. Mulheres engravidam mais velhas e congelamento de óvulos cresce
  70. Metodologias propõem olhares diferentes para alfabetização
  71. Vacinas de terceira geração terão “vetores de DNA”
  72. Terapias complementares ajudam no combate à infertilidade
  73. Incor comprova eficácia de exercícios fonoaudiológicoas no combate ao ronco
  74. Anil é anti-inflamatório e antioxidante, revela estudo
  75. MPF recebe 614 ossadas de possíveis desaparecidos políticos
  76. Deslocamento com bicicleta caiu em São Paulo de 2007 a 2012
  77. Guia Alimentar propõe novo olhar sobre a alimentação
  78. O colapso dos grandes herbívoros
  79. Marcha das Margaridas: 32 anos depois, líder ainda influencia mulheres do campo
  80. Cientistas procuram por abelha invasora na América do Sul
  81. Julgamento no STF pode levar Brasil a descriminalizar porte de drogas
  82. Mais fogo e menos água
  83. As novas cores da (des)igualdade racial no país
  84. Escolas rompem barreiras e levam crianças para ocupar e aprender na cidade
  85. Férias. É hora de aprender
  86. Biometria adaptativa é novo modo de avaliar identidade
  87. Demência vascular é mais comum que Alzheimer em idosos
  88. Imigrantes: as brechas para o acolhimento
  89. Pesquisa busca resgatar espaço memorial do teatro paulistano
  90. Santos Dumont, o Pai da Aviação, sim, senhor!
  91. Avaliação positiva do governo Dilma caiu para 7,7% em julho, mostra pesquisa
  92. Estatuto da Igualdade Racial completa 5 anos com desafio de equiparar direitos
  93. Estudo analisa a pluralidade do espiritismo kardecista
  94. Aumento de tamanho da próstata é normal e tem tratamento
  95. Brasil pode ser pioneiro em defensivos agrícolas naturais
  96. Crianças iam para a cadeia no Brasil até a década de 1920
  97. Especialistas dizem que intolerância é principal causa de linchamentos no Brasil
  98. Como transformar crise em oportunidade?
  99. Fruto amazônico tem efeito anti-inflamatório contra câncer
  100. Reservatórios de água ajudam sertanejos a conviver com a seca
Mais Lidas

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/storage/0/5e/4e/jornalempresasenegoc/public_html/modules/mod_sp_facebook/mod_sp_facebook.php on line 84

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171