ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Governo prevê balança comercial positiva em US$ 15 bilhões

O resultado da balança comercial indica uma tendência de aumento das exportações.

O ministro do Desenvolvimento, Armando Monteiro, disse que a balança comercial brasileira deve fechar este ano com saldo positivo de mais de US$ 15 bilhões e dobrar o resultado no ano que vem, com as exportações superando as importações em mais de US$ 30 bilhões

As exportações de manufaturados para os Estados Unidos já registram crescimento de 5% e a balança comercial de manufaturados deve ter uma redução do déficit em 2015. No ano passado, o déficit ficou em mais de US$ 100 bilhões e, neste ano, deve cair para US$ 80 bilhões.
“O resultado da balança comercial nos indica uma tendência de aumento das exportações e também de substituição das importações, o que é, particularmente para a indústria brasileira, um movimento importante”, disse durante assembleia plenária do Conselho Empresarial da América Latina, no Rio de Janeiro. Ele reconheceu que “uma queda acentuada” das importações contribui para o resultado, assim como a desvalorização do real frente ao dólar, mas destacou que as exportações também cresceram em volume físico e que, se os valores das commodities se mantivessem em relação ao ano passado, a balança comercial poderia ter um resultado de mais de US$ 35 bilhões de dólares neste ano.
“É evidente que tem o efeito câmbio, mas há, sim, um claro engajamento do setor empresarial no esforço de exportação”, disse o ministro. Ele também considerou que o acordo comercial Transpacífico, entre países banhados pelo oceano, pode acelerar as negociações de um acordo entre o Mercosul e a União Europeia, que deve ter o início da troca de ofertas no próximo mês (ABr)..

Caixa lidera ranking de reclamações pelo terceiro mês seguido

A maioria das reclamações foi relacionada à restrição de portabilidade de operações de crédito consignado.

A Caixa lidera, pelo terceiro mês seguido, o ranking de reclamações de clientes bancários. Em setembro, o Banco Central (BC) recebeu 842 reclamações contra a instituição consideradas procedentes. Segundo o BC, a maioria das queixas contra a Caixa são de irregularidades relativas a integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços de cartões de crédito. Para fazer o ranking, as reclamações são divididas pelo número de clientes da instituição financeira que originou a demanda e multiplicadas por 1 milhão. 

Assim, é gerado o índice, que representa o número de reclamações de cada instituição financeira para cada grupo de 1 milhão de clientes. No caso da Caixa, o índice ficou em 10,88. Em seguida, vem o Bradesco, com índice em 9,28. Em terceiro lugar ficou o Itaú, com 7,69. No ranking estão as instituições financeiras com mais de 2 milhões de clientes. A maioria das reclamações registradas em setembro foi relacionada à restrição de portabilidade de operações de crédito consignado, com 435 casos considerados procedentes.
Em seguida estão as irregularidades relativas à integridade, confiabilidade, segurança, ao sigilo ou à legitimidade das operações e serviços relacionados a cartões de crédito (411 casos). Em terceiro lugar ficaram as queixas relativas a débito em conta de depósito não autorizado pelo cliente, com 293 situações. Em nota, a Caixa disse que “A redução das reclamações e o aumento da solução nos canais externos e internos são prioridades do banco” (ABr).

Comprovação de vida poderá ser feita após greve de bancos

Aposentados que precisam fazer a comprovação de vida e renovação de senha, neste mês, podem esperar o fim da greve bancária para ir às agências. “Quem precisa fazer a comprovação de vida deve aguardar o fim da greve. De todo modo, o INSS assegura que ninguém terá o pagamento do benefício previdenciário bloqueado em razão da não realização da chamada ‘fé de vida’, enquanto permanecer a paralisação da rede bancária”, informou o INSS.
A comprovação de vida é feita anualmente pelos aposentados nas agências bancárias para evitar o pagamento de benefícios indevidos e fraudes. Os bancos informam os beneficiários do cadastramento por meio de mensagens eletrônicas. Para realizar a comprovação de vida e a renovação de senha, o beneficiário deve ir até a agência bancária e levar um documento de identificação com foto.
Os bancários entraram em greve no último dia 6, mas nem todas as agencias bancárias estão paradas. Os bancos ofereceram 5,5% de reajuste para salários e vales. A proposta inclui ainda abono de R$ 2,5 mil, não incorporado ao salário. Os bancários querem reajuste salarial de 16% (incluindo reposição da inflação mais 5,7% de aumento real), entre outras reivindicações (ABr).

 
Mais Lidas

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/storage/0/5e/4e/jornalempresasenegoc/public_html/modules/mod_sp_facebook/mod_sp_facebook.php on line 84

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171