ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Dificuldade das montadoras deve ser equacionada até setembro

O ministro do Trabalho, Manoel Dias, afirmou que a situação de dificuldade da indústria automobilística no País deve ser “equacionada” até setembro, e que, como um todo, a economia brasileira vai iniciar agora uma recuperação.

Envolvido nas negociações entre montadoras e sindicatos de metalúrgicos para evitar que as paralisações de fábricas por causa da desaceleração da economia não se configurem em demissões em massa, o ministro afirmou que “a situação não vai ficar pior do que está, as coisas vão melhorar”.
“Esperamos, pelas informações que dispomos, que a indústria automobilística vai equacionar seu problema de excedentes de estoques até setembro. Um país que inaugura quatro montadoras em um ano não pode estar em crise, não é? Quem está em crise é o mundo. Aqui vivemos um período de dificuldades, mas que serão superadas agora no segundo semestre”, disse Dias.
O ministro também destacou os investimentos que serão feitos pelo FGTS. “Vamos colocar R$ 130 bilhões no mercado este ano. Serão R$ 76 bilhões para a construção da casa própria para a população da baixa renda, R$ 6 bilhões para a faixa de financiamento que criamos para o trabalhador que contribui para o fundo, R$ 10 bilhões ao BNDES, R$ 12 bilhões para o saneamento básico, outros R$ 11 bilhões para obras de mobilidade urbana e outros R$ 10 bilhões para o fundo de investimento, o FI-FGTS” (AE).

Mais Lidas

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/storage/0/5e/4e/jornalempresasenegoc/public_html/modules/mod_sp_facebook/mod_sp_facebook.php on line 84

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171