ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Governos europeus querem relançar contatos com Brasil

A definição política no Brasil não resolve por si só a crise institucional e econômica no País, mas abre espaço para que governos estrangeiros voltem a manter relações com Brasília e voltar a debater projetos concretos.

Essa é a avaliação interna de diversas diplomacias europeias e na ONU que apontaram que, diante de um mundo afetado por diversas crises, um cenário de instabilidade na América do Sul era tudo o que não se desejava neste momento.
“O mundo não se pode dar ao luxo de ter mais uma crise e muito menos num país do tamanho do Brasil”, alertou um negociador de alto escalão da ONU e próximo às principais potências do Conselho de Segurança. Pedindo anonimato por conta de sua posição delicada de mediar conflitos, ele deixou claro à reportagem que, nos últimos meses, o “mundo prendeu a respiração” diante da crise brasileira.
Oficialmente, a ordem em diversas capitais é a de insistir que a decisão de impeachment no Brasil é um processo “interno” e que não cabe um julgamento. Nos bastidores, no entanto, diplomatas de governos como o da Alemanha, Espanha, Itália e Reino Unido indicaram à reportagem que apenas estavam aguardando o fim do processo de impeachment para retomar programas de cooperação e preparar o envio de ministros e alto escalão para visitas oficiais (AE).

Mais Lidas

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/storage/0/5e/4e/jornalempresasenegoc/public_html/modules/mod_sp_facebook/mod_sp_facebook.php on line 84

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171