ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Cunha apoia debate sobre incidente na Venezuela

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, condenou os atos de protesto contra a delegação brasileira de senadores que foi à Venezuela verificar as condições dos opositores ao governo venezuelano presos naquele país.

Cunha também apoiou a manifestação do governo brasileiro contrária à hostilidade e considerou bom o pedido da oposição de convocar o ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, a dar explicações na Casa, em comissão geral, sobre o assunto. “Pode ser uma boa saída a presença do ministro para explicar”, disse o presidente.
Na opinião de Eduardo Cunha, o debate vai continuar e o Senado deve mandar novamente a comissão à Venezuela. Também os deputados, segundo ele, querem ativar a comissão externa já criada pela Casa para apurar o tema. “Se a Venezuela quer dar demonstrações de que está numa democracia, ela não deve fechar as portas para os outros conhecerem aquilo que está acontecendo, ainda mais da forma inadequada como foi feito”, avaliou
Eduardo Cunha também comentou a prisão de executivos de grandes empreiteiras. Após dizer que “não tem de achar nada”, Cunha avaliou que as prisões podem ter reflexo na economia do País. Por outro lado, disse que pode ser uma oportunidade para discutir, como um todo, a forma como as empresas estão se comportando no processo (Ag.Câmara).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171