ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Montadoras elevam preços para compensar alta nos custos

Mesmo com queda na demanda e estoques equivalentes a mais de 50 dias de vendas, as montadoras estão aumentando os preços dos veículos novos para compensar o aumento dos custos de produção, justificou  ontem (8), o presidente da Anfavea, Luiz Moan.

Segundo ele, além da volta da alíquota cheia do IPI, as empresas estão repassando aos preços dos automóveis os reajustes nas contas de água e luz e a alta dos preços de matérias-primas em razão da alta do dólar.
Em abril, o preço do carro zero km subiu em média 0,39%, fazendo com que os veículos novos ficassem 4,83% mais caros no acumulado do ano, de acordo com dados do IBGE. O aumento dos preços de automóveis é maior do que a inflação medida pelo IPCA, que acumula alta de 4,56% nos quatro primeiros meses deste ano. Em 12 meses, os veículos novos estão 7,33% mais caros, mas o reajuste fica abaixo da inflação de 8,17% acumulada no período.
“O aumento dos preços é decisão de cada empresa, mas tivemos a volta do IPI e aumentos dos custos, com reajuste da água, energia e matérias-primas”, afirmou Moan. O executivo avaliou que o aumento dos preços não tem influenciado diretamente as vendas. Segundo ele, o recuo nos emplacamentos de veículos em maio foi motivado principalmente por uma queda “muito forte” do nível de confiança dos consumidores e pelo atraso na conclusão do ajuste fiscal na economia brasileira implementado pelo governo (AE).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171