ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Montadoras começam junho em férias

ODuas montadoras do Grande ABC entram em férias coletivas em junho, paralisando linhas de produção que envolvem mais de 12 mil trabalhadores. Em São Bernardo do Campo, a Mercedes dispensou até o dia 15 os cerca de 7 mil funcionários da unidade.

Duas montadoras do Grande ABC entram em férias coletivas em junho, paralisando linhas de produção que envolvem mais de 12 mil trabalhadores. Em São Bernardo do Campo, a Mercedes dispensou até o dia 15 os cerca de 7 mil funcionários da unidade. Em São Caetano do Sul, 5,5 mil funcionários da General Motors vão entrar de férias de 11 a 28. A empresa disse que as medidas são para ajustar a produção à demanda.
A Mercedes justificou as férias como “mais uma medida para gerenciar o excesso de pessoal”. A montadora anunciou na semana passada a demissão de 500 funcionários que estavam com contrato de trabalho suspenso – lay-off. O Sindicato dos Metalúrgicos do ABC disse que está organizando uma série de mobilizações para tentar reverter as dispensas.
Além dos empregados em férias na unidade da General Motors, 500 trabalhadores da empresa estão de lay-off. O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos vê a situação com apreensão. “Estamos receosos pelo que poderá ocorrer daqui para frente. É uma medida paliativa no sentido de evitar demissões e esperar que o mercado volte a normalidade”, ressaltou (ABr).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171