ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Dilma quer prioridade para medidas de ajuste fiscal

Na reunião de coordenação política de ontem (9), com ministro e líderes do governo no Congresso, a presidenta Dilma Rousseff pediu prioridade para aprovar as medidas de ajuste fiscal, segundo o ministro da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva.

“As divergências partidárias são naturais da democracia, mas nesse momento é fundamental que o Congresso coloque em primeiro plano os interesses do país para que a gente aprove as medidas que garantam a estabilidade fiscal”, disse.
Segundo Edinho, o governo gostaria que a nova CPMF fosse aprovada ainda este ano, já que a medida é fundamental para gerar estabilidade fiscal. “O governo vai continuar dialogando com o Congresso e nós esperamos que o projeto seja aprovado ainda este ano”, disse. Também lembrou o projeto da repatriação de recursos de brasileiros mantidos no exterior e não declarados e a prorrogação da Desvinculação das Receitas da União (DRU).
O projeto que trata da repatriação de dinheiro mantido no exterior e não declarados pode ser votado nesta semana, no plenário da Câmara.O governo prevê aumentar a arrecadação com a aprovação do projeto. Já prorrogação da DRU até 2023 só deve começar a ser discutida por uma comissão especial da Câmara na penúltima semana de novembro. A medida levou quatro meses para avançar na Câmara e no último dia 4 foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça. A prorrogação é considerada estratégica para o governo equilibrar suas contas (ABr).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171