ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

OCDE sugere reformas estruturais para aumentar produtividade

O secretário-geral da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), Ángel Gurría, defendeu a adoção de reformas estruturais pelo Brasil para aumentar a produtividade do trabalho no país.

Ao comparar o aumento da produtividade do trabalho no Brasil e em outros países emergentes, afirmou, ao participar de um seminário na Fiesp, que “ao longo da última década, a produtividade do trabalho dobrou na China e cresceu cerca de 33% na Colômbia e na África do Sul, mas aumentou apenas 12% no Brasil”.
“Uma série de reformas estruturais poderia liberar um potencial não explorado significativo para ganhos de produtividade, além de melhorar a competitividade, reduzindo o chamado custo Brasil”, ressaltou Gurría, que citou como exemplo a reforma tributária. Ele destacou ainda que é importante também abrir espaço para os investimentos do setor privado neste momento em que o país enfrenta problemas com as finanças.
O relatório da OCDE projeta em 9,4% a inflação no fim deste ano, mas indica que o índice cairá muito, possivelmente para 4,9%, no próximo ano, se o governo tiver sucesso no esforço para aprovar a reforma fiscal (ABr).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171