ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Brasil deve mostrar confiança neste momento

Em visita ao Brasil, o ministro das Relações Exteriores da Itália, Paolo Gentioni, disse ontem (4), que a economia brasileira vive uma conjuntura que não é fácil, mas afirmou que momentos difíceis são os melhores para demonstrar confiança.

“A Itália e as empresas italianas acreditam no Brasil e em seus potenciais, recursos e capacidade de trabalho”, afirmou. Ele fez rápido discurso na Fiesp, onde ocorre seminário de investimentos sobre Brasil e Itália.
Gentioni disse que a implementação de reformas estruturais por parte do governo italiano está contribuindo para a recuperação econômica de seu país. “Estamos flexibilizando o mercado de trabalho e simplificando a vida administrativa. Temos uma jovem liderança que escolheu o caminho das reformas”, afirmou, em referência ao primeiro-ministro Matteo Renzi, de 40 anos. “Ainda não chegamos até o fim do percurso, mas devemos continuar com as reformas administrativas”, disse.
Ele comemorou em seguida que o país deve registrar crescimento de 0,9% em 2015, depois de cair 0,4% em 2014. Gentioni lamentou, no entanto, que a taxa de desemprego esteja caindo em um ritmo “modesto” e de forma insuficiente para reduzir o problema entre os mais jovens. Em setembro, a taxa de desemprego da Itália caiu para 11,8%, o menor nível desde janeiro de 2013. Entre jovens de 18 a 25 anos, o nível é de 40,5% (AE).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171