ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Ford: corte de produção foi insuficiente

O vice-presidente da Ford na América do Sul, Rogélio Golfarb, disse que não há sinais de um processo de estabilização da retração do setor automotivo.

“As vendas e a produção caíram, mas os estoques continuam resilientes, o que significa que o setor continua produzindo mais do que deveria”, disse, durante o congresso AutoData.
Segundo ele, a resiliência dos estoques mostra que os cortes de produção realizados até agora não foram suficientes. “Temos espaço para cortar mais, apesar do PPE e do lay-off”, afirmou. Em setembro, a produção de veículos caiu 42,1% em relação a igual mês do ano passado.
Em relação à Ford, Golfarb disse que os estoques da montadora estão em nível inferior à média do mercado. “Mas isso não significa que não temos de fazer ajuste”, ponderou. Ele declarou ainda que o segmento vive um problema de caixa, não de lucro. “O lucro é coisa do passado, agora o problema é falta de caixa para arcar com compromissos. Em um momento como este, fica mais agudo o dilema de subir ou não subir preço”, disse (AE).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171