ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Indústria demitiu mais até setembro que durante 2014

A indústria paulista fechou 18,5 mil vagas na passagem de agosto para setembro, registrando um saldo negativo de 0,94% no mês, na leitura com ajuste sazonal.

E nos nove meses iniciais de 2015, o setor demitiu 138 mil trabalhadores, superando o patamar do ano de 2014, quando foram encerrados 128 mil postos de trabalho.
“Ao completarmos esse ano, podemos dizer que será o pior ano da história, que vem desde 2006”, disse Paulo Francini, diretor do Depecon, que elabora a Pesquisa de Nível de Emprego do Estado de São Paulo, divulgada pela Fiesp e pelo Ciesp. A pesquisa de setembro traz ainda um fato inédito: é a primeira vez que todas as 36 regiões de São Paulo registram queda na variação acumulada do ano.
“Há muito mau humor. Enquanto o fim do poço não chegar, é agonia. E estamos na agonia ainda”, avaliou Francini. Pela sua previsão, a indústria paulista deve encerrar 2015 com um saldo negativo de 250 mil empregos. O levantamento avalia a situação do mercado de trabalho industrial em um universo com 2,5 milhões empregos. Na comparação com setembro de 2014, na variação interanual, a indústria de São Paulo fechou 229 mil postos de trabalho, o equivalente a uma taxa negativa de 8,77%.

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171