ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Cristina Kirchner vai a juízo no caso dos Cadernos das Propinas

A ex-presidente argentina Cristina Kirchner irá novamente a julgamento, agora na causa conhecida como Cadernos das Propinas.

O juiz Claudio Bonadio deu por encerradas as investigações, e a causa será levada ao tribunal. No processo em que a ex-presidente é acusada de chefiar uma associação ilícita, que se dedicou à arrecadação de propinas, a investigação envolveu 172 pessoas processadas e 31 colaboradores.
O nome da causa faz referência aos cadernos de Oscar Centeno, motorista de Roberto Baratta, braço direito do ex-ministro Julio De Vido, que durante anos manteve um registro detalhado da rota das malas com dinheiro que as empresas de construção pagaram aos governos kirchneristas. Centeno também será julgado como membro da organização criminosa.
O motorista está em liberdade por ser o primeiro acusado a colaborar com o processo e faz parte do programa de réus protegidos. O ex-ministro Julio De Vido e seu braço direito, Roberto Baratta, estão em prisão preventiva, acusados de associação ilícita. A divulgação pública dos cadernos, em agosto de 2018, abriu um dos maiores processos de corrupção da história argentina.
Implicados no processo estão, além de Cristina Kirchner, diversos ex-funcionários do Ministério do Planejamento e uma centena de empresários. O caso dos Cadernos das Propinas” é considerado a célula-mãe, já que dele derivaram seis inquéritos. Nesta semana, após o juiz Bonadio enviar o processo para juízo, será sorteado o tribunal oral que julgará a ex-presidente. Apenas após essa definição é que será determinada a data de início do julgamento (ABr).

Mais Lidas

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/storage/0/5e/4e/jornalempresasenegoc/public_html/modules/mod_sp_facebook/mod_sp_facebook.php on line 84

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171